lembrar de você Seguir historia

yourano moon bae

Hoje lembrei de você


Cuento Todo público. © Todos os direitos reservados a Yourano

#romance #drama #yourano #lembranças #amor #conto
Cuento corto
1
5071 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Único

Hoje me lembrei de você.

Lembrei-me de seus olhos, e do quão brilhante eles eram quando ainda me conheciam. Ainda posso me lembrar claramente do brilho deles e de como eu amava observar como as pintinhas escuras se misturavam com o tom de verde musgo - aquele verde que você nunca gostou.

Lembrei-me de seus lábios e de como eles se curvavam em um sorriso, assim, meio de lado quando me ouvia te elogiar.

Lembrei-me de como gostava de lhe elogiar. Tudo em você parecia ser digno de elogios para mim naquela época. Tudo que você fizesse, falasse, ou até mesmo seu modo de agir e reagir a certas coisas, pessoas, problemas.

Também me lembrei de seus problemas e do quão grandiosos e difíceis eles pareciam ser para você. Lembrei-me que você costumava me falar sobre eles, em detalhes, e de que gostava de ouvir o que eu tinha para dizer. Era bom saber que você gostava de me ouvir falar, era bom saber que você gostava dos meus conselhos.

Lembrei-me também que você costumava dizer que eles, seus problemas, não tinham solução, mas você e eu sabemos que eles sempre tiveram. A solução era tão óbvia e estava tão perto de você que parecia idiotisse não notá-la.

Mas você nunca notou.

Então hoje eu me pergunto. Me pergunto por você, sobre como você está e se conseguiu encontrar todas as respostas para todas as suas perguntas. Me pergunto se você conseguiu encontrar suas soluções. Me pergunto se você se pergunta sobre mim também.

Mas nós dois sabemos a resposta para esta última pergunta.

E não faz mal. Não é como se eu estivesse triste, de qualquer maneira.

Eu sempre tive perguntas sobre você, sempre tive dúvidas sobre nós, e sobre se algum dia já existiu um nós. Mas agora eu entendo. Não é como se eu tivesse dúvidas sobre você, eram todas dúvidas sobre mim. Sobre os meus próprios sonhos, medos, problema e soluções. Eu sempre achei soluções para você, sempre enxerguei suas soluções melhor que você mesma, mas nunca procurei pelas minhas.

Então, hoje eu lembrei de você.

Novamente.

E lembrar de você me fez lembrar sobre mim mesmo. Me fez lembrar quem eu era, me fez lembrar o que quero ser, me fez lembrar sobre minhas dúvidas, perguntas e soluções.

Lembrar de você me levou ao passado, me trouxe de volta um sorriso adolescente que há muito havia sido esquecido.

Lembrar de você me levou de volta ao dia ensolarado daquele domingo, quando em meio à abraços e olhos marejados, eu te deixei ir.

Te deixei ir porque achei que era o melhor a se fazer. Te deixei ir pois você era maior que eu, seus sonhos eram maiores que os meus, seus desejos se sobrepõem a mim. Sempre foi assim. Eu te deixei ir, principalmente, porque você quis ir. E eu não poderia impedir.

Lembrar de você me trouxe de volta a euforia de ser um adolescente apaixonado e atarefado, que por estar sempre com pressa não percebeu a garota sentada, assim derramando seu café na blusa preferida dela.

Lembrar de você me trouxe de volta as lágrimas, os sorrisos, as dores e os ardores do que significa estar apaixonado.

Lembrar de você me trouxe de volta as brigas, as duras palavras, as lágrimas não contidas.

Lembrar de você me fez feliz e triste, irritado e agradecido, inspirado e apaixonado novamente. Apaixonado pelas lembranças, apaixonado pelos sentimentos que há muito não sentia. Apaixonado por um eu que há muito não via.

Lembrar de você me fez inseguro novamente, me fez menino, me fez questionar e me fez entender muitas coisas que antes não conseguia. E em uma dessas vezes, eu estive me perguntando quem eu seria se nunca tivesse amado você.

Então, é por meio desta que digo que seria extremamente infeliz se nunca tivesse conhecido e amado você como um dia amei.

4 de Julio de 2018 a las 19:36 3 Reporte Insertar 5
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
Marchetti ! Marchetti !
Engraçado, foi como se eu tivesse escrito para um alguém em especial, ficou maravilhoso seu conto! bjs
19 de Septiembre de 2018 a las 11:58
Megawinsone Megawinsone Megawinsone Megawinsone
Adorei o seu conto, ele traduz muito bem a tristeza da saudade, de uma coisa que foi e não é mais. Lembranças que ficam vividas na memória. O texto é bem fluídico, com quase nenhum erro ortográfico, e prende bastante o leitor, o fazendo refletir sobre as coisas da vida.
25 de Agosto de 2018 a las 15:40
Karimy Karimy
A sensação que tive, do início ao fim, foi de que estivesse lendo algo endereçado a mim. Leve, simples e verdadeiro ao ponto de me fazer ver o brilho, a despedida e a falta. Gostei muito do conto! ;)
10 de Julio de 2018 a las 14:25
~

Historias relacionadas