Nossas mãos Seguir historia

yoonseok_never Yoon Seok

Yoonji e Hosook tem uma ligação forte, ninguém pode negar quando vê a troca de olhares entre as duas, os pequenos toques discretos com as pontas dos dedos ou até mesmo a forma em que ficam sempre perto uma da outra. A necessidade de estarem sempre juntas é o que mais chama atenção, principalmente quando são vistas de mãos dadas.


Fanfiction Bandas/Cantantes No para niños menores de 13.

#romance #colegial #sope #sobi #lesbico #sentimentos #estudantes #min-yoonji #jung-hosook #beijos #yoonseokfem #versão-yoonji
Cuento corto
1
4.5mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Tudo mudou por causa da atitude dela

É engraçado como surgiu a nossa amizade, para não dizer que foi meio sobrenatural. Já que não consigo me lembrar como começamos a conversar e principalmente a andar juntas. Sei que Jung Hosook era a menina nova no colégio e na minha turma, mas que surpreendeu a todos ao se apresentar animada e nada tímida.


Eu era só mais uma aluna qualquer do ensino médio, que não era incomodada por ninguém, invisível aos olhos dos outros. Saber que a aluna nova era a sensação na turma era algo bem insignificante e não mudaria muito a minha vida por isso.


Continue a agir como sempre, ia para o colégio escutar professores explicando a mesma coisa que havia passado no início do mês. Todo dia era tedioso, preferia ficar em casa comendo algo que minha mãe fez do que aqui, mas se eu quero um futuro tenho que enfrentar tudo isso.


Os dias foram se passando e a presença de Jung Hosook se tornou normal a todos na sala, mesmo que outros a tratam como se fosse visitante. Dias se transformaram em semanas e depois em meses - necessariamente dois meses, e quando me dei conta lá estava ela sentada do meu lado perguntando algo sobre a matéria que não havia entendido muito bem.


Eu só tive que explicar uma coisa aqui e ali, ela conseguiu compreender perfeitamente e não puxou mais assunto. Bom, pelo menos naquele dia porque uma semana depois lá estava ela do meu lado perguntando se havia entendido a fórmula que o professor explicará na aula.


Como um passe de mágica todos a nossa volta nos consideravam amigas por sempre nos vê conversando, mal sabia eles que só estava explicando uma parte da matéria que ela não havia entendido muito bem. Não tinha amizade ali, não conversávamos fora da sala de aula e por mais incrível que pareça não estava animada ou desejando uma amizade.


Mas com o tempo fui me acostumando com sua presença e passei a ser arrastada por ela para almoçar ou só vegetar no gramado do pátio, enquanto pegava um pouco de sol naquele outono. E foi dali que a nossa amizade cresceu (?) e talvez tenhamos nos tornado inseparáveis.


Hosook tinha uma forma espontânea e alegre de ver o mundo, como também de enxergar as pessoas. E talvez... Só talvez eu possa ter me encantado por isso é adquirido um sentimento não tão casto quanto o gostar de uma amizade. Por isso preferia manter em puro segredo, tudo era novo para mim, sensações e emoções nunca experimentadas antes. Porém não colocaria nossa amizade a perder por causa desse tolo sentimento que nascia em meu peito.


Por uma atitude sua nos meses seguintes tudo mudou. Muitos nos olham com curiosidade ou perdem o seu precioso tempo nos observando, não faço a menor ideia do porque disso tudo. Não faço ideia se você notou, Hosook, mas a verdade é que eu não me importo muito com isso, mesmo que seja algo extremamente desconfortável.


O que me importa é está perto de você, te ver sorrir e escutar suas várias histórias. Poder te observar de perto e ter o privilégio de poder entrelaçar nossas mãos, mesmo que durante o ato me sinta tímida e deixo meu cabelo esconder o meu rosto há um sorriso em meus lábios. Tenho certeza que você sabe disso.


Sinto os olhares de curiosidade, inveja e até de desgosto. Vários rapazes gostariam de está aqui no meu lugar e ter a oportunidade de se vangloriar por ter um namorada tão bela e gentil. Porém para a surpresa de todos e a minha, você me escolheu.


Negou o pedido de namoro de um rapaz do terceiro ano no meio do corredor perto da nossa sala, algo que chocou completamente muitos, pelo simples fato de ser o rapaz mais desejado por toda parte feminina do ensino médio e você simplesmente recusou na frente de todos. Sinceramente não esperava por essa resposta sua e muito menos a sua atitude ao seguir.


Meu coração já estava aos frangalhos com a declaração feita a Hosook, entretanto quando ele perguntou o porquê da recusa sua atitude não foi responder com palavras e sim com ato. Esse ato custou o meu primeiro beijo, acho que nunca havia me sentindo tão perdida como naquele momento, como também nunca me senti tão segura e desejada pela forma que me beijava.


No início foi um leve encostar de lábios, todavia Hosook não queria só isso e em segundos senti a ponta de sua língua encostando carinhosamente no meu lábio superior. Eu não sabia o que fazer, mas resolvi deixar que você me guiasse e foi exatamente isso que fez quando entreabriu lhe dando total acesso a minha boca.


O beijo era doce, porém firme e um pouco exigente. Quando o ato foi cessando com leves selares a única coisa que tinha certeza em tudo o que aconteceu ali era que... Alguns da nossa sala nos olhavam chocados, outros admirados e o rapaz que havia se declarado era pura raiva e frustração por saber de uma forma, talvez dura, que não tinha nada que ele pudesse fazer Jung Hosook nunca se sentiria atraída por ele.


Eu não sei por quanto tempo fiquei a encarando meio abobalhado e aérea, já que tudo foi rápido demais. Só consegui voltar a realidade quando senti sua mão afastar minha franja um pouco para o lado e sorrir abertamente para mim. Jung Hosook simplesmente brilhava a minha frente, como o verdadeiro sol que sempre foi.

A única coisa que consegui dizer olhando em seus olhos foi:


— Por que?


— Hm?


— O beijo. Por que me beijou?


— Porque eu estou cansada que venham se declarar para mim — deixou um suspiro de cansaço escapar de seus lábios finos e rosado, enquanto jogava uma parte do cabelo para trás.


Não dá para falar que sua resposta me pegou totalmente despreparada e me quebrou por dentro, por ter imaginado outro motivo para ter recebido o beijo, mas pelo visto era só para se livrar do incômodo rapaz.


— Mas também porque estou cansada se ser só sua amiga, sendo que o que sinto por você vai além da amizade. — revela ao pegar minha mão e entrelaçar os nossos dedos, fazendo com que eu voltasse a prestar atenção em seu rosto que estava novamente pouco centímetros dos meus. — Agora a pergunta é... Sou correspondida?


Pela primeira vez na vida não sabia diferenciar sonho de realidade e minha voz ficou presa na garganta. Não queria sair de jeito nenhum, a única coisa que saberia fazer é retribuir a intensidade do olhar que recebia de Hosook.


Atos falam mais que palavras e o leve aperto em nossas mãos, enquanto me esticava um pouco para para selar levemente seus lábios. Foi um encostar de segundos que resultou um enorme sorriso em seus lábios finos e um abraço apertado.

21 de Julio de 2018 a las 15:10 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Yoon Seok ❀¸。ʏᴏᴏɴsᴇᴏᴋ ʜᴀʀᴅ sʜɪᴘᴘᴇʀ¸。❀ 彡 ʏooňɢı!ɞoţţom sզuѧԀ 彡 һosєoҡ!ţop squad ♡ ¡หd¡ε кσяεคห ♡ ❖ ℓєiτσrα❀¸。{ⒻⒶⓃⓉⒶⓈⓂⒶ}❀¸。αρσsєηтα∂α ❖ ɑɱɑ ɛรcʀɛver ɳɑร ɦѳʀɑร ѵɑgɑ

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~