Eternamente Seu Seguir historia

estherliz96 Esther Liz

Naruto andava muito desanimado, deprimido. Foi aí que Kiba decidiu animar a vida do amigo. Nada melhor que um Neko, tirando o fato que o loiro odiava Nekos.


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18. © Todos Os Direitos Reservados

#yaoi #familia #lemon #naruto #narusasu #sasunaru #ua #comédia #sns #mpreg #boys-love #sasuke-uchiha #naruto-uzumaki #Sasu-Neko #Kiba-Best
5
4.8mil VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Todos los lunes
tiempo de lectura
AA Compartir

Eu E Você

A alegria de muitas pessoas é chegar em casa e ser recebido por sua família certo? Naruto também fazia parte desse grupo. Mas se dedicou tanto à sua carreira que não teve tempo de formar uma família.

E como se arrependia disso... Sentia a solidão na pele sempre que chegava em casa, em suas folgas, férias... Estava cansado de ficar sozinho.

A única pessoa que tinha conhecimento dessa solidão, era seu melhor amigo Kiba. Sempre iam ao bar juntos, onde ouvia pacientemente o loiro desabafar. Tentou convencer o amigo a sair, conhecer alguém. Mas Naruto era muito... Complicado de socializar. Pelo menos nesse quesito.

Meses se passaram assim, com o loiro desabafando e o moreno tentando ajudar. Kiba já ficou encarando várias vezes os sites de relacionamento, pensando em fazer uma conta para o amigo. Até que um anúncio lhe chamou a atenção.

Era um anuncio de venda, mas não de objetos e sim de Nekos. A sociedade desenvolveu uma mistura de DNA dos humanos com gatos, surgindo a raça dos Nekos. Foram anos de brigas nos tribunais para acabar com a escravidão desses seres. Hoje, eles são anunciados nesses sites porque querem. Nekos são muitas vezes comprados para serem amigos ou em alguns casos, companheiros amorosos mesmo.

Kiba sabia que iria se arrepender, conhecia a opinião do amigo sobre os Nekos. Mas mesmo ciente disso, entrou no site e comprou um Neko. Ele não demorou para chegar, já que a agencia ficava na cidade.

-Seja bem-vindo – Kiba sorriu e estendeu a mão

-Hm, pra que me comprou? Não tem cara de ser fetiche – O Neko encarou o moreno de cima a baixo

-Ei, se acalme ok? – Kiba pediu, levantando as mãos em rendição – Não te comprei para mim, mas para um amigo. Ele precisa de companhia, se vão transar ou não já não é comigo. Venha, vou te levar para o apartamento dele

Subiram as escadas em silencio, o que estava incomodando Kiba, mas decidiu que era melhor não quebra-lo. Dois lances de escada depois, chegaram à porta do Uzumaki.

-E quem é ele? – O Neko questionou, encarando o moreno novamente

-Qual seu nome mesmo? – Kiba perguntou, enquanto se abaixava para pegar a chave reserva em baixo do tapete

-Sasuke. Agora me responde – O moreno exigiu, mas sua feição de poucos amigos era quebrada com o mesmo brincando com sua cauda. Era fofo

-Ah sim, ele se chama Uzumaki Naruto. Tem 26 anos, solteiro, loiro, olhos azuis – Kiba respondeu, dando espaço para Sasuke passar – Ele trabalha como advogado, então passa o dia na rua.

-E eu tenho que ficar aqui pegando poeira? Virei item de colecionador agora? – Sasuke encostou na parede e cruzou os braços

-Não, se acalme. Ele precisa de alguém, anda muito sozinho – Kiba explicou enquanto ligava as luzes – Venha, vou te mostrar o apartamento.

Kiba apresentou absolutamente toda a casa do loiro, tirando todas as duvidas de Sasuke. O mesmo parecia mais aliviado ao saber que não era necessário transar. Só precisava ser um amigo, de resto os dois que decidiam.

Sasuke deixou suas coisas no quarto de hospedes que havia ali e foi para a cozinha. Iria preparar algo para eles comerem. Teve certeza que cozinharia todos os dias quando viu a quantidade de lámen instantâneo que havia no armário.

Estava vendo Tv, quando ouviu a porta se abrir. Não se dignou a levantar, afinal o tal Kiba o instruiu a ser ele mesmo.

-Quem é você? – Um Neko na sua sala era tudo o que Naruto não queria encontrar. Odiava esses seres, melosos demais, carentes demais. Só de ver um já lhe dava raiva

-Hm, Sasuke – O moreno respondeu com indiferença, irritando Naruto

-E o que está fazendo aqui? – O loiro cruzou os braços, encarando Sasuke com ódio.

Para Sasuke, aquilo estava divertido demais. Mas não verbalizaria seus sentimentos. Precisava ser um amigo só.

-Saia da minha casa – O loiro sentenciou, contando até dez para não perder a paciência.

-Não. Eu tenho um contrato para cumprir – Sasuke se levantou e foi em direção ao seu quarto – Quer você goste ou não

-Quem lhe deixou entrar? – Naruto o seguiu, pensando seriamente em joga-lo pela janela

-Um moreno, acho que seu nome era Kiba – Sasuke respondeu, soando indiferente. Sentou-se na cama e tirou a blusa – Agora se me der licença, vou tomar banho

Naruto não conseguiu parar de encarar o moreno. Por mais que fosse um Neko, era muito bonito e fazia seu tipo. Mas seu corpo ferveu de raiva, quando o moreno levantou e fechou a porta na sua cara.

Iria matar esse maldito Neko!


Primeiro Dia De Convivência


Sasuke acordou cedo, tinha uma rotina e não seria um loiro implicante que a quebraria. Foi até a cozinha e preparou o café da manhã. Antes de se alimentar, fez sua série de exercícios. Não tinha um corpo musculoso, mas também não era fraco.

Antes de tomar café, decidiu ir ver se o loiro estava bem. Estranhou o mesmo não aparecer. Abriu a porta, tentando não fazer barulho e a cena tocou seu coração. Naruto estava debruçado na mesa, com papéis em todo lugar.

Agora olhando melhor para Naruto, conseguia notar as olheiras, o corpo magro pela má alimentação. Sentiu um pouco de pena. Entendia o porque de Kiba o comprar.

Olhou os papéis e decidiu arrumar. Organizou o máximo que pode – o que era muito, comparado a organização do loiro – e levou Naruto para a cama. Deixaria-o dormir até a hora do almoço. Seu instinto dizia que ele precisava.

Naruto acordou se sentindo renovado, mas estranhou estar na cama. Não lembrava de ter ido pra lá. Tomou um banho e enquanto vestia um short, sentiu seu estomago reclamar de fome. O cheiro que vinha da cozinha era muito bom.

-O que está fazendo? – Questionou ao ver Sasuke com um avental

-Isso se chama cozinhar, sabia? É muito útil – Sasuke respondeu, sem ao menos olhar para o loiro – Sente-se, o almoço está pronto

O loiro decidiu não discutir, estava esgotado emocionalmente e com fome demais para isso. Comeram em silencio. Sasuke não parava de lhe encarar, as orelhas em pé e a cauda que se mexia, como se esperasse algo. Ele não precisou ser um gênio para entender o que estava acontecendo.

-A comida está muito boa – Comentou, como quem não quer nada. Vendo pequeno sorriso brincar nos lábios do moreno. Lábios muito bonito por sinal

-A comida ou a minha boca? – Sasuke já havia notado como o loiro lhe olhava e decidiu brincar com isso

-Vá se ferrar Neko maldito – Naruto xingou e voltou para o quarto

-Mal-humorado – Sasuke murmurou enquanto ouvia o loiro bater a porta do quarto.


Segundo dia de convivência


Naruto acordou cedo, afinal iria trabalhar. O caso estava dando muita dor de cabeça, mas estava recebendo para isso. Quando passou pela sala, se deparou com uma cena inusitada. Sasuke dormia no sofá. O problema era que o moreno só vestia uma boxer vermelha e uma regata branca, que batia nas suas coxas, mas por conta de sua cauda sua bunda ficava à mostra.

E que bunda!

Travou no lugar, não conseguia parar de encarar o moreno. E por ficar encarando, notou que Sasuke estava com frio. Contrariando sua mente, foi até o quarto, pegou um cobertor e o cobriu. A boca rosada do moreno, seu rosto sereno, estava dando asas a imaginação de Naruto. Acordou ao ouvir seu celular tocar com uma mensagem. Estava atrasado.

Sasuke acordou tarde aquele dia. Ficou até tarde limpando o apartamento e depois ainda resolveu maratonar algumas séries. Sorriu ao se ver coberto, mas corou ao lembrar que sua cauda deixa sua bunda a mostra. Ok, tinha que usar short.

Fez seus exercícios, tomou café e foi para seu quarto. Precisava tomar um banho. Se fosse um humano normal não teria ouvido os barulhos sutis. Mas era um hibrido. Estranhou, os passos não pareciam com os de Naruto ou Kiba. Vestiu uma cueca boxer e saiu. A cauda mostrava o quanto estava alerta. Devia ter pego seu celular, pois notou ser um assalto.

-Olha só, temos um Neko aqui – Comentou um rapaz de dentes pontiagudos e cabelos estranhamente brancos

-Olha só, alguém consegue enxergar – Colocou a mão na cintura enquanto arqueava uma sobrancelha

-Não devia brincar comigo, Neko maldito! – O rapaz gritou e correu em sua direção

Sasuke desviou com facilidade, mas o rapaz puxou com força sua cauda fazendo-o gritar e cair no chão. Conhecia bem aquele olhar, era luxúria, desejo. Precisava fazer algo. Deu uma joelhada no seu membro, se levantou e correu para a cozinha.

Alcançou o telefone e discou para a polícia, falando que era um assalto. Mas quando ia dar o número do apartamento, foi derrubado no chão e bateu a cabeça. A dor, fazia sua visão embasar. Ouvia de longe a voz do assaltante o xingar e pegar uma faca na bancada.

Reuniu toda a força que tinha e tentou correr para longe do ladrão. Mas com o ferimento na cabeça ficava difícil. Foi jogado no chão novamente e sentiu uma mordida no pescoço que o fez gritar.

Mas Kami-Sama deveria estar de bom humor.

Naruto esqueceu uma pasta importante para o caso, como o julgamento seria somente a tarde, resolveu voltar em casa. Estranhou a porta estar encostada e abriu a porta devagar. Viu Sasuke no chão, sangrando e um albino em cima dele com uma faca na mão. Correu, precisava ajudar o moreno.

Empurrou o albino e levantou Sasuke, o colocando em seus braços, o moreno se assustou e mordeu seu ombro, suas orelhas abaixadas e cauda arrepiada dizia a Naruto que ele estava assustado.

-Calma Sas, sou eu – Sussurrou, precisava manter a calma

Sentiu o aperto no seu ombro diminuir e a respiração do menor se acalmar. Quando olhou para frente, o albino já havia sumido. Levou Sasuke até seu quarto e cuidou do ferimento. O menor dormia calmamente em sua cama, esfregando o nariz levemente em seu travesseiro. Achou a cena tão fofa que não resistiu em tirar uma foto.

3 de Septiembre de 2018 a las 00:01 2 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo Meus Sentimentos

Comenta algo

Publica!
Luana Modesto Araújo Luana Modesto Araújo
Continua. Posta capítulo novo...
18 de Septiembre de 2018 a las 16:05

  • Esther Liz Esther Liz
    Eu vou ❤ Fico muito feliz que tenha gostado ❤ 22 de Septiembre de 2018 a las 00:15
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 5 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión