Troca de óleo Seguir historia

queen_hyuna Baby Girl

Com o carro estragado no meio do trajeto, Zitao consegue um mecânico graças a ajuda de seu passageiro, ele só não esperava que aquele rapaz iria trocar mais do que o óleo de seu carro.


Fanfiction No para niños menores de 13.

#sehun #zitao #taohun #exo
Cuento corto
6
5.0mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único

[19/03 17:58] Huang Zitao: Olá Jongin, já estou a caminho.

[19/03 17:59] Kim Jongin: Hey!!! Estou na frente do prédio, não passe reto como da última vez kkkk

As aulas de mandarim que lecionava em uma das faculdades da cidade já não sustentavam a si e a irmã adolescente que terminava de criar – maldito momento onde aceitou a peste intercambista em sua casa. Vendo as coisas apertarem e o bolso chorar todo começo de mês, Zitao resolveu que era hora de buscar uma renda extra e aproveitando o crescimento da empresa Uber, resolveu entrar em contato para tornar-se um de seus motoristas.

Por sua simpatia e jeito divertido de ser, Tao logo conseguiu uma boa rede de contatos e passageiros que sempre lhe contatavam quando precisavam, um deles era Kim Jongin. O acadêmico de dança boa pinta acabou se tornando um grande amigo, mesmo que as vezes Zitao passasse reto do local onde estava por conta de sua localização mal arrumada.

- Pensei que ia me deixar dessa vez Tao. – Jongin disse rindo ao entrar diretamente no banco do carona.

- Se você arrumasse a porcaria da sua localização nada disso teria acontecido. – Tao já tomava o caminho até a universidade do rapaz, enquanto mantinham uma conversa sobre dia a dia.

- Isso é fumaça? – poucos minutos Jongin pareceu se assustar com alguma coisa.

- Onde? – e ao encarar diretamente o capô do carro, Tao gelou por inteiro. – Puta que pariu, não acredito nisso.

Antes que o carro apagasse, o chinês encostou o veículo e desceu juntamente com Jongin para abrir o capô e ver o que estava acontecendo – não que algum dos dois entendesse muito sobre carros.

- Jongin você sabe o que tá acontecendo? Porque eu não faço a menos ideia. –Tao analisava aquela fumaceira mesmo sem saber o que deveria fazer.

- Deve ser o óleo né? Eu não entendo muita coisa sobre carros, mas meu amigo é mecânico, se quiser eu ligo pra ele e rapidinho ele cola aqui. – Jongin pegou o telefone e começou a procurar o número que precisavam.

- Quero sim, meu bebê não pode estragar Jongin.

Após um ligação cheia de explicações mal feitas – afinal nenhum dos dois sabia o que estava acontecendo realmente -, uma corrida cancelada e um novo Uber chegando para terminar o trajeto de Jongin, o mecânico chegou.

- Eaí, como estão as coisas por aqui. – a voz melodiosa do rapaz que aparentava ter a mesma idade de Jongin, arrepiou todo o corpinho sensível de Zitao, qual é, fazia tempo que ele não tinha algum rolinho.

- Péssimas, Jongin percebeu a fumaça e quando fomos abrir o capô quase morremos intoxicados.

Sehun se apoiou no capô e começou a analisar o que estava acontecendo ali, foi até seu carro e fez algumas ligações, logo voltando a atenças para Tao.

- Essa fumaça toda provavelmente foi por conta da queima de óleo, vou precisar levar seu carro para a oficina e desmontar o motor pra ver o por quê de estar queimando. O guincho logo chega para buscá-lo.

Conversa vai, conversa vem e Zitao acabou ganhando uma carona do mecânico bonitão. O guincho vinha logo atrás, carregando seu carrinho até a oficina, onde acertariam os custos da viagem.

Tao não podia evitar os olhares que lançava ao mecânico, ele era a personificação de seus desejos mais ocultos, era difícil resistir a um cara sujo de graxa, alto pra caralho e usando aqueles macacões enormes que ficavam extremamente sexy’s. Qual é, o chinês tinha um fraco para caras que exalavam testosterona e suavam pra caralho.

Assim que chegaram na oficina e o guincho descarregou o carro lá dentro, Tao entrou num dilema: como voltaria para casa? Claro que ele podia muito bem pedir outro Uber ou até mesmo um táxi, porém o que custava fazer um charminho para
Sehun? Exatamente, nada. E como se lesse seu pensamento, a voz melodiosa de Sehun ecoou naquela garagem e deixou Zitao cheio de expectativas.

- Se puder esperar um pouco Zitao, posso te levar para casa e quem sabe podemos trocar mais do que o óleo do seu carro. – um sorriso cafajeste se fez presente na face do mecânico e Tao sentiu uma onda de calor percorrer seu corpo.

Afinal quem era ele para negar uma carona e uma troca de óleo?

29 de Junio de 2018 a las 00:42 0 Reporte Insertar 2
Fin

Conoce al autor

Baby Girl Uma aspirante a escritora, que morre de vergonha sempre que escreve algo mais "quente", mas está sempre lendo sobre. Me chamo Janaína e sejam muito bem-vindxs ao meu mundinho!

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~