3
4.7mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Bem-Vindos


Esse é o meu diário

Que vou compartilhar com vocês , minha vida todinha não tem muita coisa , por motivos que sou como posso dizer...eu sou isolado completamente sem nenhum amigo,minhas únicas companhias são meu celular e minha cama junto com eles formamos o trio inseparável.

Minha mãe sempre reclama que eu fico tempo de mais no quarto,pois segundo ela meninos da minha idade deviam sair,se divertir e namorar e não ficar em casa sem fazer nada.

 Já tentei manter um diálogo civilizado com ela mas a mesma não me escuta,em tão tomei uma decisão muito difícil que é ignorar quando ela vem com o seu discurso de "o que meninos da sua idade tem que fazer " de tanto que ela falou já memorizei tudo.

Escuto leves batidas na porta do meu quarto deve ser minha mãe vindo reclamar de alguma coisa.

"pode abrir "digo,vendo ela entrar e parar perto da cama me olhando um pouco feliz?o que tá acontecendo?

"filho,tem alguém lá em baixo que quer falar com você!!" quem será?

"quem é?"

"eu não conheço,você nunca trouxe seus amigos aqui " amigos esses que não tenho "se aprece ele está te esperando,vou no mercado e na volta vou passar na casa de uma amiga.Vou demorar fiz lasanha tá no forno "

"eu quero chocolate "digo antes dela fechar a porta , levanto da cama vou até o espelho passo a mão no cabelo que tá bagunçado. Só faço isso não sou obrigado a ficar apresentável para uma pessoa que não conheço.

Saio do quarto e ando em passos pequenos,sem disposição para andar rápido gasta muita energia.

"Quem é você?como sabe onde eu moro?se veio para me sequestrar eu tenho um taco de beisebol bem ali "aponto para o lugar a onde se encontra o taco,ele me olha e começa a rir gargalhar de mim,de mim? "não entendi o motivo de você está rindo de mim seu...seu...estranho " sério baek isso é o melhor que pode dizer?

"Baekhyun você continuao mesmo,fico feliz por isso,respondendo suas perguntas eu sou d.o kyungsoo sou seu vizinho por isso sei onde você mora,como esperado você não lembra de mim ou se esforço para apagar minha existência da sua vida " olho para ele atentamente cada movimento

"olha aqui seu estranho quero que saia da minha casa agora,não te conheço e nem quero conhecer "aponto para a saida ele nem se mexe

"não quero ir agora,fiquei com muita saudade sua quero aproveitar " ele só pode tá de brincadeira com minha cara,o que eu fiz para merecer isso? sempre fui um bom garoto nessa merda de vida intediante .

Sento no sofá e começo a chorar com raiva de tudo,até da minha própria existência que não serve para nada,só atrapalha.

Ficamos um bom tempo em silêncio,já tava incomodado ele nem ligava só ficou assistindo na MINHA TV,sim sou muito possessivo com as minhas coisas.

"como vai a escola?" am?não vou responder não sou obrigado

"uma merda,tudo lá me irrita só fico feliz quando estou do lado de fora " falo sem emoção "posso saber de onde te conheço?"

"sim,eu era seu melhor amigo o único alias.Nos sempre brincavamos juntos no parquinho" não consigo me lembrar disso mesmo que eu force a minha memória "tive que me mudar para China,você ficou muito triste chorou horrores,acho que você ficou tão magoado que esqueceu que um dia eu fiz parte da sua vida "

10 de Junio de 2018 a las 15:36 0 Reporte Insertar 1
Leer el siguiente capítulo Isso não é um capítulo!!

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 1 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión

Historias relacionadas