Lucca Seguir historia

littlefatpanda Josi (littlefatpanda)

Lucca fora encontrado em estado deplorável, envolto por uma peculiaridade gritante, na casa onde Nathan crescera. Incapazes de sacar-lhe as informações necessárias para descobrir o porquê do garoto não possuir sequer uma identidade, uma equipe criminal investiga seu caso com afinco. No entanto, a única coisa que parece importar para o garoto não é resolução do mistério que o cerca, mas sua ligação inexplicável para com Nathaniel.


LGBT+ No para niños menores de 13.

#romance #suspense #drama #mistério #policial #lgbt #investigação
26
5776 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Todos los sábados
tiempo de lectura
AA Compartir

Prólogo

2017

Nathaniel teve que ficar até o fim de seu turno no hospital, saindo porta afora deste logo após às nove horas da noite. Apesar de gostar da ideia de possuir livre arbítrio, continuava sendo apenas um residente no hospital, tendo obrigações e um chefe com pulmões e cordas vocais muito saudáveis.

Depois de dirigir através da cidade barulhenta, subia os degraus de seu prédio com uma lentidão memorável. Suspirou uma, duas, três vezes. Não queria voltar para seu apartamento vazio, apesar de passar todo o último turno desejando estar em sua cama, encarando o teto como costuma fazer quando está agitado psicologicamente. Abriu a porta, jogou as chaves no balcão ao lado desta, tirou os sapatos e encostou as costas na parede. Estava exausto, mas não o suficiente para deitar, fechar os olhos e dormir. Não se deu ao trabalho de ligar as luzes, ficando em silêncio na pequena sala de estar de seu bagunçado apartamento. Exceto que, desta vez, não estava sozinho.

Franziu o cenho ao ouvir um pequeno ruído vindo de seu quarto, caminhando lentamente até ele sem ao menos pensar em pegar algo para se defender, caso se tratasse de um assaltante.

Assim que chegou na porta, varreu o quarto com os olhos, estes já acostumados com o escuro. Parou-os assim que percebeu uma sombra ao lado de sua janela. O coração, que retumbava em seus ouvidos devido ao susto, bateu ainda mais forte quando reconheceu a figura que escorava-se na parede ao lado da janela. Toda a exaustão que sentia se esvaíra em um piscar de olhos. Sentia alívio ao vê-lo mais uma vez, mesmo apenas com as luzes da cidade que piscavam através da janela e repercutiam no rosto do mais jovem.

Nem ao menos se incomodou em decifrar como o garoto entrara em seu apartamento ou sequer se importou com a estranheza da situação. Já sabia que estranheza era a palavra adequada à pessoa que lhe encarava. Não mais era incômoda, era acolhedora. Porque se tratava dele.

Um minuto ainda não houvera se passado após Nathan entrar no quarto quando deu um passo em frente, hesitante. Então, como se recém encontrasse a própria voz, sussurrou:

— Lucca? 

26 de Abril de 2018 a las 01:32 0 Reporte Insertar 6
Leer el siguiente capítulo I. Lar Doce Lar

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 31 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión