moonieb0ram Salua Magalhães

"A Flor do demônio floresce docemente. Dela a cria do demônio trará a salvação para os demônios... Para pará-lo um descendente do anjo do vento deve lhe tirar a vida... O amor não deve nascer dos dois, isso traria a morte para toda uma raça..." Luhan acabou de completar 18 anos e teve que sair do orfanato onde viveu quase sempre. Tinha planos para seguir uma vida normal, arrumar um emprego, talvez adotar um gato. E ter um futuro enjoativo e entediante como qualquer outra pessoa no mundo. Não foi bem assim que sua vida continuou depois de sair do orfanato... O rapaz agora convivia com adolescentes descendentes de anjos que caçavam demônios para manter os humanos vivos como suas famílias juraram milhares de anos antes. E ele, bem Luhan é a quebra de lei mais perigosa para estes caçadores. A Flor do Demônio está Florescendo, e se apaixonando pelo Descendente do Anjo do Vento...



Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18. © História original

#sobrenatual #chanbaek #exo #hunhan #kristao
3
409 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 10 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Prólogo

A madrugada daquela pequena e simples casa estava regida apenas por gritos, os gritos de uma mãe tentando trazer seu bebê ao mundo, era claro seu sofrimento mas de qualquer forma ela não desistiria. Daria tudo de si para trazer seu pequeno e precioso filho ao mundo.

Sentia uma forte dor, conseguindo se acalmar apenas ao ouvir o choro fino e e desesperado de seu pequeno bebê. Ela conseguira, havia conseguido dar à luz ao bebê que tanto lutara para manter, pelo qual sacrificara tudo que fosse possível.

Assim que pode receber o pequeno em seus braços, Yan Hee não pode controlar o sorriso e o sentimento de alegria e calma que lhe tomaram conta automaticamente.

-Eu consegui...Eu consegui ver seu rosto finalmente meu anjo...

Yan Hee sabia, não lhe restava muito tempo. Ela sacrificaria sua vida para poder dar à luz ao pequeno, durante seus nove meses seu bebê acabou fazendo com que toda a energia vital de Yan Hee se tornasse um alimento pra ele. Ela sempre soube o quão perigoso seria, mas não desistiu. Desde que descobriu que carregava ele, Yan Hee não se importou, ela o amava, e daria de bom grado a sua vida pela de seu amado e precioso bebê.

Agora era um momento importante, como ela poderia nomear o bebê que para ela parecia um pequeno anjo, realmente havia um nome que pudesse caber perfeitamente com aquele pequeno rostinho redondo e fofo?

-Eu já sei...É um nome perfeito pra você... Luhan...Meu precioso Luhan...

A jovem mãe não se arrependia de nada que fora feito, nunca se arrependeria de lutar para ter seu bebê, ela o amava independente de tudo. Seu maior arrependimento era não poder estar perto quando ele precisasse. Não poder acompanhar seu crescimento.

Não devia, mas Yan Hee se esforçou para levantar e enrolar o pequeno em uma manta o acalmando e deitando-o ao seu lado na cama. Alguém logo chegaria e o encontraria, era isso que importava. Ela tentaria ser forte.

Seu corpo começou a relaxar assim que ouviu a porta de sua casa ser aberta com um forte barulho, e alguém se aproximou dela.

-Yannie!

-Beom...

Era seu amigo e confidente, Byun BaekBeom. Ele era o único que sabia da gravidez além dela. O único em quem Yan Hee poderia confiar para esconder o pequeno Luhan.

-E-eu vou te levar para algum Medic Hunter!

-Não adianta Beonie... Só... Preciso que faça um coisa, só isso pra que eu possa descansar...Por favor Beomie...

-Não fale desse jeito Yan Hee! Não pode morrer depois de tudo!

-Eu só tenho você de confiança Beomie...Eu só preciso...Que o esconda...Esconda Luhan do mundo das sombras, quero...Que ele cresça como uma pessoa normal...

BaekBeom não conseguiria negar, no fundo de seu coração era apaixonado por Yan Hee mas sabia que o coração dela sempre pertencera a outro. Porém ainda era louco por ela, e faria tudo para ajudá-la.

Yan Hee fez um grande esforço para se virar, abraçando o pequeno embrulhado na manta azul piscina, deixando um sorriso escapar juntamente com as lágrimas.

-Luhan... Perdoe a mamãe... Por não poder vê-lo crescer de perto... Mas tem que prometer que vai crescer forte e saudável... E que sempre vai estar sorrindo... E lembre quando precisar... A Mamãe... Sempre... Sempre... Vai amar... Você...

BaekBeom sentiu seu coração se apertar com a visão de Yan Hee deixando seus olhos se fecharem, era claro que Yan Hee havia partido. Deixando para trás um pequeno bebê.

O rapaz ajeitou sua postura, pegando a criança no colo vendo o pequeno rosto que tanto lhe lembraria Yan Hee, Tentou não pensar, e simplesmente partiu com o pequeno, esconderia o pequeno como fora o último desejo de sua amada.

BaekBeom foi até um grande orfanato no centro da grande cidade, deixando o pequeno no chão em frente a porta tocou a campainha e se afastou.

Foi a última vez que BaekBeom viu o pequeno Luhan...

11 de Mayo de 2021 a las 02:10 0 Reporte Insertar Seguir historia
0
Leer el siguiente capítulo Capítulo 1

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 5 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión