Engano Seguir historia

-avallon Avallon Jae

{ChanBaek | PWP} Baekhyun só queria o tal beijo grego, enviando mensagens para pessoa errado o conseguiu.


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18.

#pwp #yaoi #lemon #chanbaek #exo
9
5.0mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Amor, me...

Baekhyun estava deitado em sua cama, com a bunda empinada enquanto Chanyeol se mantinha entre suas pernas, chupando a entrada do pequeno que só sabia gemer e rebolar no rosto do maior, como se nada mais importasse.


— Isso Channie. Continua. – pediu manhoso, não entendendo como podia gostar tanto quando o maior lhe dava o tal beijo grego, nem parecia algo tão bom assim, mas quando Chanyeol estava lhe chupando... O pequeno ia às alturas.


E pensar que foi tudo um engano.


TRÊS MESES ANTES

"Amor, me chupa?"


Perguntou Baekhyun receoso, mordendo os lábios, já sabia a resposta, Jongin não gostava de fazer sexo oral.


"Chupo. Tudo que você quiser."

Respondeu seu namorado, deixando Baekhyun confuso com aquela resposta.

"Sério? Sério mesmo, meu cu? Você me chupa?"

"Só de imaginar seu cuzinho na minha boca eu fiquei duro, Baekhyun. Vem sentar na minha cara, vem"

"Você está me zoando, jamais me chuparia, ainda mais me dizendo essas coisas"

"Baekhyun, traz esse rabo gostoso aqui pra casa e senta na minha cara que eu vou te chupar todinho"


Baekhyun não contestou outra vez, já estava duro só de imaginar seu namorado chupando seu corpinho e depois lhe fodendo como se não houvesse amanhã.


O Byun colocou o celular do bolso e pegou seu carro na garagem, chegando a casa de Jongin em menos de 15 minutos, mas não foi seu namorado quem abriu a porta.


Um rapaz alto, sem camisa lhe olhava com um sorriso sapeca e deu espaço para que Baekhyun entrasse na casa.


— Cadê o Jongin?


— Não faço ideia.


— Mas as mensagens... Eu sabia que estava me zoando. – suspirou.


— Foi eu quem mandei as mensagens, sou o irmão do Jongin e não acredito que ele não te chupa, que otário. Essa bunda pede um carinho.

Baekhyun sentiu as bochechas vermelhas com o olhar lascivo do outro.


— Então... Eu sou o namorado do seu irmão não deveria falar essas coisas.


— Eu não ligo, eu te mandei a mensagem com uma promessa, chupar seu cu, vamos para o meu quarto.


— Não! Ta doido. – falou mais alto – Não posso dar pra você.


— Não falei nada sobre te comer, eu falei dente chupar. Vamos, você vai gostar.


O pequeno respirou fundo, não queria trair seu namorado, mas ele gostava de carinhos e outras coisas que não fosse só o sexo papai e mamãe para Jongin gozar.


Acabou seguindo Chanyeol até o quarto, onde o maior tirou a calça de moletom, mostrando o pênis duro.


— Pensei que não fosse me comer.


— É só pra dar um incentivo e você ficar peladinho pra mim.


Baekhyun mordeu os lábios e tirou a roupa, deitando na cama de bruços e com a bunda um tanto empinada na direção de Chanyeol, exatamente como o outro queria.


O Park não perdia tempo, sabia que Baekhyun estava com Jongin a tempo demais. E pior, seu irmão tinha roubado sua chance de ter o Byun, então nada mais justo do que os dois estarem juntos naquele momento.


Chanyeol começou com beijos lentos na linha da coluna, descendo em direção às nádegas, as separando logo e seguida, vendo a entrada se contraindo, não aguentou muito e começou a chupar ali, apertando a bunda gostosa do Byun e lambendo como pequeno merecia.


— Ahn... Isso é bom demais. – disse não conseguindo parar de rebolar no rosto do maior e apertar os lençóis.


— Vou dar tudo que você merece, amor. – Chanyeol acariciou as coxas roliças e continuou chupando a entradinha do outro – Diz que deixa eu te comer, diz.


Pediu manhoso, voltando com os beijos para a nuca de Baekhyun e esse não resistiu e disse sim.


Chanyeol não esperou mais um segundo para entrar no menor, que gemeu alto e quase bateu no Park por não tê-lo preparado como devia. Mas o ódio passou rápido quando as estocadas brutas começaram e Baekhyun só conseguia gemer mais e mais.


— Ahn, caramba, porque não me comeu antes? – perguntou inebriado com o prazer


— Porque meu irmão te roubou de mim, você deveria ser meu, Byun.


Dito isso o Park virou Baekhyun de frente para si, tomando os lábios com quase desespero e logo voltando a lhe estocar.


Não conseguiram passar a tarde longe daquela cama, transando de um jeito que nenhum dos dois tinham feito antes, matando uma saudade que nem sabiam que existia.


ATUALMENTE


— Eu vou gozar. – avisou Chanyeol, logo gozando na boca do atual namorado.


— Vamos fazer isso mais vezes, você é lindo se contorcendo de prazer. – disse o maior, beijando a barriga, peito e pescoço do seu amado.


— Você foi o melhor engano da minha vida, se eu não tivesse mandado aquelas mensagens para você, eu estaria sendo chifrado pelo Jongin agora. – disse lembrando do ex-namorado já ter outro dois dias depois.


— Eu sei, você gostou de ser chupado por mim.– disse convencido e selou os lábios aos do namorado.


— Você é o melhor nisso, meu gostoso. Então... Faz de novo. – pediu sacana, sabendo que aquela noite estava longe de acabar.

26 de Junio de 2018 a las 17:58 0 Reporte Insertar 2
Leer el siguiente capítulo EXTRA

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 2 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión