Sufoco Seguir historia

misayama Misayama

Sinto que há algo preso em minha garganta, o peso em meu peito me atormenta.


Cuento Todo público.
Cuento corto
0
4667 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Alicia

Sufoco é aquela falta de ar que vem do nada, é a aglomeração de pessoas a sua volta que faz você se sentir tão pequena e o pouco ar que lhe resta sendo roubado. O incomodo que reveste o seu corpo inteiro, que queima sua pele, arranha e deixa feridas em seu interior. Não lembro quanto tempo faz que não saio na rua, não lembro da última vez que conversei com alguém, o que é engraçado, pois sinto que havia conversado com alguém semana passada. Ou talvez só fora impressão porque eu não sair de casa naquela semana também. Estou impedida de sair do casulo que eu mesma criei para me proteger do grande sufoco que a vida é. Não quero desistir de tudo, mas ao mesmo tempo quero. 


- Alicia - a voz abafada por conta da porta que era um grande obstáculo naquele tipo de comunicação. - Vocês precisa sair desse quarto, há uma vida para ser aproveitada! 


Sim, eu sei que há! Mas não agora, não agora que sinto que estou tão perdida. O meu quarto é meu refúgio.. 


- Alicia, por favor... - a voz esganiçada era carregada por um profunda tristeza - Pelo menos faça o favor de me responder.


Não consigo, desculpe. Um grande pedregulho em minha garganta me impede de tirar suas preocupações. 


- Alicia... 


Desculpe, meu velho amigo.

13 de Junio de 2018 a las 21:56 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Misayama É preciso ter um caos dentro de si para dar à luz uma estrela cintilante. - Friedrich Nietzsche

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~