a cor dos teus cabelos Seguir historia

barbaravitoriatp Bárbara Vitória

Quando menino, me afoguei em um pequeno rio, e jamais me esquecerei daquela que me salvou, carregando-me em seus braços, me levando assim a apaixonar-me pelas águas dali que corriam para o mar…


Fantasía No para niños menores de 13.

#drabble #iara #dia-do-folclore #folclore-nacional #folclore-brasileiro #folclore
Cuento corto
2
5.2mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Iara, minha mãe d'água…

Quando pequeno, afoguei-me num rio. Recordo de ter sido salvo, carregado lá do fundo até a margem, nos braços de uma linda mulher. Seus cabelos negros flutuaram ao vento assim que acordei por vez após tanto tempo inconsciente.

Ágil e donaire no jeito de se portar, ela cuidou de mim até alguém me encontrar, mas antes que pudesse agradecer a vi partindo, nadando entre as águas, na lembrança do olhar somente o vulto da cor de seus cabelos…

Mesmo com aquele episódio quase traumático, apaixonei-me pelas águas que corriam para o mar, e sempre muito agradecido pela proteção da Mãe D'água, a minha rainha Iara…

24 de Agosto de 2018 a las 02:18 0 Reporte Insertar 1
Fin

Conoce al autor

Bárbara Vitória 26 anos, mineira de BH, escritora e um monte de outras entrelinhas numa infinitude de predicados…

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~