Saudade na Madrugada Seguir historia

kiefan Anna Luisa

Kim Mingyu estava longe de seu marido e estava tendo dificuldades para dormir. Não queria incomodar o outro ou lhe chamar atrapalhando seu sono, mas não precisava pensar naquilo. Eles eram marcados e Jeon Wonwoo também estava sem sono, mas não era por culpa da insônia no alfa e sim da bebezinha deles que estava mais do que acordada.


Fanfiction Sólo para mayores de 18.

#kpop #seventeen
Cuento corto
0
4.8mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único.

- One Shot também postada no spiritfanfiction

Capítulo Único

Kim Mingyu ligou a televisão e decidiu que não iria mais dormir, não estava conseguindo naquele momento.

Colocou em um canal aleatório querendo se distrair e quase rezando para que começasse a ficar com sono. Teria uma reunião logo pela manhã e precisava estar preparado para enfrenta-la.

Mas, longe de seu marido... A saudade era grande e sua concentração junto com o sono eram mínimos.

Ouviu seu celular vibrar sobre o colchão e pegou o mesmo, um sorriso surgiu em seu rosto ao ver quem havia mandado uma mensagem.

Amor(es): Minnie?

Eu: Está acordado essa hora... Aconteceu algo, meu amor?

Wonwoo estava distraído vendo um filme de ação e sorriu um pouco envergonhado ao ver que o marido já parecia preocupado com aquilo.

Amor(es): Não, eu só estou sem sono e aproveitei para ver um filme. Nós estamos bem.

Ele mandou a mensagem e passou uma das mãos sobre a barriga já avantajada demonstrando pelo volume a entrada no terceiro trimestre de gestação.

Eu: Oh, baby, me desculpe por isso... Acredito que você esteja sem sono por minha causa.

A conexão que ambos tinham graças as marcas nos pescoços, continuava forte mesmo quando o casal estava longe até em países diferentes.

Amor(es): Está tudo bem, amor, nossa bebezinha está acordada agora.

Tenho certeza de que ela não me deixará dormir.

Eu: Nossa bebezinha gosta de trocar o dia pela noite, queria tanto estar ai para fazer ela ficar quietinha e deixar você descansar.

Amor(es): Eu também queria isso, ela sempre se acalma quando você canta para ela.

Eu: Sua voz é melhor que a minha para cantar.

Amor(es): Mas, ela prefere a sua! Isso é um fato que não podemos negar e eu gosto de ouvir você cantar.

Eu: Está bem.

Prometo que cantarei algo para vocês, assim que eu voltar.

Amor(es): Você vai voltar logo?

Eu: Volto em uma semana, meu amor, ainda falta um pouco.

Amor(es): Falta muito, quero você aqui logo!

Bem que você podia trazer algum presentinho, não é?

Mingyu acabou rindo ao ler aquilo e encarou a poltrona que havia em seu quarto no hotel, observou as roupinhas de bebês nas cores rosa e verde que havia comprado e imaginava que o marido iria ficar muito feliz ao velas.

Mas, aquilo seria surpresa e Wonwoo não poderia saberia antes da hora.

Eu: O que quer que eu traga?

Amor(es): Uma comida, bem gostosa!

Eu: Amor, você não pode comer coisas gordurosas...

Amor(es): E você acha que eu quero algo gorduroso? Eu quero doce, algo bem doce... Muito, muitíssimo doce.

Eu: Está com desejo, querido?

Amor(es): O único desejo que eu tenho é você voltar logo para casa.

E acompanhado de algo bem doce.

Eu: Providenciarei isso, não se preocupe.

Amor(es): Ótimo!

Amor, vou ir dormir agora... Acho que ela cansou de ficar me chutando e decidiu ir dormir mais cedo.

Eu: Durma bem, querido, descanse.

Eu amo vocês.

Amor(es): Você também!

Nós lhe amamos.

Mingyu sorriu e deixou o celular sobre o colchão, observou suas malas e se levantou da cama.

Iria arruma-las e voltaria para casa logo após o fim da reunião...

Queria muito ficar ao lado de sua família e faria aquilo. 

25 de Octubre de 2018 a las 01:46 0 Reporte Insertar 1
Fin

Conoce al autor

Anna Luisa 💕💕 Sou a kiefan do spirit 💕 💕• Ficwriter • 💕 ••EXO-L•• 💕

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~