lanthys Lanthys LionHeart

Em uma linha diferente/paralela de tempo, onde nosso mundo seguiu caminho similar mas muito mais tecnologicamente avançado, surge a máquina de guerra perfeita, na forma de um helicóptero de batalha supersônico, pilotado por uma equipe desvinculada do governo que criou a máquina e a usa para realizar missões da maneira justa e correta, livre das amarras da política mundial do obscuro e perigoso mundo da Guerra Fria, tal qual nós vivemos em nosso mundo! Uma aventura inspirada na saga original, mas executada e vivida em uma dimensão paralela, trazendo o melhor de ambos os mundos em uma aventura frenética de gigantescos combates aéreos - e outros tantos!


Fanfiction Series/Doramas/Novelas Todo público.
2
423 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Desafio no Grand Canyon!

Grand Canyon - Arizona - Estados Unidos - 10:30hs

O sol raiava à oeste em pleno céu azul que contrastava com o terreno avermelhado e árido do parque nacional abaixo enquanto um veículo aéreo como nenhum outro sobrevoava aquele ambiente amplamente visitado por turistas do mundo inteiro... Quem visualizasse a cena em acontecimento, o deslocamento de tal aparelho, sequer poderia notar muitos detalhes devido sua velocidade absurda para o tipo de equipamento que era… Suas turbinas emitiam um ruído que principalmente ao ecoar pelos canyons, faria lembrar o rosnado de um lobo à defender seu território... ... Sua missão naquele momento? Encontrar algo totalmente diferente de tudo que suas missões já buscaram, uma ameaça à inocentes que acabou os conduzindo até famoso Grand Canyon!


Em seu interior, as três pessoas mais capacitadas que já pilotaram a poderosa aeronave, em visível estado de tensão buscavam no horizonte - e em seus sistemas - qualquer pista que pudesse colocar explicações em suas mentes para os acontecimentos dos últimos dias…

Dominic: “- Hawke… Afinal de contas o que estamos buscando…”

Hawke: “- Um assassino voador Dom…”

Dominic: “- Mas como tem certeza que não é um atirador oculto ou algum sistema “terra-ar” oculto nos locais dos acontecimentos?"

Hawke: “- Porque sistemas “terra-ar” levam tempo para serem instalados e não mudam de um estado para outro do nada… O primeiro avião foi derrubado sobre o Golfo de Santa Clara, bem no meio de uma travessia de 100Km... Nenhum barco estava no local e, o aeroplano foi atingido na parte superior de suas asas… O que quer que o derrubou, foi explosivo e veio de cima…”

Dominic: “- Ora, mas algo assim teria que aparecer nos radares de qualquer maneira…”

Hawke: “- Mas não aparece e é por isso que estamos aqui… Para encontrar esse assassino invisível e também para... Para encontrar Saint John…”


O silêncio impera dentro da aeronave enquanto os três remoíam o assunto que para Stringfellow Hawke era ainda sua mais forte dor… Tentando amenizar a situação, era Dominic quem se manifestava novamente… “- Me perdoe Hawke… Não quis menosprezar seus sentimentos…”


O piloto, sempre taciturno e bastante ríspido em suas respostas, tinha em Dominic Santini o pai que perdeu ainda criança… Seu respeito e consideração pelo mesmo, embora ainda fosse dentro de seu estilo mais seco de se comunicar, era muito mais tolerante e cordial… “- Não se desculpe Dom… Se tem alguém que se importa com o que penso ou sinto é você… E eu sei também o que você pensa nesse momento, pode ser mais uma armadilha, até mesmo da CIA para recuperar este lobo voador, mas eu preciso conferir isso, eu não posso deixar uma pista do paradeiro de Saint passar assim em branco… E só posso contar com vocês dois…”


A copiloto Caitlin, ex-piloto da Patrulha do Texas e agora, engenheira de voo e sistemas de navegação auxiliar à Santini, era quem com um sorriso tentava agora amenizar o clima entre os dois veteranos de guerra: “- Finalmente fui mencionada, já estava me sentindo excluída no meio de tanta testosterona… Aproveitando que tive uma oportunidade e não vou desperdiça-la, precisamos focar em detalhes importantes… Raciocinem comigo:”


A jovem copiloto aciona em seu painel os sistemas virtuais de visualização e começa a mostrar os diversos tipos de radares que eles tinham disponíveis, explicando sua teoria: “- Vejam, temos praticamente todo e qualquer tipo de busca à nosso comando, e todos eles usam buscas específicas que localizam os aparelhos pelo espaço aéreo em um padrão geral para toda a aviação mundial… Minha teoria é que seja o que for que está voando por aí e abatendo aviões, dispõe de algum tipo de tecnologia que bloqueia os sinais conhecidos que um aparelho normalmente emite ou pode ser detectado, e por consequência, não aparece nos mesmos… O que me dizem?”


Dominic raciocina por alguns segundos, era um verdadeiro expert nas tecnologias de aviação e suas nuances, e embora já fosse um veterano em todos os quesitos, conseguiu com facilidade interpretar e acompanhar a ideia que a colega iniciava: “- Faz sentido, o que nos leva a cogitar que temos de pensar em coisas que os radares e sonares e demais sistemas de rastreio não detectam para tentar buscar por algo assim…”


A jovem, Caitlin, empolgada por ter encerrado o clima ruim e avançado na missão que tinham pela frente completa: “- Mais que isso, precisamos inserir dados no sistema para que a inteligência artificial do queridão voador aqui possa atualizar seu banco de dados e assim buscar por essas adversas formas diferentes até que uma se encaixe e nos revele o inimigo… Precisamos pensar em coisas a serem detectadas que normalmente os sistemas de radares e sonares ou espectrômetros não buscam, para assim tentar ficar à frente de nosso inimigo misterioso! Mas ainda fica uma lacuna mesmo assim.... Alguém deveria ter visto alguma coisa nos céus, alguém deveria ter avistado pelo menos a movimentação mas tudo indica que ninguém consegue avistar visualmente o que quer que seja que se aproximou deles…”


Com uma expressão séria, era Hawke quem se manifestava agora: “- Sistema de Camuflagem Replicante…”


Os dois copilotos ficam a se observar sem entender do que diabos Hawke estava à falar, o piloto percebe e com um sorriso no rosto, toma à palavra para continuar: “- Como se fosse um retroprojetor, a parte externa da fuselagem reflete o que está à sua retaguarda, paisagem, céus, mares, e assim, independente do ponto que observar, você enxerga apenas o que está por detrás do objeto, o tornando invisível às formas de visão padrão que usamos…”


Dominic e Caitlin se observam e fazem uma expressão de quem entendeu embora nunca imaginassem algo assim ser possível, enquanto isso o Airwolf rasgava os espaços por entre as colunas de rocha do local único no mundo, em busca de algo, de algum som, de algum sinal, de algo que pudesse dar uma pista à eles sobre o que ou quem estava à colocar pânico pelos céus dos Estados Unidos!


Washington - DC - 10:45hs - Sala de reuniões na Casa Branca

Dentro do local que era assistido por muita segurança e sigilo, reuniam-se naquele instante diversas personalidades do governo e da segurança do país… Dentre eles era importante citar três senadores apoiadores do governo atual, equipes do Departamento de Defesa Nacional deste país, responsável por toda e qualquer ação de proteção ao território estadunidense e que detém sob seus braços, as três Forças Armadas do mesmo…


Contrastando com os ternos padrões e fardamentos dos presentes, eis que adentra a sala um homem aparentando seus 60 anos, terno e cabelos brancos, seus olhos eram cobertos por um óculos especial que ostentava um tapa-olho preto no lado esquerdo e junto dele uma mulher aparentemente 30 anos, também com roupas brancas tal qual seu diretor… Ambos na sala então cumprimentam-se embora algumas expressões durante esse cumprimentos demonstravam a tensão que a reunião prometia, especialmente entre o senador Wendell e o homem que acabara de chegar trajando branco… Tão logo foi possível o próprio presidente dos Estados Unidos iniciou a mesma, se dirigindo ao homem de branco:

“- Muito bem Arcanjo, você me convenceu de que precisávamos ouvir você aqui, parar todos meus afazeres e agenda oficial para estar aqui te ouvindo... Sua reputação diante dos sucessivos governos é impecável, até hoje nunca decepcionou a nenhum presidente dos Estados Unidos... Eu creio que no mínimo te devemos atenção dedicada, então aqui estamos, pelo menos para escutar o que tem a nos dizer embora, não entenda porque insistiu para minha presença, pois qualquer um dos presentes aqui pode resolver o que quer que sua célula na CIA precise…”


Aquele então a quem o presidente de dirigiu pela alcunha de Arcanjo, o homem de terno branco, ergue-se e inicia sua fala:

“- Senhor presidente… Senhores senadores e diretores aqui presentes… Eu pedi sua presença senhor presidente porque é conhecido de todos nós que o senador Wendell, principal líder do governo no congresso e eu temos nossas diferenças e por tal motivo, dado a inusitada situação que tenho em mãos, sem falar diretamente com todos vocês de uma única vez, diante do testemunho mais que confiável do senhor, presidente, seria chover no molhado e deixar margens para futuras má interpretações ou mesmo, dificultar a resolução de algo de grandes proporções que poderá afetar nosso país e nosso povo…”


O senador Wendell contorce-se na cadeira para então acomodar-se na mesma de novo, visivelmente contrariado com a atitude de Arcanjo, mas nada poderia dizer naquele momento ou estaria dando mais “munição” ao adversário… Em seu íntimo, o senador precisava concordar que o irritante homem de branco havia sido mais esperto, não havia dúvidas, o que não impediria, pensava Wendell remoendo a insatisfação, dele ainda bloquear as ações de Arcanjo, ainda que estivessem diante do presidente… Arcanjo continuou sua explanação:

“- Como infelizmente é do conhecimento de todos vocês, três aviões de turismo do nosso país, sem qualquer vínculo aparente entre empresas ou pessoas até onde conseguimos apurar, foram abatidos em nosso espaço aéreo, sem deixar qualquer sobrevivente desses desastres, o que já é com certeza um fato terrivelmente triste para todos nós... Mas, o mistério seguiu além, pois o que os abateu no entanto, nem mesmo as poderosas torres de monitoramento da Força Aérea ou do Departamento de Defesa e Segurança Nacional conseguiram detectar… Por diversos dias não tivemos qualquer notícia ou quem assumisse as autorias de tais atos e, o atacante, ao nosso ver, não estava fazendo tais ações por mero acaso ou diversão, era fato que ele buscava algo que ainda não havia revelado... Nossa intuição então se mostrou acertada na manhã de ontem, quando finalmente a primeira pista desse jogo sádico, se assim me permitem dizer, se iniciou de forma um tanto inusitada... Uma mensagem em vídeo, foi enviada finalmente, mas não uma mensagem endereçada ao governo dos Estados Unidos ou à qualquer agência governamental, mas incisivamente direcionada a um de meus operativos mais atuantes ultimamente, remexendo em fatos que agora, devido à mensagem recebida, com certeza colocaram uma quantidade de gasolina exorbitante em uma fogueira que já queimava há tempos... Hã... Eu explicarei melhor desta forma:”


Arcanjo olha para a mulher que o acompanhava e a mesma dirigiu-se ao controle de imagens da sala, acionando alguns comandos e acessando o sistema da “Firma”, célula da CIA à qual Arcanjo estava à frente e que fazia parte do aglomerado do Departamento de Defesa Nacional! Um vídeo inicia-se e nele se pode ver uma imagem humanoide distorcida, ficava claro que era um homem mas não era possível definir rosto ou qualquer outro detalhe, assim como a voz completamente alterada, que com tom irritantemente calmo narrava a cena:

“- Olá senhor Stringfellow Hawke… É um prazer finalmente me dirigir diretamente a alguém com sua reputação e missões concluídas em tão vasto currículo... Uma pena que nosso primeiro contato seja dessa maneira mas queria mostrar ao senhor, o meu mais novo passatempo… Mas ante, a devida abertura musical..."


A cena muda e se podem ver cenas dos três aviões abatidos que foram mencionados anteriormente por Arcanjo, devidamente registrados como um troféu ao que aparentava, explodindo em pleno ar sem deixar nada além de destroços à cair livremente… Logo em seguida, a cena muda novamente, para um homem acorrentado em um quarto escuro de poucos metros de espaço... Ele é molhado com uma mangueira de alta pressão causando agonia ao preso para logo depois, a grade de metal ao qual estava amarrado com correntes ser energizada com corrente elétrica, descarregando assim voltagens intensas de energia no corpo do mesmo que começava à se contorcer e logo em seguida, sem qualquer controle de si mesmo, à vomitar em desespero… Na sequência da imagem terrível, o homem quase desfalece quando a corrente elétrica é desligada para então começar ser agredido com cassetetes aparentemente de borracha, por pelo menos três homens encapuzados por diversos segundos sem parar… Os homens então cessam o ataque e um deles pega o desfalecido pelo cabelo erguendo seu rosto e permitindo que a câmera foque perfeitamente em suas feições… A cena volta então para o vulto distorcido que concluiu a cena dantesca:

“- Te encontro sobre o Grand Canyon, às 10:53 de amanhã Stringfellow… Se não comparecer, mais aviões irão cair e o meu hóspede aqui se transformará em comida para meus cães… Até mais senhor Hawke!”


A imagem se encerra, e todos, exceto o senador Wendell, tem uma expressão de horror no rosto diante do exposto… Arcanjo então retoma a palavra:

“- Isto foi enviado à Stringfellow Hawke, antes de mim ou de qualquer órgão governamental, na verdade, foi ele quem me enviou isso como explicação para suas próximas ações... E como disse anteriormente, isso foi recebido por ele ontem pela parte da manhã, ou seja, o horário e dia marcado pelo rosto distorcido no vídeo é hoje, na verdade, em questão de minutos! Neste exato momento, Hawke está sobrevoando o Grand Canyon em busca desse encontro… Ele está duplamente comprometido em deter esse assassino aéreo tanto por ter se disponibilizado em ajudar nas missões da CIA como para descobrir mais sobre o sujeito que está sendo torturado!”


O presidente que até então a tudo ouvia atentamente, interrompe questionando logicamente suas primeiras dúvidas:

“- Espere um pouco Arcanjo, as cenas são chocantes e claramente misturam os dois eventos dando a entender que quem derrubou nossos aviões está com este prisioneiro, mas estamos falando da segurança dos Estados Unidos… O que estão esquecendo de me contar para que eu entenda o motivo dessa reunião afinal e principalmente, quem é Stringfellow Hawke dentro de nosso país e porque o homem sendo mantido em correntes no vídeo parece ser tão importante para ele e para você que veio de sua gruta sagrada para estar aqui nos mostrando isso pessoalmente? O que vocês ainda tem para falar que eu não fui informado?”


O senador Wendell, como se tivesse chegado ao momento que aguardava, novamente se acomoda na cadeira e com um sorriso nefasto, desafia Arcanjo à contar sua história para aquela reunião: “- Vamos Arcanjo, conte quem é seu operativo tão especial e porque ele se tornou um operativo da CIA? Estamos esperando, conte-nos tudo, vamos...”


Todos observam Arcanjo e este, arrumando seu terno, prepara-se para responder:


Grand Canyon - 10:52hs

O poderoso aparelho estrondava por entre as enormes paredes de segmento milenar da crosta terrestre e buscava com todas suas capacidades por algo, algum movimento, qualquer coisa que denotasse a presença de um inimigo… Seus tripulantes estavam todos à postos com sentidos extremamente fixados nos aparelhos assim como na parte externa por onde passavam, em busca do menor indicativo… Hawke em sua enorme experiência e quase uma ligação mental inexplicável com o aparelho que pilotava, previne as demais: “- Cinco segundos para 10:53hs, estejam preparados, algo vai acontecer…”


Os três ocupantes da aeronave se preparam para ação e logo os radares e rastreadores começam à alertar freneticamente, enquanto Dominic completava a informação: “- Hawke, míssil SideWinder em nossa direção, posição 6hs, velocidade MACH 2.5, impacto em 5 segundos! Turbinas ativadas, prontas para acionamento, contramedidas para despiste de mísseis de calor acionados e pronto para uso!”


Ao que Dominic termina suas palavras, Hawke pressiona o botão em seu manche de comando e em um segundo apenas o poderoso aparelho inicia aumento de velocidade para mach-1 e em menos de cinco segundos estava em mach-2, com o míssil ainda em perseguição! Como se estivesse fazendo a coisa mais natural do mundo - e para Stringfellow Hawke o era na verdade, afinal o aparelho que pilotava parecia mais uma extensão de seu corpo e seus pensamentos do que uma mera máquina -, ao atingir o final do vale pelo qual seguia em velocidade assustadora, o experiente piloto executa a manobra impossível para muitos, desativa as turbinas desacelerando de forma brutal seu avanço, lança o sistema "sunburst" para confundir o artefato que o perseguia e ergue o “nariz” da aeronave fazendo a mesma exercer um loop perfeito, sem qualquer dificuldade aparente, girando novamente para corrigir a posição em relação ao solo, seguindo agora em mach-2 novamente em direção ao ponto de onde o míssil fora lançado, em busca de seu agressor oculto enquanto o dispositivo explosivo se chocava contra as fagulhas incendiárias que colhiam seu caminho, explodindo assim em pleno ar sem causar danos à qualquer um… Com expressão e sentimento de fúria, Hawke começava à exigir de seu colega Dominic:
“- Alguma coisa no radar Dom? Busque por qualquer coisa, som, calor, movimento, frequências de áudio, vapor dos motores, eco, ache um jeito de encontrar esse desgraçado!”


Enquanto os dois copilotos trocavam informações e comandos, usando de todas as formas que conseguiam imaginar e combinar nos sistemas altamente tecnológicos da aeronave para buscar alguma pista, suas buscas por longos quase 10 segundos de intensa atividade se mostravam infrutíferas e nada era detectado ou localizado… Impaciente e querendo algum resultado, Hawke cobra novamente:
“- Dom… Me dê algo para enfrentar Dom…”


O dedicado copiloto, se irritava consigo mesmo pois mesmo diante de várias opções e agilidade com que ele Caitlin buscavam por algo, nenhuma resposta aparecia, nada surgia nos visores, nada era percebido até que então, uma nova emergência surge e era Dom quem gritava agora, surpreendido:
“- Hawke, novo SideWinder, direção 09hs, MACH 2.5 de velocidade, 8 segundos para impacto!”


O piloto então aciona novamente as turbinas, desloca-se o máximo possível em linha reta para a frente de onde estava, girando logo em seguida com toda capacidade que possuía o poderoso veículo ficando de frente para o míssil que vinha em sua direção. Um disparo de seus canhões e o míssil explode dezenas de metros antes deles enquanto a aeronave irrompe por entre a explosão novamente em velocidade assustadora, seu nariz para baixo e cauda para cima, como um predador indo em direção à presa, suas turbinas rugiam como uma fera atacando e em poucos segundos Hawke colocava a aeronave no mesmo local de antes, mas dessa vez seria diferente, estava claro em sua mente:

Hawke: “- Dom, porque não o capta nos sistemas de localização…”

Dominic: “- Ele está imóvel, seja o que for, nem mesmo calor está emitindo, a menos que algo reaja contra ele, não tenho como localizar ele Hawke!”

Hawke: “- Então lhe darei algo para reagir à este filho da mãe!”


Destravando um dispositivo em seu manche, o enfurecido piloto faz surgir metralhadoras de sistema “ar-ar” e “ar-terra” retráteis localizadas nas laterais do aparelho, de onde são disparados tiros capazes de abater aviões e qualquer outro adversário e sem elevar ou reduzir sua altitude, atira sem qualquer restrição girando a aeronave lentamente em um círculo perfeito de forma que algum de seus projéteis pelo menos atingisse um alvo oculto e desse uma resposta de sua localização e eis que finalmente Caitlin e Dom gritam juntos:

“- Direção 3hs, 80 metros de distância, carapaça impenetrável, nenhuma avaria registrada!”


Hawke então satisfeito gira o potente equipamento de combate para a direção mencionada, seus dentes quase trincavam-se de fúria mas ainda permitiram uma última frase: “- Vocês me deram um alvo, a avaria eu é quem farei!”


Com um aperto de botão, tanto as "Gatling Gun" quanto as "Chain Gun", assim como os "Vulcan Cannon" e "Pulsar Cannon" começam à disparar com força total na direção informada pelos copilotos enquanto se percebia finalmente algo se movimentando em meio a fumaça das explosões que atingiam o vale logo atrás do que quer que fosse que os afrontava! Se notava finalmente alguma coisa pelo radar sonoro e a posição clara de um helicóptero em pleno voo assim como fontes de calor dos impactos registrados na fuselagem se materializam nas telas embora sem uma visualização para olhos humanos e, com isso, com essa visão tanto do radar quanto do movimento da fumaça diante deles, Stringfellow Hawke tinha finalmente algo em sua mira e com isso, ele se tornava o novo líder do jogo!


Seus disparos eram praticamente uma chuva mortífera de explosivos e perfurantes destroçando tudo que fosse atingido nessa linha de tiro, sendo que as paredes milenares do canyon eram quem mais sofriam avarias até então... Não fugia também ao piloto que, ao mesmo tempo que não pareciam estar acertando o alvo invisível, cercavam o restringiam os movimentos do inimigo sem qualquer dúvida!


A situação então muda em um segundo apenas, um ímpeto de audácia e talvez de medo e o equipamento inimigo avança pela chuva de disparos ganhando o outro lado da parede de fogo e finalmente sofrendo com essa atitude impensada as primeiras avarias em sua fuselagem, tudo para abrir à força uma rota de fuga, se lançando em velocidade absurda pelos canyons, considerando que havia encontrado uma forma de fugir da armadilha falha que criou! Porém, desta vez algo estava diferente para o inimigo oculto, seu oponente não eram aviões comerciais nem mesmo caças à esmo pelo céu, seu caçador eram o Airwolf e seu piloto Stringfellow Hawke, o fugitivo não fazia a mínima ideia de com quem ou o que havia se metido ou jamais teria mexido com algo tão importante para o piloto obstinado!

“- Não vai fugir maldito!!”


As turbinas do poderoso aparelho são acionadas e a exaustão de seu MACH 2 rosnava pelo extenso e largo vale do Grand Canyon! Poucos segundos foram suficientes para que o helicóptero fugitivo fosse novamente alcançado e novamente colocado sob chuva ininterrupta de disparos, as "Gatling" e "Chain Gun" apresentavam suas ponteiras vermelhas devido ao calor dos projéteis enquanto os "Pulsar" e "Vulcan" estavam quase descarregados com tantos disparos! Em contra partida, o inimigo em fuga, apresentava vazamento de combustível, fumaça em profusão e sequer qualquer resposta de ataque, se notava nitidamente que ele se sentia em perigo absurdo e tudo que queria era fugir dali o quanto antes, ou seria, sem sombra de dúvidas abatido!


Finalmente o Grand Canyon chegava ao seu final, não haviam mais desfiladeiros, o inimigo teria de ir para céu aberto e perderia as proteções dos vales para ocultar-se... Como que em resposta à suas preces, uma das fendas que se avizinhavam era mais estreita e permitiram um golpe de mestre - e de covarde ao mesmo tempo! O aparelho fugitivo dispara um de seus "SideWinder" em direção à entrada da vala, bem ao seu topo, permitindo que dezenas de toneladas de rocha comecem a cair por sobre a passagem, dando tempo apenas de que o aparelho invisível passasse e, obrigando Hawke à reduzir sua velocidade e arremeter o Airwolf para cima para evitar colisão, sem qualquer outra chance de manobra alternativa…


O movimento executado pelo piloto, apesar de tirar o fôlego dos ocupantes, foi extremamente bem sucedido, mas ao voltarem ao plano de voo normal, não havia mais nenhum sinal do inimigo, fosse para o lado que buscassem e com isso, mesmo contra cada fibra de seu ser, a caça do lobo estava suspensa, pelo menos por enquanto… Os copilotos revisam todo o sistema do aparelho que estavam a bordo e iniciam seus relatos:

Dominic: “- Sistemas de voo, turbinas, fuselagem e orientação completamente intactos e operantes!”

Caitlin: “- Radares, sensores, e armamentos em pleno funcionamento, porém a quantidade de munição de ambos está próxima do fim, não temos muito para um próximo combate Hawke…”


O Airwolf fica pairando no ar como se sondasse o ambiente em busca de sua presa, silêncio completo e absurdo imperava dentro do aparelho até que Dominic era quem tentava quebrar o gelo, tentando chamar o obstinado piloto à razão… “- Hawke…”


Mais alguns segundos pairando sobre o ar e então o piloto do Airwolf gira o manche do aparelho, o fazendo virar no sentido contrário e ganhar altitude para logo em seguida acionar suas turbinas seguindo em direção ao local de repouso e refúgio do lobo do ar…


Enquanto rasgavam o ar com seu rosnado característico de suas turbinas, Dominic e Caitlin confabulavam sobre como atualizar o sistema de rastreio da aeronave para seu próximo embate com o misterioso inimigo ao que seu piloto, observava o horizonte atento... Em sua mente seu inimigo poderia estar em qualquer daqueles locais esperando apenas uma oportunidade para atacar novamente… Determinado e decidido pelos motivos que o colocaram dentro daquele aparelho desde a primeira vez, ele determina seus próximos passos de ação para detectar o inimigo fujão: “- Mísseis SideWinder são de fabricação americana... Se ele tem isso, ou é mercado negro ou ele tem acesso aos armamentos dos Estados Unidos! Vamos ter uma palavrinha com o Arcanjo!”


Continua...

29 de Mayo de 2023 a las 00:33 2 Reporte Insertar Seguir historia
1
Leer el siguiente capítulo Pistas e chantagens!

Comenta algo

Publica!
Norberto Silva Norberto Silva
Cara! Isso ficou fodásticamente foda!! Águia de Fogo (que airwolf o que... hehehehe) era uma série que eu adorava ver com meu pai, Ao ler essas linhas me veio até os cheiros da época da gente sentado no sofa de casa vendo as aventuras do Hawke e seus amigos, pilotando um dos veículos mais legais da época... E trazendo a história para dias mais atuais, com eles enfrentando esse inimigo de tecnologia incrivel de camuflagem, lembrando o que fizeram no filme dos Vingadores com o aeroporta avioes da SHIELD... Isso sem falar da forma perfeita com que os personagens foram representados, sério, ficou incrível. Essa é uma prova cabal da sua incrível capacidade como escritor, pegou um título que foge bem dos seus outros e deu show! Aplaudo de pé meu amigo! Tu mandou bem demais!
May 29, 2023, 01:19

  • Lanthys LionHeart Lanthys LionHeart
    Então... Começo meu dia com essa surpresa agradável, consegui arrancar lembranças de bons tempos de tua infância, isso pra mim já foi retorno mais que esperado! Foi uma decisão bem difícil, estava entre Robocop, A Bela e a Fera, MotoLaser e Águia de Fogo, e eis que Águia de Fogo me cativou mais reassistindo a série! Sobre usar o nome original, eu preferi o Airwolf por conta de uma explicação sobre o fantástico aparelho que vem no episódio 2 e que se encaixa muito pra lobo e nada pra águia, assim, preferi manter o nome original até pra, diferenciar ele da série original que assistimos também! Também trazendo ele pra uma realidade alternativa, eu pude deixar ele mais atualizado, com um pouco da tecnologia de hoje e assim fazer um novo Águia de Fogo mais estilizado e com mais recursos adaptados aos dias de hoje, sem com isso fugir completamente do conceito de 1984 quando a saga estreou! Já os movimentos de helicóptero, suas formas de ataque e defesa bem como os recursos, tudo culpa de senhor Stringfellow Hawke e sua forma de pilotar agressiva que era o que mais encantava na série, enquanto os demais faziam voos tranquilos e curvas serenas o cara desafiava lei da física e fazia quase o impossível, isso era o que mantinha ele com o Águia de Fogo mesmo os States querendo a máquina de volta toda hora, então, procurei exaltar o melhor de cada um, a agressividade e personalidade forte do Hawke, a inteligência e experiência amistosa de Dominic com a mediação feminina da Caitlin junto à eles no controle do poderoso veículo! O vídeo final precisava ter pra nos trazer de volta àqueles anos, acho que foi muito bem vindo pra situar a gente naquela época de novo sem falar que dá uma visão da série muuuuuuito poderosa pra gente seguir nos próximos episódios! Meu amigo, fico muito contente Norberto que minha humilde escrita tenha tido essa boa repercussão, eu fiz surpresa justamente pra tentar impactar na hora de postagem, se consegui surpreender e ainda alegrar, minha missão está completa! Grande abraço e gratidão pelo apoio e incentivo de sempre! \0/ June 02, 2023, 15:32
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 3 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión