Não ouse voltar! Seguir historia

elloo Elloo Izy

Não se sabe ao certo como ou onde as individualidades surgiram, elas apenas começaram a aparecer no final da década de 70, mas não foi a única coisa que espantou a sociedade patriarcal, novos subgêneros também começaram a surgir. Por exemplo: o gênero ômega, que proporciona, o até então impossível; conceber a gravidez aos homens.


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#romance #gay #yaoi #lemon #comédia #boku-no-hero #Eijiro-Kirishima #midoriya-izuku #Bakugou-Katsuki #triângulo-amoroso
5
4920 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 10 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Prólogo

Não se sabe ao certo como ou onde as individualidades surgiram, elas apenas começaram a aparecer no final da década de 70, mas não foi a única coisa que espantou a sociedade patriarcal, novos subgêneros também começaram a surgir. Por exemplo: o gênero ômega, que proporciona, o até então impossível; conceber a gravidez aos homens.

De início, foram odiados e inúteis, como algumas pessoas falavam. Contudo, ao descobrir que esse subgênero poderia formar um ser com uma capacidade maior de poder, os ômegas começaram a serem bem vistos, aceitos e desejados por Betas. Aparentemente, o esperma do ômega em uma mulher beta causaria o mesmo efeito se o próprio estivesse grávido(a).

Os Alfas, os únicos que podem os engravidar,procuravam as famílias dos ômegas propondo matrimônio, assim fortalecendo os laços, os tornando uma só família e conseguindo herdeiros mais poderosos para se tornarem heróis melhores, eram o que eles diziam e pregavam na época.

No entanto, ao longo do tempo, casamentos arranjados pararam de serem realizados; ômegas, betas e alfas tinham suas próprias escolhas de como seguir a sua vida, porém, havia se criado um único tabu difícil de se tirar ao longo de toda era heróica. Ômegas, que antes de engravidarem eram heróis, deveriam deixar o trabalho se engravidassem.

Todavia, algumas pessoas não gostam desse tabu, chegando ao ponto de confrontá-lo com unhas e dentes.

22 de Julio de 2018 a las 01:25 0 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo Preciosidade

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 11 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión