Obrigado, Hinata Seguir historia

satsukimari Mari Satsuki

Enquanto as lágrimas de emoção deslizavam por seu rosto, mesmo que buscasse no fundo de seu coração, Naruto não conseguia encontrar as palavras perfeitas para expressar toda sua gratidão para com Hinata, por presenteá-lo com aquilo que tanto sonhou: uma família.


Fanfiction Anime/Manga Todo público.

#fnh #familiauzumaki #naruhina #hinata #naruto #fns #querobiscoitofns #gincanafns
Cuento corto
6
5.4mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Único

Não era um segredo que Naruto estava naquela missão a contragosto. Não que tivesse problemas em trabalhar no exame chunnin fora da vila, mas aquele era um momento crucial em que sentia que deveria estar próximo de Hinata. Estava em sua 38ª semana de gestação, e por mais que Sakura ou outros médicos garantissem que não haveria chances de algo acontecer, ele ainda tinha certo receio em deixar a esposa. Mas Kakashi havia dito que só poderia dar-lhe um tempo maior de férias se cumprisse uma carga horaria de trabalho maior, e para isso seria necessário que se juntasse a equipe responsável pelo exame chunnin, em Suna.

No dia seguinte seria iniciado a parte final do exame, onde os competidores lutariam entre si. Naruto estava na equipe de jurados que avaliaria individualmente cada participante independente da vitória ou não. Em seu quarto inquieto e preocupado, analisava o teto enquanto pensava como as coisas andavam em Konoha.

Hinata havia prometido que ficaria na casa de seu pai durante sua ausência, e conhecendo a esposa, quis garantir que isso aconteceria, então tratou de levá-la juntamente com Boruto e fazer mil recomendações para seu sogro, que por muito pouco não o expulsou dali à base do Kaiten. Era quase um insulto para Hiashi ser subestimado, quando havia cuidado de sua esposa durante duas gestações e ainda criara as filhas após a viuvez.

Então, seus pensamentos foram interrompidos quando alguém bateu em sua porta. Segundo o homem que ali estava, o Kazekage convocava Naruto de imediato. Um pressentimento estranho lhe tomou, e então ele apressou-se ainda mais para que pudesse encontrar Gaara. Adentrou a sala do amigo e o encontrou com uma expressão apreensiva ao lado de seu irmão.

– O que aconteceu?! – Naruto perguntou bastante afoito, muito mais do que o costumeiro.

– Acalme-se, por favor. – Gaara disse em seu tom pacifista de sempre. Estava sim preocupado com a situação, mas se quisesse manter aquele ninja hiperativo calmo, precisaria ser dez vezes mais calmo que o normal. – Temari ligou há alguns minutos e pediu que lhe avisasse sobre isso. Sei que você não deveria deixar seu trabalho, mas duvido muito que alguém possa te impedir...

– Gaara... – Naruto o interrompeu grosseiramente. Não era proposital, mas seu nervosismo não lhe permitia que assumisse uma postura de respeito. – O que diabos está acontecendo?

– Ei Naruto! – Kankuro o advertiu. – Baixe seu tom, você ainda está falando com o Kazekage, então tenha mais respeito!

– Tudo bem Kankuro. – Gaara interveio. – Naruto provavelmente sabe do que se trata, por isso está tão nervoso, então vamos dar um desconto. – Ele suspirou pesadamente. – Como já deve imaginar, sua esposa foi levada ao hospital há cerca de uma hora com dores, mas nenhuma outra informação foi dada.

– Eu preciso voltar para Konoha! – Naruto dizia em desespero. – Eu tenho que estar lá quando minha filha nascer, eu preciso estar com a Hinata... – E por mais que afirmasse tudo aquilo de maneira convicta, ainda estava perdido e não sabia exatamente o que fazer.

– Fique calmo. – Gaara disse de maneira firme. – Você não vai poder fazer nada sozinho. Está em Suna representando Konoha, e só poderá deixar a vila com uma autorização assinada por mim, além disso, não é permitido a venda de passagens de trens de última hora para estrangeiros.

– Então o que diabos eu vou fazer?! – Berrou desesperado, arrancando um suspiro do ruivo em sua frente.

– Ainda somos amigos, não é mesmo? – Gaara cruzou os braços na frente do peito, então voltou-se para sua mesa e de cima dela retirou um envelope, estendendo-o para Naruto. – Aqui tem tudo que precisa para deixar a aldeia, então se apresse, porque o trem parte em 30 minutos.

Naruto sequer poderia acreditar no que havia acabado de acontecer. Reconhecia Gaara como um de seus melhores amigos, mas não achava que ele poderia quebrar protocolos importantes impostos pela aliança shinobi para que pudesse ver sua filha nascer. Agradeceu o amigo com um forte abraço e então partiu apressado.

Agradeceu imensamente pelas inúmeras tecnologias criadas após a última grande guerra. Com o fim dos conflitos entre as cinco grandes nações, países menores também tiveram mais espaço para divulgar seu trabalho, e assim contribuíram imensamente para os avanços tecnológicos. Estava aliviado que, uma viagem que no passado lhe renderia três dias, agora era possível se fazer em 12 horas.

Chegou afoito em Konoha, surpreendendo a todos que não esperavam seu retorno repentino, mas Kakashi já ciente de toda a situação havia deixado os demais membros da vila avisados de que ele estaria de volta.

Rumou de imediato ao hospital, e sempre que tentava obter informações sobre Hinata, era direcionado para superiores e assim falou com diversas pessoas, até conseguir contatar quem desejava. E ao encontrar Sakura, sentiu que seu coração estivesse prestes a parar devido à ansiedade e preocupação para com sua esposa.

– Onde ela está?! – Perguntou desesperado, enquanto chacoalhava a mulher que parecia estar prestes a socá-lo para que se acalmasse. – Eu tenho que vê-la, eu estou preocupado, eu preciso saber como ela está...

– Se acalme Naruto! – Sakura estapeou o amigo no ombro. – Relaxe um pouco, a Hinata só veio ter o bebê.

– Eu sei disso... – Ele disse de maneira chorosa. – Mas é que depois do susto que tivemos quando Boruto nasceu, o meu desejo era não sair do lado dela por nenhum segundo.

– Relaxe, está bem? – Ela lhe sorriu consoladora. – O que aconteceu com Boruto foi algo incomum, não significa que aconteceria com a menina. Ela só se adiantou algumas semanas, mas ela está perfeitamente saudável.

O medo de Naruto era aceitável. Quando Boruto nasceu, a situação acabou sendo um pouco mais complicada do que o previsto. Hinata teve complicações em sua gestação, sendo obrigada a realizar uma cesárea de emergência dois meses antes da data provável para o parto. Hinata e Boruto precisaram ficar alguns dias a mais hospitalizados, mas mesmo com o susto, ambos recuperaram-se perfeitamente. Porém, o medo de que a situação voltasse a se repetir ainda era grande.

– Você só chegou um pouco atrasado, sinto muito. – A rosada lhe lançou um olhar piedoso. – Mas correu tudo bem, as duas estão ótimas, como já disse!

– Então, ela nasceu mesmo? – As palavras já saiam embargadas e algumas lágrimas começavam a cair dos olhos de Naruto, o que provocou um riso divertido em sua amiga.

– Sim, ela está no fim do corre... – Antes que a mulher pudesse completar a frase, Naruto correu desesperadamente até o local indicado. Deixando uma Sakura que ao mesmo tempo resmungava por ser ignorada, também ria da ansiedade do amigo, o que lhe lembrou o nascimento de sua filha, onde Sasuke agia exatamente da mesma forma. Aquilo apenas lhe confirmou que os instintos paternos ficavam mesmo mais aguçados para o nascimento de uma menina.

Em meio à pressa, Naruto abriu a porta do quarto com demasiada agressividade, o que assustou um pouco Hinata, que despertou de imediato de seu sono leve.

– Me perdoe, Hinata! – Desculpou-se ao notar que havia feito bobagem. – Não queria te assustar, eu estava muito ansioso e acabei esquecendo que você teve um bebê...

– Tudo bem... – A mulher sorriu de maneira carinhosa enquanto se acomodava sentada sobre a cama. – Você chegou um pouco tarde...

– Eu estou muito decepcionado, queria estar ao seu lado, vendo a Hima nascer e...

– Pode acreditar, foi melhor assim. – A mulher analisou a expressão deprimida do marido e riu baixo. – Felizmente o parto foi mais tranquilo que o do Boruto, mas você não aguentaria me acompanhar, principalmente na hora do nascimento quanto...

– Não precisa entrar em detalhes! – Ele interrompeu Hinata, que riu de sua reação. – Sakura-chan já havia me explicado como seria.

– Então venha vê-la. – Hinata autorizou que o marido se aproximasse, e ele o fez de maneira calma.

Quando seus olhos finalmente encontraram o pequeno pacotinho adormecido em um berço ao lado de Hinata, seus olhos voltaram a lacrimejar.

– Ela é tão linda, e se parece tanto com você. – Ele dizia com a voz embargada pelo choro.

– Na verdade eu acho que os traços dela lembram mais o seu rosto, além dos olhos serem tão bonitos como o seu. – Hinata dizia enquanto admirava o marido maravilhado acariciando delicadamente as bochechas redondinhas do bebê com a ponta de seu dedo indicador.

Naruto desejava pegá-la e aconchegá-la em seus braços, mas a pequena menina lhe parecia tão frágil enquanto dormia em seu berço, que ele sentiu certo receio, preferindo apenas admirá-la ali ao menos naquele momento.

No mesmo instante, duas figuras adentraram no quarto onde a família estava. Hanabi com o pequeno Boruto em seus braços, acompanhada de Hiashi.

O garotinho entrou em êxtase ao ver o pai, sorriu alegremente e começou a saltitar no colo da tia, que não teve escolha, a não ser entregá-lo a Naruto, que também parecia uma criança ao encontrar o primogênito.

– Que saudade, papai! – O garotinho dizia enquanto entrelaçava seus bracinhos curtos em volta do pescoço do pai, que o retribuiu aconchegando o pequeno corpo do filho em seu tronco.

E então Naruto entregou-se por completo aos prantos. As lágrimas caíam em perfeita sincronia com os soluços. O choro era tão intenso que acabou assustando todos ali.

– O que foi, Naruto? – Hinata perguntou preocupada. – O que houve?

– Eu só estou muito feliz... – Ele dizia enquanto secava as lágrimas. – Muito obrigado, Hinata.

– Por que exatamente você está agradecendo, querido? – Ela perguntou um tanto confusa.

– Por me dar uma família.

29 de Agosto de 2018 a las 20:58 10 Reporte Insertar 5
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
Tatu Albuquerque Tatu Albuquerque
Esse final me arrebentou muito forte
6 de Septiembre de 2018 a las 10:31

  • Mari Satsuki Mari Satsuki
    ai desculpa mas foi de propósito mesmo HAUHSAUHS 18 de Octubre de 2018 a las 20:50
Políbio Manieri Políbio Manieri
ALÁ A 30 E CACETADAS SEMANAS DE GESTAÇAO VINDO ME ASSOMBRAR DE NOVO, EU TO DE OLHO NISSO AÍ! Ai meu deus eu to muito familia, eu to extremamente soft. Que coisa mais preciosa ver todas as autoridades do mundo shinobi se mobilizando para dar um pouco de ajuda à um pai desesperado... mas quem pode culpar o naruto, nao é mesmo?? Ah eu sinto muita falta desses momentos em familia dos uzumaki antes do naruto ser nomeado hokage e começarem todas as complicaçoes, pelo que se tem registrado ele sempre foi um pai maravilhoso inclusive por isso doeu tanto assim no boruto o afastamento dele. É sempre bom ver esses personagens sendo retratados com o carinho que merecem <3
6 de Septiembre de 2018 a las 01:55

  • Mari Satsuki Mari Satsuki
    Menina, você não tem noção de como eu sou uma orfã do desenvolvimento dessa família. Eu sonhei tanto com ela para depois me mandarem um relacionamento pai e filho complicado, é muita frustração para o coração de uma fã que precisou sonhar com os momentos fofos dessa família. E mesmo que a gente não saiba, é real e oficial que eram sim uma família amorosa e unida, que no Naruto era sim um puta pai maravilhoso que era louco nos filhos e vice versa. Pois para mim pode cancelar Boruto e começar de novo depois do casamento. Quero Hinata gravida, quero Boruto e Hima bebês, quero destaque pro Naruto entendendo pela primeira vez o que é ter uma família de sangue, eu quero muito isso PIERROT PQ ME MATOU AHHHHHH Efim, perdoe meu surto de tristeza aqui hahah, e quero agradecer por ler e comentar, sério, fico muito feliz que tenha gostado e mais ainda de saber que passei um pouquinho do que eu imagino sendo o nascimento de uma dessas crianças, pq é meu sonho algo oficial sobre, mas enquanto não tem, a gente vai idealizando por aqui mesmo ❤❤ 18 de Octubre de 2018 a las 21:28
Caramelo Sama Caramelo Sama
"Muito obrigado, Hinata" "Pelo quê?" "P O R T E R M E D A D O U M A F A M Í L I A." Nossa, essa frase me impactou muito. Sinceramente, fechou com chave de ouro. Ah, que coisa mais amorzinho. Eu amo muito a abordagem do Naruto como pai. Eu gosto disso e quero ver mais Fanfics sobre, por que é lindo apesar dos pesares. E eu acho que seria tão assim a reação dele. Tão afobado e choroso. É muito bonitinho ❤ Outra coisa bonitinha é esse bebê injustiçado que o Bolt é. Poxa, ele é uma graça! Olha só! Mais amor pros irmãos Uzumaki, eles merecem. E o Gaara também. Melhor Kazekage, da licença que a poc ruiva e poderosa tá passando. Amei, ficou tão leve e bonitinho... <3
5 de Septiembre de 2018 a las 17:35

  • Mari Satsuki Mari Satsuki
    Acho que se deixar eu ir desenvolvendo todos os plots com a família Uzumaki, quase saí uma novel hahahah Eu sou muito aguada com a história da família depois do casamento, pq temos muito pouco deles, e o que se tem é apenas esse conflito chato de pai e filho. Mesmo que só tenha sido mencionado, o Naruto sempre foi um bom pai, um bom marido e uma pessoa presente para a família. Tentei tirar ao máximo a essência do personagem original para trazer aqui pra fic, para ficar o mais fiel possível, e receber um comentário como esse me deixa realmente radiante por saber que consegui. De coração, obrigada por ler e compactuar dos meus sentimentos hahah fico imensamente feliz que tenha gostado ❤❤❤❤ 18 de Octubre de 2018 a las 21:43
Kaline Bogard Kaline Bogard
Que bonitinho! Não é meu ship, mas a proposta do desafio é justamente essa: expandir os horizontes! Creio que Boruto é complicado, não assisti ainda e nem seu se vou, então acima de todas as criticas que o Naruto recebe, quero crer que ele sé um bom pai, carinhoso e amoroso. Cumpre seus deveres como Hokage, mas faz o que pode. Senti a emoção dele nesse finalzinho! O coração até bateu mais forte ♥ E as participações do Gaara e do Kankuro me deixaram soft, amo esses irmãos! Kankuro dando bronca hehe. Só deixo uma dica: por favor, não use termos como "rosada" para se dirigir a Sakura, ou outras cores para outros personagens. Isso tira muito da qualidade do texto. Parabens po cumprir o desafio!
5 de Septiembre de 2018 a las 13:30

  • Mari Satsuki Mari Satsuki
    Ah eu fico muito feliz mesmo que tenha gostado, principalmente pelo fato de ser um shipp que você não curta tanto, pois assim eu vejo que minha fic tenha sido bem vista e que atende bem a todos os públicos, principalmente porque tentei ao máximo me manter fiel ao universo original. Quanto ao que comentou sobre o anime, realmente ele começou de uma foma complicada porque o relacionamento pai e filho era complicado, algo que para mim nunca condizia muito com a personalidade do Naruto, principalmente pela infância que teve sem uma família, mas usaram o trabalho dele para problematizar tudo e criar um drama, felizmente foi algo que se resolveu, mesmo que não me agradasse em nada (opiniões pessoais hahah), mas a própria obra ja mencionou inúmeras vezes que ele era um pai muito presente e amoroso sim, e foi nessa imagem que eu me prendi, é com ela que eu sonho um futuro desenvolvimento e foi dela que tirei a ideia para a fic, porque é esse lado paizão do Naruto que sempre quero enaltecer, apesar dos pesares ❤ Agradeço também pela dica, anotadíssima e levada para vida hehe Enfim, obrigada mesmo pelo carinho, por ler e pelo comentário. Realmente me deixou muito feliz ❤❤❤ 18 de Octubre de 2018 a las 21:56
Nathy Maki Nathy Maki
AAAAAAAAAAAAAA TOMARA QUE EU EXPLODA DE TANTO AMOR POR ESAA FAMÍLIA! OLHA ESSE NARUTO TODO PREOCUPADO E CHOROSO! QUE PAI MAIS BABÃO! Mas também com dois filhinhos lindos quem não babaria? Nossa eu tô muito grata por essa história linda que fez meu dia melhorar mil vezes! Obrigada! Sua escrita é maravilhosa, as palavras foram muito bem colocadas e todo o sentimento passa diretamente para quem está lendo. Parabéns! ♡ Agora voltemos a adorar essa família linda porque eles merecem todo o amor do mundo! Beijinhos ♡
5 de Septiembre de 2018 a las 08:04

  • Mari Satsuki Mari Satsuki
    Nossa, eu fico muito feliz que tenha gostado, muito mesmo ❤ Eu sou louca por essa família de todas as maneiras possíveis, e meu sonho de infância é um desenvolvimento legal desde o nascimento das crianças até o momento que o Naruto virou hokage. Queria muito conhecer mais do lado de pai coruja dele, mas quando isso não acontece, eu vou fantasiando tudo nas minhas fics mesmo hahah E to bem grata de saber que tenha gostado tanto, que aos seus olhos pude representar bem a família. Fiz de coração e coloquei aqui muito de como eu imagino que as coisas poderiam ter acontecido. Muito obrigada pelo carinho ❤❤ 18 de Octubre de 2018 a las 22:03
~