Polaroid Seguir historia

drittx Lucas

Dave decide finalmente sair da casa de seus pais para morar com sua namorada, numa casa um pouco longe da cidade. Ao preparar sua mudança, ele encontra uma câmera polaroid, mas ela não tira fotos apenas da nossa realidade. ''Ah, que câmera idiota'', ele murmurava enquanto eles se aproximavam...


Horror Historias de fantasmas No para niños menores de 13. © FreedieHorror

#378 #horror
3
4.5mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Prólogo

 Tudo parecia perfeito, menos, aquela câmera estúpida...comparado a dos meus pais, tinha dois quartos , uma cozinha, sala e banheiro. Nada demais, era apenas para começar uma vida com a minha namorada.

 Fiquei encarregado de arrumar as coisas enquanto ela fazia as compras novas, por isso comecei a explorar a casa e ver as melhores posições para os moveis novos. Decidi começar pela sala, arrastei uns sofás e umas cômodas onde achei que ficariam agradáveis. Mas eu sentia que faltava alguma coisa... bem, de qualquer forma, minha namorada pode ver isso comigo depois, agora vou desempacotar as minhas coisas.

 Primeiro abri uma caixa de tamanho médio, nela continha varias coisas inúteis, como velas, ferramentas, etc. Abri então uma caixa pequena, tinha um baú que meu avô havia me dado, não tinha aberto até aquele momento, pois sempre que ele me dava alguma coisa, eram sempre chatos e inúteis, ou coisas de sua infância, deduzi que era o mesmo caso. Mas, uma coisa atiçava minha curiosidade, esse baú era muito bem trabalhado, como se seja lá o que estivesse dentro dele, devia ser importante ou ao menos, valioso.

 Finalmente, abri o baú. Tinham alguns panos tampando o que realmente era aquele ‘’presente’’, parecia muito luxuoso para ser algo qualquer. Retirei os panos e... merda, não era tão luxuoso ou incrível como eu esperava, era apenas uma câmera polaroid velha, daquelas que a foto sai na hora que é tirada, e devemos ficar balançando como idiotas para que ela seja revelada. Apesar da minha frustração, eu a tirei da caixa e limpei, afinal, sendo chato ou não, podia valer uma certa quantia de dinheiro dependendo da sua idade. Com esse pensamento, eu resolvi testa-la em alguns lugares da casa, aproveitaria e deixaria algumas fotos para um álbum do ‘’começo da nova vida’’ com minha namorada.

 Tirei as fotos em vários lugares, nos quartos, na cozinha, no banheiro, na sala, no jardim, etc. Apesar de não ter praticamente nenhum móvel, achei que fosse uma boa ideia fazer um ‘’antes e depois’’ da nossa nova casa, era assim que eu a chamava; ‘’Nova casa’’, apesar de não parecer tão nova, e não ser também.

 Essa era uma daquelas casas de interior, de dois andares feita de madeira, foi a com o preço mais acessível que encontramos para sair da casa de meus pais e começar uma vida com minha namorada... Ah, como ela era linda. Tinha longos cabelos castanhos e sempre um grande sorriso para mim, parecia a garota perfeita para se formar uma família. Fazia todo esse esforço de se mudar, dirigir trinta minutos até a cidade apenas para fazer simples compras, valer a pena, apenas para ver um sorriso em seu rosto e ouvir um ‘’bom trabalho, Dave’’.

 Tudo parecia perfeito, menos, aquela câmera estupida...

1 de Diciembre de 2018 a las 19:23 1 Reporte Insertar 1
Leer el siguiente capítulo Reparos

Comenta algo

Publica!
Alice Alamo Alice Alamo
Boa noite. Venho em nome do Sistema de Verificação do Inkspired. Sua história foi colocada Em Revisão pelos seguintes apontamentos: 1) Falta de acentuação em alguma palavras como "moveis", "varias", "troca-los", dentre outras em todos os capítulos; 2) Mudança de tempo verbal ao decorrer da narrativa. Sua história se passa no passado, portanto, os pensamentos e as ações dos personagens devem estar no passado também. No caso, por exemplo, em "minha namorada pode ver" seria "poderia ver". 3) A primeira frase deveria ser "menos aquela câmera estúpida..." Além disso, o primeiro parágrafo não fez muito sentido. Câmera? De câmera fotográfica? E o que seria comparado a dos pais dele? Ademais " , " deve ser ajustado. 4) Algumas vezes faltam vírgulas nos vocativos como em "Olha Deva, não tem nada aí". Caso queira que a história seja Verificada, ela precisa ser revisada e esses erros corrigidos. Quando fizer, basta me avisar nesse comentário mesmo. Atenciosamente, Alice, Sistema de Verificação do Inkspired
14 de Diciembre de 2018 a las 15:12
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 3 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión