Quem é o pai desse bebê? Seguir historia

megawinsone Megan W. Logan

Bra cansada de ser chamada de santa, resolve extravasar, dorme com 4 conhecidos. Algo inesperadamente acontece e ela descobre que está grávida e não sabe quem é o pai de seu bebê. Vegeta fica furioso e resolve investigar quem seria os homens que sua filha se relacionou. O que ele fará quando descobrir?


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#harem #mistério #suspense #comédia #romance #drama #universo-alternativo #hentai #goku #goten #Gohan #whis #vegeta #Bra
4
5.6k VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

A Revelação do segredo!

-


Bra tinha recém completado 23 anos, era considerada muito bonita, inteligente e dedicada ao seu trabalho como diretora administrativa da corporação cápsula. Sua mãe a achava muito séria e tímida, só que Bulma não imaginava o que a filha estava aprontando nas sombras. Em contrapartida Vegeta tinha certeza que algo estava errado com sua princesinha, não deixou de notar que ultimamente ela andava muito distraída e sorrindo pelos cantos.


Santa Bra não era, porém insistia em ser reservada. Cansada de ter namoros tão sem graça, que a deixavam muitas vezes decepcionada, decidiu inovar. Resolveu seduzir e dormir com os caras mais fortes que conhecia, mesmo que tivesse alguma conseqüência mais tarde, sentia-se bem com seu poder de sedução. A única coisa que tinha receio era de seu pai quando descobrisse, se é que um dia algo poderia ser revelado.


Já fazia três meses que estava tendo encontros casuais com os escolhidos da sua lista secreta que tinha quatro nomes. Seus dois primeiros alvos tinham pegada, a saciaram por alguns dias, até ela enjoar e passar para os dois últimos nomes de sua lista, que foram os caras que mais teve dificuldade de seduzir e convencer a dormir com ela, porém o esforço valeu apena, eles eram insaciáveis e não a deixavam enjoar. Acabou muito dividida, mas não podia levar aqueles casos para frente, pois estava se arriscando demais, um dia seu pai quase a pegou com um de seus amantes no quarto.


Foi numa manhã de primavera que Bra temeu pelo seu segredo bem guardado que pelo jeito estava com os dias contados. Atualmente a meio sayajin tinha se afastado de seus supostos namorados, porém algo inesperado aconteceu e a deixou muito preocupada. A moça ficou a manhã toda se reaprendendo por ter sido tão descuidada, suspeitava que estava grávida, porém só teria certeza quando fosse pegar seus exames no laboratório na parte da tarde, e o pior era que não sabia quem poderia ser o pai do bebê.


Bra encontrava-se em sua sala na corporação cápsula lendo alguns relatórios sobre os lucros e vendas mensais da empresa, quando de repente olhou no relógio de pulso e viu que se aproximava da hora do almoço. Levantou-se de sua escrivaninha e seguiu pra fora do escritório, caminhando até o recinto onde seu irmão estava.


- Trunks... vamos almoçar? – Pediu a moça de cabelos turquesa.


- Sim, vamos! Quer comer no restaurante que abriu aqui perto? – Indagou o empresário seguindo a irmã, que andava ligeiramente pelo corredor.


- Que tipo de comida serve lá? – Perguntou curiosa.


- Comida italiana!


- Eu adoro lasanha, macarrão, nhoque e risoto! Já estou até com água na boca só de pensar – Confessou empolgada a filha de Bulma entrando no elevador com o rapaz.


- Fiquei sabendo que você não estava passando muito bem hoje cedo, sua secretária comentou com a minha – Revelou preocupado.


- Não sei, acho que comi algo que não me fez bem ontem, misturei muita comida – A moça de madeixas azuladas mentiu descaradamente e seu irmão fingiu que acreditou.


O restaurante italiano era próximo da empresa, Bra e Trunks caminharam apenas duas quadras até chegarem lá, logo que colocaram o pé no dito lugar, encontraram Pan, Videl e Gohan numa mesa comendo. A reação da moça de madeixas turquesa ao enxergar o filho de Goku não passou despercebida. Ela fez uma careta de desgostoso, que fez o irmão levantar uma sobrancelha tentando juntar as peças, do que estava errado.


- O que foi Bra? Algo errado? – Questionou o empresário.


- Nada não, acabei de lembrar que esqueci de salvar o documento que estava digitando no meu note, mas tudo bem, acho que não vai acontecer nada – Mentiu mais uma vez de forma esfarrapada.


- A Pan e os pais dela estão aqui, vamos nos sentar numa mesa próxima a eles – Sugeriu o meio sayajin.


Bra resolveu não protestar, pois poderia chamar atenção, então seguiu até uma mesa próxima ao filho de Goku e sua família. Quando chegaram lá, Gohan a olhou como se tivesse visto um fantasma e imediatamente ficou nervoso, deixando Videl notar que algo estava errado, porém não sabia o que.


- Olá! – Cumprimentou Trunks fazendo sua namorada se levantar para vir abraçá-lo e beijá-lo.


- Que surpresa Trunks! – Sorriu Pan feliz.


De forma educada Bra também cumprimentou a todos e logo se sentou pedindo o que queria comer. Os olhos de Gohan não saiam de cima dela, isso a incomodava, porém ela era a culpada. Resolveu ignorar o olhar dele. Como se a situação não fosse difícil e constrangedora o suficiente, Goten adentrou no restaurante acompanhado de uma loira, isso a fez suspirar exasperada, não sabia o que iria fazer se mais algum de seus amantes resolvesse comer ali, tinha certeza que iria enfartar.


- Bra querida você está bem? Ficou pálida de repente – Falou Videl observando a garota.


- Não foi nada Videl! Só estou com fome, deve ser minha pressão que baixou.


- Olha lá o Goten! Chama ele e a namorada para sentarem conosco Gohan! – Ordenou a filha de Mr. Satan.


- Acho melhor deixar eles! – Retrucou o moreno terminando de comer.


- Papai está certo! É melhor deixar o tio Goten sozinho com suas conquistas – Anuiu Pan.


Mentalmente, a filha de Vegeta agradeceu Gohan, por não ter chamado o irmão. Bra comeu o mais rápido que podia para sair daquele lugar, deixando Trunks para trás, que ficou admirado com a ligeireza que a irmã ingeriu o alimento. Já satisfeita a moça de madeixas azuis se levantou da mesa, se despediu de todos, foi no caixa pagou sua despesa e saiu do restaurante.


A tarde naquele dia passou rápida, até chegar no horário que Bra precisava ir ao laboratório pegar o exame. Chegando à clinica médica, a herdeira dos Briefs se dirigiu a recepção onde pegava os exames, e foi recepcionada com um sorriso pela moça ruiva, que lhe entregou um envelope branco. Sem hesitar, a meio sayajin olhou o resultado e ficou estática, não acreditava no que estava lendo, sim, seria mãe, o problema maior não se resumiu a isso, mas sim quem era o pai do bebê. Contaria a sua família sobre o seu estado mais a noite, após o jantar, já imaginava a reação de seu pai.


A moça de madeixas turquesa não demorou a chegar em casa, onde estacionou o carro no pátio. Rapidamente ingressou no interior da moradia e foi direto para o banheiro tomar um banho longo de banheira, pois estava tensa.


À hora da janta não tardou a chegar, Bulma daquela vez mandou a cozinheira fazer carne assada, batata frita, arroz e macarrão a bolonhesa em grandes quantidades, pois conhecia a fome do pessoal. Os primeiros a chegar à cozinha foram Bra e Vegeta, esse se sentou observando a filha e de imediato notou que tinha algo de errado com ela. Trunks foi o último a se acomodar na cadeira, seguido de sua mãe que estava colocando os alimentos na mesa.


O silêncio reinou no local até todos terminarem de comer, Bra observou tudo muito tensa, à hora de contar sobre sua gravidez tinha chegado.


- Preciso comunicar algo! Não sei se vocês vão gostar – Falou temerosa a garota, fazendo todos ali presentes a encararem com curiosidade.


- Fale filha! Não tenha medo... – Murmurou Bulma com um meio sorriso.


- Eu estou grávida! – Revelou a meio sayajin, notando o ki de seu pai aumentar de forma rápida, seu rosto demonstrava fúria e apreensão.


- QUEM FOI O DESGRAÇADO QUE TE ENGRAVIDOU? – Gritou o príncipe dos sayajis furioso, ao mesmo tempo em que se levantava.


- Calma Vegeta! Você está assustando ela – Murmurou a cientista se aproximando da filha e a abraçando.


- CALMA? EU QUERO SABER O NOME DO INFELIZ! – Silvou muito irritado.


- Eu não sei quem é o pai da criança – Respondeu a garota envergonhada.


- Mais pelo menos sabe o nome dos caras com quem dormiu não é irmãzinha? – Inquiriu Trunks muito sério.


- Lógico que sei, mas não posso falar os nomes deles, não sei se seria uma boa idéia – Retrucou com a voz embargada.


- Filha, então o que nos resta a fazer é esperar o bebê nascer e fazer exame de DNA dos supostos pais – Sussurrou Bulma, deixando Vegeta muito irritado.


- Dormiu com quantos hein? 2 ou 3? – Questionou exasperado o príncipe dos sayajins.


- Na realidade foram 4 – Confessou contrariada, deixando todos os que estavam no recinto boquiabertos – Não me arrependo de ter dormido com nenhum deles, sou maior de idade, solteira e desimpedida.


- Mas filha você devia ter se precavido!


- Eu sei mãe, nesse quesito fui irresponsável – Choramingou a moça de cabelo turquesa.


- Escute bem Bra, eu não vou deixar isso barato, vou descobrir quem são seus amantes e quando eu souber, eles vão se ver comigo, um por um – Ameaçou Vegeta saindo da cozinha com cara de poucos amigos.


Naquela noite a jovem de cabeleira azulada não dormiu direito, pois estava muito preocupada, seria uma tragédia quando seu pai descobrisse quem eram os homens com quem se envolveu. Precisava destruir o que tinha escrito a respeito deles no seu diário, faria isso quando acordasse no outro dia.


Na manhã seguinte, Bra se arrumou apressadamente, para ir tomar o café da manhã, mas antes retirou uma folha de seu diário, onde estavam anotadas algumas coisas a respeito dos caras com quem dormiu. Porém como andava um pouco distraída a jovem esqueceu a folha em cima de sua cama.


Após Bra, Bulma e Trunks saírem de casa, Vegeta resolveu ir até o dormitório de sua filha, ver se encontrava algo que lhe indicasse quem eram os indivíduos que dormiram com sua princesinha. Ao abrir a porta, de imediato avistou em cima da cama uma folha escrita, aproximou-se e a pegou na mão, ao começar a ler, estreitou os olhos.

---------------------------------------------------------------------------------------

Querido diário, eu acho que estou ficando louca, resolvi me aventurar. Irei seduzir os quatro homens mais fortes que conheço, vou levá-los para cama. Eles são lindos, pena que se meu pai descobrir o que vou fazer, ele vai ficar decepcionado comigo. Cansei de todo mundo achar que sou santinha, até minha mãe acha que sou tímida demais, não agüento carregar essa imagem, mostrarei a todos como também sei seduzir e ser sexy.


2 semanas se passaram, e finalmente achei o ponto fraco do meu primeiro alvo, ele parece distraído e inocente, mas caro diário, ele não é não. O G. é quente, aqueles músculos me apertando me levaram ao céu, na cama ele é um deus, não sei se a companheira dele consegue dar conta.


Meu segundo alvo foi o mais fácil, ele se achava o rei do sexo, porém não achei isso tudo, ele era muito apressado. O G. tem muito a aprender com o pai dele.


Meu terceiro alvo foi o mais difícil, ele não se deixava seduzir por nada. O G. realmente é muito inteligente, conservador e fiel a esposa dele. Até agora não sei como consegui seduzi-lo, ele é um vulcão na cama, insaciável, sabe como agradar uma mulher.


Meu último alvo, bem, o que posso dizer... ele não é do planeta terra, mas mesmo assim W. não se escapou de mim. Admito que esse dentre os 4 foi o pior para levar para cama, ele me resistiu, porém encontrei seu ponto fraco e também transei com ele. W. é um furacão na cama, cuidadoso, sedutor, insaciável, conhece como ninguém o corpo de uma mulher, ele me agrada. Um dia meu pai quase me pegou com ele, fomos descuidados.

-----------------------------------------------------------------------------------------

Vegeta bufou e estufou quase teve um infarto, ao deduzir os prováveis nomes que sua filha escondia. Iria interrogar um por um, iria começar com Kakaroto, mais conhecido como Goku.


-

Continua

4 de Junio de 2018 a las 17:30 2 Reporte Insertar 3
Leer el siguiente capítulo Eu sei o que você fez!

Comenta algo

Publica!
Lolita Briefs Lolita Briefs
Uouu! Que babado mina! Por essa eu não esperava, já to imaginando quem é esses carinhas, quero ver o Vegeta dar uma sova no Kaka! Continue que tá bem maneiro.
4 de Junio de 2018 a las 14:12

  • Megan W. Logan Megan W. Logan
    Obrigado pelo seu comentário, fico feliz que você gostou! Pois é, o Vegeta tá obcecado em dar uma coça no Goku,kkkkkk! Vamos ver o que ele vai aprontar. Beijos! 8 de Junio de 2018 a las 20:57
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 4 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión