Minha segunda esposa! Seguir historia

arielo

Chichi temendo que Goku a deixe por conta de problemas íntimos, toma uma atitude um tanto radical. Será que Goku vai topar? Será que Chichi aguentará as consequências de sua decisão impulsiva?


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#whis #chichi #goku #bra #bulma #vegeta #drama #romance #dragon-ball-z #universo-alternativo
6
6.4mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Desconfiança!

-


Após o término do torneio dos doze universos, se passaram 18 anos, e o pique de Goku para as lutas continuou, apesar de já estar com seus 55 anos, quem o visse não dava mais do que 39 anos, ao contrario de sua esposa Chichi que tinha a mesma idade do sayajin e os sinais da idade já começavam a aparecer, apesar de seus cuidados com sua beleza, até procedimentos estéticos a morena resolveu fazer para aparentar ser mais jovem.


No entanto. o que ultimamente estava preocupando a mãe de Gohan, era que o seu desempenho na cama tinha caído consideravelmente, não era como se ela tivesse seus trinta anos, e Goku continuava um vulcão na cama. Diante daquele fato ficou com medo de perder seu marido e então diversas ideias rondaram a sua cabeça, até de deixar seu amado companheiro tomar uma segunda esposa mais jovem que ela, mas não saberia quem toparia uma coisa dessas, apesar de que atualmente na capital do oeste tinha sido liberado o casamento entre três pessoas, uma coisa moderna, que poucos aderiram. Aqueles pensamentos ultimamente estavam tirando o sono dela, que pesquisou em todos os lugares, até pela internet os depoimentos de casais, que optaram por viver em três, era obrigatório que cada esposa tivesse o seu quarto ou cada uma morando em sua casa. Tudo aquilo podia ser uma loucura de sua mente, pois Goku nem ligava muito para sexo, gostava mais de treinar.


Nesse momento na capital do oeste, o príncipe dos sayajins conversava com Goku de uma forma séria, pois notou que o amigo ultimamente andava apreensivo e um tanto agressivo, o que não era normal.


- O que realmente está acontecendo Kakaroto? – Pediu o príncipe dos sayajins preocupado.


- A Chichi colocou na cabeça que não consegue mais me satisfazer na cama, que não tem o mesmo pique de antigamente e ontem eu peguei ela lendo alguns folhetos que falavam a respeito de casamento a três, homens que pegam uma segunda esposa...


- Você acha que ela quer que você arranje uma segunda esposa?


- Eu presumo que sim – Respondeu pensativo o pai de Gohan.


- A Bulma nunca me veio com esses papos, acho que ela é muito ciumenta para permitir que eu me case com outra além dela.


- Eu não sei como encararei a Chichi caso ela me proponha isso – Murmurou apreensivo.

- Apenas diga sua opinião a ela, caso você não queira.


- Pior que eu quero Vegeta, me sinto péssimo por isso – Confessou constrangido o moreno, deixando espantado o outro sayajin.


- Eu pensei que você não quisesse....


- É estranho não é? Logo eu o cara conhecido por ser bobo e inocente querendo outra mulher, mas eu tenho desejos dentro de mim, que a Chichi não pode realizar, senão posso matá-la – Revelou cabisbaixo.


- Estou entendo aonde você quer chegar Kakaroto, essa segunda esposa teria que ser forte igual a gente, preferivelmente uma com sangue sayajin – Deduziu o príncipe.


- Mas provavelmente essa mulher que tem sangue sayajin, vai me achar muito velho para ela e vou ter que me contentar com uma mulher de outra raça, eu sou realista nesse ponto – Murmurou o moreno.


Bulma que até então ouvia aquela conversa calada em seu laboratório revirou os olhos com a ingenuidade do marido, era claro que Goku estava falando de Bra, realmente não sabia como a filha reagiria a um cortejo daqueles, se aceitaria ou não. Cansada daquela ladainha, a azulada abriu o vídeo chamada para dentro da sala de gravidade, fazendo com que os dois sayajins se assustassem ao vê-la.


- Goku, você quer cortejar a Bra? Isso que você quer dizer? – Inquiriu a cientista, fazendo Vegeta encarar o outro moreno com um olhar de poucos amigos.


- Sim, eu gostaria! Caso vocês permitissem e a filha de vocês aceitasse.


- Se ela topar eu aceito, mas ela vai morar no apartamento dela caso case com você – Murmurou Vegeta desgostoso.


- Obrigado Vegeta, mas só vou fazer isso se a Chichi me propuser tomar uma segunda esposa, senão fico somente com ela.


- O quê? Não acredito que você aceitou Vegeta! – Indagou Bulma espantada pela reação positiva do marido.


- O que eu iria fazer mulher? Deixar a nossa filha casar com um moleque recalcado? – Retrucou indignado.


- Você tem razão Vegeta! Eu gosto de você Goku, gostaria de lhe ter na nossa família, mas infelizmente quem vai decidir isso é minha filha – Falou a mulher séria.


- Eu entendo Bulma, mas isso tudo que estou comentando com vocês é apenas uma suposição, até agora nada confirmado.


Enquanto isso, no prédio da corporação cápsula, Bra terminava de escrever o seu relatório a respeito de uma nova invenção que tinha sido responsável pela criação, quando de repente seu celular começava a tocar, suspirou aborrecida ao ver que era seu ex-namorado a incomodando novamente, pois ele não tinha se conformado com termino deles. Já com sua paciência esgotada atendeu a ligação, porque estava chateada por conta de tanta perseguição.


- Alô – Atendeu fria a azulada.


- Bra, nós precisamos conversar, eu te amo tanto, me dá outra chance? Eu prometo que vou mudar – Falou o ruivo convicto.


- Não Jacky, já te falei que acabou! – Vociferou irritada com tanta teimosia.


- Você é uma egoísta! Só pensa em seus sentimentos e em você, nunca ligou para o que tínhamos! – Esbravejou furioso o rapaz.


- Se você acha isso querido, eu estou pouco me lixando! Só faça o favor de me deixar em paz, pois tenho coisas mais importantes para fazer – Sussurrou antes de encerrar a ligação.


Bra bufou furiosa depois de colocar o celular novamente na mesa, para então analisar o que tinha escrito no computador, porém a sua mente de repente começou a se lembrar de um moreno musculoso e bem mais velho que ela que ela teve o prazer de rever aquela manhã. A azulada o achava bonito, mas infelizmente para seu desgosto ele era casado e isso a deixava triste, pois não queria ser amante de ninguém.


Algumas horas se passaram e a noite já se fazia no horizonte, com as estrelas que apareciam e enfeitavam o céu. Nesse instante Chichi e Goku estavam jantando em silêncio na cozinha, até que a morena suspirou largando seu garfo na mesa e resolveu tocar num assunto delicado, que a incomodava bastante.


- Goku, nós precisamos conversar – Falou séria a dona de casa.


-

Continua

-

29 de Marzo de 2018 a las 22:18 0 Reporte Insertar 4
Leer el siguiente capítulo Atitude!

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 11 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión