Sempre Seguir historia

kiefan Anna Luisa

Wu Yifan havia tido um grande amigo durante boa parte de sua infância, infelizmente ele havia se mudado e por isso perdeu qualquer tipo de contato com o seu então melhor amigo. Porém, Yifan acabou encontrando Byun Baekhyun quando voltou para a antiga cidade em que havia crescido... Ele só não imaginava encontrar o Byun desacordado na praia e tendo pernas humanas ao invés da linda cauda que o tritão tinha.


Fanfiction Sólo para mayores de 18.

#kpop #exo
Cuento corto
1
4.4mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único.

- One Shot também postada no spiritfanfiction.

Capítulo Único

― Promete que nós sempre seremos melhor amigos? ― Yifan perguntava baixinho enquanto balançava seus dedinhos na água.

― Prometo. ― Baekhyun sorriu enquanto dizia aquilo e estendeu sua mão até a outra criança. ― De mindinho, como você me ensinou.

― Isso, assim nossa promessa nunca será quebrada. ― O chinês dizia aquilo com certeza.

Porém, no dia seguinte... Ele precisou se mudar, precisou mudar de cidade para ir morar com seu pai e deixou a casa no litoral em que vivia com seu avô e antes vivia com sua falecida mãe.

Depois daquilo, ele nunca mais teve contato com Baekhyun.

Também, como ele poderia ter contato com um tritão? Um ser mitológico que para todos era somente uma lenda e que jamais iria existir, se ele contasse para o pai ou qualquer outra pessoa, não iriam acreditar nele.

Depois de tantos anos afastado dali e longe por outros motivos e até alguns problemas, ele havia voltado para aquela casa no litoral para cuidar de algumas pendencias que seu avô havia deixo antes de falecer por conta de sua idade já avançada.

Ele se arrepiou um pouquinho quando sentiu a água fria sobre seus pés e relembrou dos inúmeros momentos que passou com Baekhyun enquanto ambos brincavam no mar e ele aprendia a nadar. Claro que suas pernas não podiam ser comparadas com a cauda que o Byun tinha e com sua velocidade, mas eles sempre apostavam corridas e ele sabia que o tritão o deixava ganhar.

Perguntava-se como o tritão deveria estar, já adulto e talvez mais velho que si. Imaginava que ele ainda seria maior que o outro, mas precisaria confirmar aquilo algum dia.

Se fosse possível, pessoalmente...

Era isso que o Wu pensava quando direcionou seus olhos para uma parte da praia e viu ali alguém caído que acabava sendo empurrado por conta da maré.

Seus olhos imediatamente se arregalaram e sentiu seu coração acelerar ao conhecer reconhecer o cabelo vermelho que ele conheceu fazia anos.

― Baekhyun?! ― Correu ao encontro do amigo.

Se assustou ao ver as feridas em seu corpo, notou que o outro estava desacordado e ficou ainda mais assustado ao ver que Baekhyun tinha pernas e não mais uma cauda.

O que havia acontecido enquanto ele estava fora?

. . .

O ex tritão começou a despertar quando sentiu um pano úmido ser passado por sua testa.

― O que? ― Ele murmurou confuso, sem entender o que havia acontecido.

― Acordou, huh? ― O homem perguntou baixinho e o Byun lhe encarou.

― Fan... ― Não demorou para ele reconhece-lo e o chinês sorriu com aquilo. ― Céus, Fan! ― Baekhyun ignorou seus ferimentos e se sentou, para poder abraçar melhor seu antigo melhor amigo.

― Eu senti tanto a sua falta, me desculpe por ter sumido... ― Yifan murmurou tentando tomar cuidado ao retribuir o abraço.

Agora sim, ele podia ter certeza de que o outro era menor que si.

― Eu sabia que um dia você iria voltar. ― Baekhyun estava emocionado por conta do reencontro. ― Eu tinha certeza disso mesmo com todos me dizendo que estava apenas me iludindo! ― Ele tentou apertar o maior contra seus braços, porém gemeu dolorido.

― Calma, você sofreu muitos machucados... ― Yifan o afastou lentamente. ― O que aconteceu, hm? ― Levou uma das mãos até o rosto do Byun.

― Eu decidi procurar você aqui. ― O ruivo revelou aquilo em um sussurro. ― E para isso, precisei... ― Ele ficou em silêncio e observou as pernas que tinha.

― Se livrar de uma parte sua... ― Yifan murmurou. ― Tudo para me procurar?

― Se você tivesse a chance de me encontrar tendo que desistir de algo, eu sei que você também faria isso. ― Baekhyun sorriu fraco.

― Então... ― O Wu suspirou depois de alguns segundos em silêncio. ― Eu não posso mais lhe chamar de tritão?

― Bobo, eu sempre serei o seu tritão.

― Assim como sempre será o meu melhor amigo. ― O Wu sorriu.

― Sempre. ― Baekhyun também sorriu. 

25 de Octubre de 2018 a las 05:17 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Anna Luisa 💕💕 Sou a kiefan do spirit 💕 💕• Ficwriter • 💕 ••EXO-L•• 💕

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~