Mingyu em: as tentativas de namorar Jeon Wonwoo Seguir historia

kwoshi maria

Wonwoo era lerdo, muito lerdo. Tão lerdo que Mingyu o pediu em namoro três vezes e em todas as três, sentiu vontade de se matar por gostar de alguém tão mongoloide como Jeon Wonwoo. { meanie x comédia }


Fanfiction Bandas/Cantantes No para niños menores de 13.

#comédia #Jeon-Wonwoo #Kim-Mingyu #wonwoo #mingyu #meanie #seventeen
7
5.2mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

O júnior de Kim Mingyu

Mingyu exalava nervosismo por onde passava junto com sua ansiedade, estando essa tão visível quanto. Afinal, nunca tinha pedido alguém em namoro e muito menos tinha planos de como o fazer. Improvisando, talvez? Ou Wonwoo gostaria de algo mais elaborado? Ou possivelmente algo normal, tal como o simples e monótono ‘’quer namorar comigo?’’ Cantaria uma música se declarando? Não, clichê demais, pensou. O chamaria para sair? Estou sem dinheiro, resmungou.

Tantas ideias seguidas de questionamentos se o outro gostaria ou não, mas claro, todas sem respostas. Resolveu, enfim, fazer o pedido quando surgisse uma oportunidade. Não tinha noção de como o faria, porém acredita que tudo correrá como o esperado, mesmo não sabendo o que seria esse ‘’esperado’’.

De fato, Mingyu é um homem com ótimos planejamentos.

— Mingyu, foi sugado pelo ralo, é? ‘Tô esperando faz dez minutos.

O mencionado se assustou, arregalando os olhos e desencostando da porta do box, abrindo-a e se virando para a entrada do banheiro.

— Wonwoo... Hyung?

— Não, coelhinho da Páscoa. Ho, ho, ho, Papai Noel chegou!

Revirou os olhos. As tentativas de comédia de Wonwoo eram terríveis.

— Precisa de algo? — o mais novo dos dois perguntou educado, torcendo para não deixar transparecer o nervosismo da vergonha ao estar pensando no outro há alguns instantes.

— Me lavar, vou entrar.

O tempo disponível dos idols é curto, então para agilizar e como só tinham um banheiro, dividem dois chuveiros para quatro ou cinco membros. Como conseguiam? Ninguém sabe. Contudo, Mingyu nunca se acostumou a isso, principalmente com ele.

Voltou para dentro do box, percebendo que realmente havia perdido dez minutos ali, parado, sem ao menos se molhar, apenas pensando em como conseguiria passar o status de solteiro para namorando. Xingou-se por ser tão indeciso e xingou também Wonwoo por ser o responsável por tudo que estava pensando e sentindo.

Ouviu a maçaneta rugir e se apressou a girar o registro, rapidamente sentindo a água gelada cair sobre seu corpo. Virou-se para o lado contrário que o Jeon entraria, o que aconteceu após alguns segundos. Percebeu o outro chuveiro funcionar e desligou o seu, pronto para se ensaboar. Mas havia um problema: o objeto que precisa fica do lado contrário ao que estava. Em outras palavras, perto do mais velho. Mordeu o lábio inferior se segurando para não soltar um palavrão antes de reunir coragem para falar sem se virar.

Vergonha; também conhecida como Kim Mingyu.

Mentira. Mingyu é um verdadeiro cara de pau que adora torrar a paciência de seus hyungs, como um protótipo de Jihoon. Entretanto, com Wonwoo estava sendo um pouco diferente.

— Wonwoo hyung, eu preciso me ensaboar, me passa o sabonete? — pediu baixinho, colocando a mão direita sobre seu ombro com a palma para cima.

— Hm? Folgado.

Assim que iria perguntar o motivo da insinuação, sentiu mãos alheias tocar-lhe as costas com delicadeza, subindo e descendo pelo local, espalhando o liquido com cheiro adocicado. Teve seus braços separados, logo sendo cobertos por espuma que desciam pelo seu corpo e iam desaparecendo em direção ao ralo. Aquele era justamente o desejo de Mingyu: desaparecer. Seu rosto queimava de vergonha como nunca antes, seus batimentos aceleraram de forma anormal como se fossem saltar de seu peito. Suas pernas ficaram bambas e sentiu que iria desabar no chão a qualquer momento desde o instante que fora tocado.

— Vira ‘pra mim — ditou firme.

E assim Mingyu fez. Corado? Correto. Receoso? Positivo. Mas no fundo, bem no fundo, ou nem tanto, estava gostando? Bingo.

Novamente os dedos do outro lhe tocaram a pele, dessa vez em seu rosto, apertando e brincando com as bochechas do maior, este ficando ainda mais vermelho. Desceu para o peitoral e em seguida para o tórax, ensaboando ali. Wonwoo então se abaixou um pouco, alcançando as pernas do outro e soltando um riso abafado. Mingyu por sua vez nem percebeu, já que estava ocupado demais observando os desenhos de peixinhos no box, tentando não estragar o belíssimo momento pedindo para cessar o banho.

— Mingyu? — chamou sorrindo.

— Eu — respondeu sem encarar o mais velho.

Você está duro.

11 de Agosto de 2018 a las 01:53 0 Reporte Insertar 2
Leer el siguiente capítulo Primeira tentativa e puns de Jeon Wonwoo

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 3 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión

Historias relacionadas