Unidos pelo destino Seguir historia

lolita Lolita Briefs

Bra descobre sem querer um segredo de Whis, que a fará se arrepender de ser tão curiosa. Qual será esse segredo? Quais serão as consequências que o ato indiscreto de Bra causará? Será que ela estará preparada para o que acontecerá? (História escrita em parceria com Arielo).


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#universo-alternativo #drama #romance #dbs #dragonball #dbz #bra-whis #bra
1
3.9mil VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 30 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Segredo descoberto!


Assim que Bra completou dezoito anos, ela terminou o curso de engenharia mecânica com o intuito de ajudar o seu irmão na empresa da família, porém a garota não estava contente com esse destino, pois preferia treinar e lutar com seu pai e ser a cada dia que passava mais forte.


Já fazia alguns meses que Bra conseguiu durante os treinamentos na sala de gravidade se transformar em super sayajin nível 3 para a surpresa de Vegeta, que decidiu pedir para que Whis treinasse sua herdeira, pois queria que ela seguisse seus passos e defendesse a terra de qualquer invasor, pois Trunks ao contrário de Bra, tinha optado em ser um homem de negócios e trabalhar junto com sua mãe.


Quem não estava gostando muito dessa idéia de Bra ser apenas guerreira, era Bulma, que achava que ela tinha um grande potencial para ser uma brilhante cientista assim como ela.


Nesse momento, na capital do oeste, Bra terminava de tomar o seu café da manhã junto com seu pai, quando sua mãe apareceu de terninho e bem produzida, se preparando para ir para a empresa, pois apesar de Trunks ter assumido a presidência, Bulma era a vice-presidente, cargo qual Bra se recusou em ocupar.


- Estou indo para empresa, qualquer problema que tiverem podem me ligar – Avisou Bulma, antes de pegar a chave do carro em cima do balcão.


- Não teremos nenhum problema, pode ficar tranqüila – Replicou Vegeta terminando de comer.


- Bom trabalho mamãe – Desejou a azulada com um sorriso, enquanto comia mais uma torrada.


- Obrigada filha! Bom treino para vocês! E se mudar de idéia estarei te esperando na empresa – Falou a cientista acenando para a filha e para o marido e saindo da cozinha.


- Você pretende mudar de idéia? – Pediu Vegeta sério.


- Não papai, mas a mamãe ainda tem esperança que eu decida seguir seus passos, assim como o meu irmão – Respondeu Bra acabando de tomar o seu suco de abacaxi.


- Fico aliviado em ouvir isso, pois você tem um grande potencial para ser uma ótima guerreira. Falei com o Whis ontem, a qualquer momento ele estará aqui, assim como Kakaroto – Revelou Vegeta se levantando da mesa.


- Você acha que Whis vai achar que tenho potencial? – Perguntou a azulada levantando-se e seguindo o pai até a sacada, que dava de ver os fundos da casa.


- Sim, ele é bem mais astuto do que eu, quando se trata de grandes potenciais para treinamento. Confie em sua força filha! – Incentivou o moreno.


- Obrigado pai por acreditar em mim, prometo que não vou desapontá-lo.


De repente a conversa entre pai filha foi interrompido pela chegada de Whis que pareceu bem faceiro em ver os dois, pois esboçava um lindo sorriso no rosto.


- Olá, meus lindos! Preparados para um treinamento pesado? – Pediu o sacerdote pousando ao lado da azulada.


- Óbvio que sim! Só estamos aguardando o lerdo do Kakaroto – Replicou Vegeta sério cruzando os braços.


- Então enquanto o esperamos, que tal comermos uma sobremesa gostosa? – Indagou Whis sorridente e com os olhos brilhando.


- Boa idéia! Acho que ainda tem um pudim de leite condensado e coco na geladeira – Falou Bra entrando em casa sendo seguida pelo anjo, que imaginava aquela iguaria deliciosa com água na boca.


**


Nesse mesmo instante, Goku terminava de comer seu lanche matinal, que era bem reforçado, para depois se espreguiçar, se levantar da cadeira e dar um beijo acalorado em sua esposa, para logo em seguida se teletransportar para a mansão de Bulma, aparecendo bem ao lado do príncipe dos sayajins, que o olhou atravessado.


- Está atrasado Kakaroto! – Reclamou o mais velho.


- A comida da Chichi é tão gostosa que me perdi no tempo... Onde está Whis?


- Foi comer pudim na cozinha! – Respondeu o príncipe caminhando para dentro da casa.


- Ainda bem que comi bem, senão iria querer um pedaço desse pudim também – Sussurrou o sayajin, ganhando um olhar mortal de Vegeta.


**


Enquanto isso, na cozinha, Whis devorava o pudim de forma compulsiva, arrancando um riso de Bra, que achava o jeito que ele comia muito engraçado, pois ele fazia careta e murmurava que estava muito gostoso.


- Parece que Goku já chegou, vou comer mais esse pedaço e o restante vou levar para comer no planeta de Bills. Embala para viagem para mim coração? – Pediu o anjo, deixando a azulada enrubescida.


- Certo! – Anuiu a moça guardando vários pudins em alguns potes e depois armazenando dentro de uma cápsula.


- Você sabe cozinhar Bra-chan? – Questionou o sacerdote curioso.


- Sim, alguma coisa eu sei sim!


- Que ótimo! Vou querer provar algo que você fizer lá no planeta de Bills, a propósito eu notei que seu poder de luta aumentou bastante desde quando tive aqui pela última vez. Seu pai me disse que você já consegue se transformar em super sayajin nível 3, parece que nem Goten e nem seu irmão conseguem essa proeza. Isso de certo modo me chamou a atenção e tive te analisando, acredito que você pode ficar forte igual ao seu pai, desde que se faça um bom treinamento e isso eu vou lhe dar, vai ser muito intenso – Revelou Whis atencioso antes de terminar de comer, deixando a azulada feliz.


- Que bom Whis, não vou te decepcionar, serei uma ótima discípula!


- Assim espero! Agora podemos ir, já terminei! – Anunciou o anjo se levantando da cadeira e saindo pela porta da cozinha, sendo seguido pela garota.


E assim o trio partiu até o planeta de Bills junto com Whis, onde iriam começar um treinamento mais intenso do que os anteriores, enquanto Bra aprenderia desde o início o treino do sacerdote que era muito exigente.


**


 Nesse instante, no planeta de Bills, já tinha se passado dois meses, e Bra estava conseguindo se sair bem nos treinamentos de Whis, que era extremamente exigente. Vegeta de longe observava a evolução da filha com muito orgulho, até Goku ficou interessado em lutar contra a garota, deixando o príncipe dos sayajins um tanto furioso.


Naquele dia em especial, Bra acordou bem antes que seu pai e estava treinando até a exaustão, fazendo o sacerdote ficar feliz que o treinamento estava evoluindo bem. Como a azulada já tinha cumprido seus deveres e treinado bastante, Whis a deixou sair pelo pequeno planeta para explorá-lo, enquanto deixava o treino de Vegeta e Goku mais complicado.


**


Bra andava pelo planeta de Bills, quando de repente sem querer tropeçou em algo que estava no chão, foi onde encontrou uma passagem secreta que levava a um grande quarto no subterrâneo, curiosa a azulada percebeu que tinha uma cama de casal no local, um guarda-roupa e dois baús de tamanho médio num canto do cômodo, próximo a outra porta, que Bra deduziu que fosse um banheiro.


Tudo aquilo pareceu estranho aos olhos da jovem, que movida pela curiosidade caminhou até os baús, conseguindo os abrir, no primeiro ela encontrou roupas femininas e no outro havia jóias e uma caixinha com uma inscrição estranha, hesitou por um momento se abria ou não, porém resolveu olhar o que tinha lá dentro, ao fazer isso, uma pedra rosa em forma de coração brilhou por um momento e depois voltou ao normal, movida pelo impulso pegou a pedra na mão. Foi nesse momento que se projetou na parede, a imagem de três mulheres, todas da raça de Whis e então um pequeno filme as mostrou com Whis, desde quando ele as conheceu até as suas mortes, que foram um tanto trágicas, após isso foi relatado o sofrimento do sacerdote, cada casamento durou trezentos anos, muito tempo para os padrões terráqueos. Então algo estranho aconteceu e Bra gemeu de dor ao sentir uma picada na mão e um símbolo aparecer em seu pulso esquerdo e desaparecer.


Se não bastasse aquilo, de repente Bra sentiu a presença de Whis e o encarou rapidamente, o semblante dele que era tão amável estava transformado numa carranca que assustou a azulada.


- O que pensa que está fazendo aqui? E por que está mexendo nas minhas coisas? – Questionou Whis se aproximando da meio sayajin e tirando das mãos dela a pequena pedra em forma de coração, ao fazer isso o anjo sentiu um arrepio e uma eletricidade percorrendo todo o seu corpo.


- Desculpe, eu achei esse local por acaso e mexi nas suas coisas por curiosidade, me perdoe... eu não sabia que eram suas.


- Você não sabe a besteira que fez garota! Agora dê o fora daqui e volte a treinar com seu pai e o senhor Goku – Ordenou o anjo furioso, fazendo Bra sair de lá apressada e muito envergonhada.


Quando Whis ficou sozinho, sentou-se na cama e olhou para pedra de maneira cautelosa procurando por alguma coisa, quando de repente ele notou um pouco de sangue no quartzo rosa, isso lhe fez gelar na hora, aquilo não poderia estar acontecendo pensou em pânico, precisava urgente falar com seu pai.


-

Continua

24 de Diciembre de 2018 a las 17:33 0 Reporte Insertar 1
Leer el siguiente capítulo Decisões drásticas!

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 1 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión