Apenas Gestos Seguir historia

augusto0512 Augusto Lima

Não é preciso dizer uma única palavra. Os gestos são o suficiente para expressar o que sinto por você. SasuNaru || Fluffy || Fanfic escrita em 2017.


Fanfiction Todo público.

#SasuNaru #Fuffy #Yaoi #Naru/Sasu #Sasuke Uchiha #Naruto Uzumaki #Naruto
13
6.9mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único

E mais uma vez, na calada da noite, observo seu corpo sereno sobre o colchão. Os cabelos negros, recaídos sobre sua testa, o ressonar baixo que escapava de seus lábios e maneira desajeitada que seu corpo se encontrava sobre a cama, era a visão mais bela que meus olhos poderiam presenciar.

Já perdi as contas das noites que te esperei dormir, apenas para que pudesse velar teu sono.

Ajeitei-me sobre uma cadeira enquanto, mais uma vez, te observava desacordado. O céu trovejava com fúria, mas, você não se importava. Sorri quando seu corpo rejeitou o calor do edredom, revelando seu pijama amassado.

Não notei o tempo passar, porém meu corpo já implorava por descanso. Com relutância, deite-me sobre o colchão, que estava ao lado de sua cama, e me emaranhei com o fino lençol. Contudo, por que mais que meus olhos insistissem em fechar, forçava-me a te observar por baixo.

Um repentino desejo de te tocar tomou conta de mim. Tua mão encontrava-se exprimida no fino lençol do colchão, deixando marcas no tecido de cores claras.

Você era um imã, que me levava a querer toca-lo, e, assim, sentir o calor de tua pele. Minha mente agia sem autorização, pois quando notei, minhas mãos já cobriam as suas, enroscando nossos dedos de maneira singela, já que não tinha intenções de acorda-lo.

Deslizei meu dedo sobre sua mão, mas você se mexeu e, por impulso, a retirei. Continuei a te observar, não houve nenhuma reação de sua parte, demorei-me alguns minutos antes de voltar a tocar a sua mão novamente.


Mas, desta vez, notei que tinha sido correspondido.


De maneira singela, seus dedos tocaram os meus. Os toques carinhosos deixaram-me com o coração acelerado, o teu calor era a prova viva dos nossos sentimentos. Não consegui conter as lágrimas de felicidade que inundava meus olhos, era maravilhoso tê-lo junto a mim.

Quanto você se afastou, pensei, por um breve momento, que tu terias repulsa de mim e que as coisas que senti, não passariam de uma mera ilusão de minha mente sonhadora. Contudo, escutei seu corpo se mover sobre o colchão e sua cabeça se erguer em minha direção, o pequeno feche de luz que adentrava o quarto, trouxe-me a bela de visão de teu sorriso.


Não pude deixar de corresponder teu gesto.


Você saiu de seu conforto e deitou-se ao meu lado, ignorando o chão gélido e nenhum pouco macio. No entanto, você não demonstrou nenhum arrependimento, ao contrário, no meio de uma forte tempestade, seu sorriso continuava intacto enquanto nossas mãos voltaram a ficar unidas.


Não era necessário dizer uma única palavra.


Fechei os olhos quando tua mão tocou o meu rosto, limpando a fina mancha de lágrimas que ali existiam. Seus lábios tocaram minha testa enquanto nossos corpos se emaranhavam naquela noite fria, as fortes batidas de nossos corações entraram em sincronia.

Você voltou a sorrir e a enroscar nossos dedos, mas, desta vez, seus olhos continham uma promessa.


Sasuke provou-me que jamais a quebraria e não podia duvidar disto. Afinal, até hoje você continua me amando da mesma maneira que cinquenta anos atrás.


27 de Febrero de 2018 a las 22:02 0 Reporte Insertar 4
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~