Pra Me Refazer Seguir historia

clemersantos Clemer Santos

Estou sentado na cadeira onde um dia declarei o meu amor a ele. A minha frente esta aquele que mais amei nos últimos cinco anos de minha existência. Meus pensamentos atropelam a si mesmo dentro do caos que esta minha mente. Um pensamento atrapalha o outro, me tronando um vazio caótico.


Romance Romance adulto joven Sólo para mayores de 18.

#gay #lgbtq #fatosreais
2
4671 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Todos los lunes
tiempo de lectura
AA Compartir

Prólogo

“Quando somos adolescentes e conhecemos o nossa primeira paixão se torna algo memorável e com isso descobrimos que nossas vidas não serão mais as mesmas daquele momento em diante. Nós somos carne e isso nos torna indestrutíveis e ao mesmo tempo tão fracos. Nossos sentimentos nos fortalece nos fazendo sentir que somos tão grandes que podemos passar por qualquer obstáculo na vida, mas estes mesmos sentimentos são capazes de nos matar sem dó. Aquilo que nos mantém de pé também pode nos joga no chão e nos prende nele como uma simples mudança na direção. Isso é o amor.

Autor: Clemer Santos


Estou sentado na cadeira onde um dia declarei o meu amor a ele. A minha frente esta aquele que mais amei nos últimos cinco anos de minha existência. Meus pensamentos atropelam a si mesmo dentro do caos que esta minha mente. Um pensamento atrapalha o outro, me tronando um vazio caótico.

Ele dorme serenamente. As vezes se movimenta de um lado para o outro, pigarreia, tosse e até mesmo balbucia algumas palavras e eu não consigo parar de encara-lo lembrando de tudo que já houve entre nós. Um misto de sentimentos invade meu peito me fazendo pensar em cada momentos que já vivemos, naquela cama onde ele repousa, neste quarto, nesta casa... A cada lembrança, um soluço silencioso que vem acompanhado de um choro mudo.

Esta é a dor que carrego comigo desde o nosso termino. Ter alguém tão próximo de mim e ao mesmo tempo não poder tê-lo como já tive um dia. 

12 de Noviembre de 2018 a las 04:05 0 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo Capitulo 1

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 1 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión