Love under skates Seguir historia

hinakura Isabela Ehlert

Oimpíadas de inverno... essas palavras formavam o grande sonho de Sakura. Desde que se conhece, Sakura Haruno é apaixonada por patinação. Descobriu seu talento e amor ainda cedo e desde então as pistas de gelo eram seus lugares favoritos. Mas, uma notícia pode mudar tudo. Tudo. Agora, Sakura teria que viver conviver com a nova realidade que lhe era apresentada e mesmo quase desistindo, sabia que ele estaria ali e isso era revigorante.


Fanfiction Anime/Manga No para niños menores de 13.

#sakura #sasuke #patinação #sasusaku #fanfics #naruto
2
4.8mil VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 15 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo I

   Respirou fundo e encarou a pista, antes de começar sua apresentação. A música suave que tocava ao fundo no intuito de a deixar mais relaxada estava funcionando.


   O barulho da lâmina de aço no gelo havia marcado o início de sua apresentação.


  Começou com um salto simples, finalizando com a perna direita sobre a pista e em uma posição impecável continuou seus passos cuidadosamente elaborados.


     Estava com um lindo sorriso no rosto. Os olhos verdes brilhavam enquanto finalizava o ensaio com uma pirueta, rodando entre si diversas vezes. Porém, algo a fez se desconcentrar e ela caiu na dura pista de gelo.


     O namorado, que assistia tudo com um meio sorriso, assustou-se com a repentina caida.


    Saiu das arquibancadas rapidamente e mesmo podendo cair e levar um belo tombo, correu até a jovem.


- Sakura - ele chegou perto da mesma, ajudando a se levantar enquanto a mesma estampava uma expressão emburrada - o que houve? Você escorregou?


- Eu… não sei Sasuke. - ela olhou em seus olhos negros - algo me desconcentrou e eu cai.


     Os fios negros de Sasuke atrapalharam sua visão, apenas os tirou do rosto enquanto ajudava sua namorada a sair da pista.


      Ela não estava contente. As olimpíadas de inverno estava ali, a sua porta e ela deixou-se cair em um passo relativamente tão simples. Como pode ser tão descuidada?


   Sentou-se nas arquibancadas de madeira e começou a colocar seu tênis, enquanto tirava seus patins.

 

- Os resultados dos exames que foi pedido ficarão prontos hoje. - ela comentou aérea

.

- Quer que eu te dê uma carona até o laboratório?


- Não precisa, a dona Mebuki está vindo para irmos juntas. - era incrível como sua mãe ainda a acompanhava em tudo, mesmo já tendo 21 anos.


    Terminou de colocar o calçado e pegou os patins. Entrelaçou sua mão na de Sasuke e foram até a porta do ginásio.


    Viu o carro de sua mãe dobrar a esquina e deu um selinho em seu namorado.


- A gente se vê mais tarde. - ela sorriu.


- Ok. - deu um beijo na sua testa antes de ir ao estacionamento e pegar sua moto.


     Ouviu a buzina do carro de sua mãe e já foi até a porta do carona, o abrindo.


- Oi mãe. - deu um beijo na bochecha de Mebuki e colocou o cinto, vendo Sasuke sair pelo estacionamento na moto.


- Olá filha - a loira dos olhos verdes a cumprimentou antes de dar partida no carro. - nervosa para as olimpíadas?


- Não muito, estou com receio de errar o passo, só isso. - Sakura deu de ombros.


- Isso não vai acontecer querida, você vai fazer uma boa apresentação, como sempre. - piscou para ela.


- Espero…


                                   *

    As lágrimas em seu rosto caiam grossas e sem alguma trégua. As mãos trêmulas seguravam o resultado dos exames e antes que alguém pudesse falar algo, saiu dali.


       O clima estava tenso e ela não queria nenhum tipo de pena vindo da parte de ninguém.


     Sua mãe correu atrás dela que já se encontrava na frente do carro.


- Sakura…


- Eu não quero falar nada, tá bom? - ela limpa as lágrimas com o seu casaco que havia colocado no carro. Os cabelos rosa agora soltos, voavam por causa do vento.


     Mebuki destrancou o carro e Sakura entrou quase que de imediato.


      Ambas não falaram nada na viagem até a casa da Haruno mais velha.


       Os exames ainda estavam na mão de Sakura e o maldito resultado estava fresco em sua cabeça.


                                  *

    Entraram em casa juntas. Os rostos vermelhos e olhos inchados denunciaram o choro de minutos atrás, mesmo que ja haviam parado em alguma parte do caminho.


      O homem dos cabelos maçante-rosa, Kizashi, veio receber sua família com um grande sorriso no rosto e só quando viu as duas mulheres de sua vida com aquele rosto, assumiu uma postura preocupada.


- Querida, Sakura… o que houve?


    Sakura estendeu os benditos papéis para que seu pai pegasse. Após uma olhada rápida nos resultados de exames, Kizashi viu sua menina voltar a chorar assim que arregalou os olhos.

     

- Sakura… - ele a abraçou tão forte que Sakura sentia-se uma criança que acabara de se assustar com algo e corria para o colo de seus pais. - nós estamos aqui, independente de tudo. Você não está sozinha ouviu? Não está.


    Ela balançou a cabeça, o abraçando mais forte.


- Filha, vem, senta um pouco. - Mebuki fez um carinho em sua cabeça e a guiou até o sofá após sair dos braços de seu pai.


    Sakura havia parado de chorar. Até havia se esquecido de que não chorava assim há um bom tempo.


- Filha… você irá contar ao Sasuke?


- Sim, mas quero fazer isso sozinha. - ela limpou os resquícios de lágrimas com a manga do casaco e prendeu o cabelo rosado em um rabo de cavalo.


     Uma batida na porta foi ouvida e os três sabiam quem estava ali. Sasuke.


        Mebuki levantou do sofá e foi atender a porta, dando de cara com o namorado de sua filha. Estava segurando um capacete na mão e com uma mochila apoiada em um dos ombros. Os cabelos rebeldes faziam uma franja até o queixo dos dois lados do rosto e o resto era arrepiado. Um rapaz realmente bonito.


- Olá Sasuke - ela sorriu - pode entrar.


- Com licença… - ele adentrou a casa e foi até a sala que ficava a frente.


      Viu a figura de Sakura e de seu sogro. Sabia que ela não estava bem. Ela deu um meio sorriso e ele retribuiu.


- Vamos querido. - Mebuki chamou seu marido e o mesmo levantou rapidamente do sofá, dando dois tapinhas no ombro de Sasuke antes de seguir sua esposa para o andar de cima.


- Sakura? O que aconteceu?


- Nada demais. - ela não olhou nos seus olhos.


- Sakura. - pegou o queixo dela e virou seu rosto para o dele - olha para mim e diz o que houve.


      Ela levantou bruscamente do sofá com alguns papéis na mão que Sasuke não fazia a menor ideia do que era.


    Respirou fundo e olhou nos olhos negros dele.


- Sabe os exames que foi pedido para as olimpíadas e que todos os atletas, incluindo a mim tinham que fazer? - ele assentiu com a cabeça. - Então, eu descobri uma coisa.


       Esperava noticias boas ou até mesmo uma brincadeira da parte de Sakura, mas, pelo tom de sua voz, não havia brincadeiras envolvidas.


- O que houve? - já estava preocupado


     Os olhos lacrimejaram. 


- Eu estou doente Sasuke. 

15 de Abril de 2018 a las 14:30 0 Reporte Insertar 0
Continuará… Nuevo capítulo Cada 15 días.

Conoce al autor

Isabela Ehlert At� a pr�xima

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

Historias relacionadas