yvi Yvi

Por um instante eu pensei que haviam entendido, mas eles continuam agindo como se eu fosse algo que nunca fui.


LGBT+ Sólo para mayores de 18.

#lgbt
Cuento corto
10
3.6mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Esse lance de ser...

“Já não se fazem MULHERES como antigamente. ” Foram exatamente as palavras que saíram da boca da minha própria mãe quando eu falei sobre o exagero dela com relação a limpeza da casa. E o meu pai, obviamente, concordou com cada uma delas.

Já não se fazem mulheres, já não fazem... Meu irmão não precisa ajudar na limpeza da casa, afinal, ele é um homem. Meus pais levam ele quase toda semana para cortar o cabelo, justamente por ele ser homem e precisar cortar, mas eu preciso praticamente implorar para ir ao barbeiro.

“Olha que corte de cabelo mais feminino e delicado, FILHA. ” Ela ainda tem coragem de falar isso olhando nos meus olhos. Mesmo depois de um ano as coisas não mudaram em nada. Mesmo depois de toda a coragem que eu precisei juntar para contar para os meus pais que na verdade ele tinham dois filhos e não um casal, como sempre imaginaram.

“Vamos comprar um vestido para você ir na festa do seu primo? ” Porra mãe, como você tem coragem de falar isso para alguém que usou as palavras HOMEM e GAROTO nas frases em que se assumia? Como pode dizer isso sabendo que eu falei que queria apenas roupas masculinas e que eu não usaria mais nenhum sutiã de bojo?

“Se você namorar uma menina, você vai ser lésbica? ” Foi a primeira e única pergunta que o meu pai me fez depois que eu saí do armário. Eu precisei explicar como funcionava esse lance de ser trans (palavras do meu irmão). Eles pareceram entender, mas só pareceram mesmo, pois continuam agindo como se eu fosse algo que nunca fui. Meus pais passaram a agir como se o dia 19 de fevereiro de 2019 não existisse. Eles acham que é uma fase, que eu apenas sofri influências erradas e que a psicóloga vai resolver o problema.

Sabe de uma coisa, mãe e pai, o cara rico que vocês queriam que fosse meu marido, eu não preciso dele! Eu que vou ser o cara rico, vocês aceitando ou não!

Não sou Carolina, nunca fui e nunca serei! Antes de me julgar, tente conhecer a minha história e entender o que eu passei. Não peço para me aceitar, apenas quero que me respeite pelo que eu sou, por quem eu sou...


Prazer, Lukas, o cara rico que vai conquistar o mundo!

29 de Abril de 2021 a las 02:26 6 Reporte Insertar Seguir historia
8
Fin

Conoce al autor

Yvi | Cosplay de escritora | Amante de gatos e corujas | Fã de terror e yaoi |

Comenta algo

Publica!
Isís Marchetti Isís Marchetti
Olá, Yvi! Tudo bem com você? Faço parte do Sistema de Verificação e venho lhe parabenizar pela Verificação da sua história. Infelizmente é uma pena que nos dias atuais (mas não tão ruim quanto antes, grazadeus) esse tipo de tema além de ser um choque, costuma causar grandes impactos nas pessoas. Um daqueles temas que basicamente é proibido falar em voz alta. Casos como se comentar você está sendo preconceituoso e se você não comentar você também é preconceituoso. Então é bem complicado e neste instante eu realmente admiro sua coragem em vir e expor essa história do Lukas. Acredito que seja até normal os pais agirem dessa forma, mas não acho correto uma negação, vejo como se eles pudesse não aceitar, mas que primeiramente e nunca se esqueçam que devem respeitar. Vamos lá. A coesão da história está muito boa. A narrativa faz com que o leitor tenha uma certa empatia pelo personagem, e do fundo do coração faz com que a gente simpatize com ele e torce que nem doido. Quanto à estrutura, eu precisei pedir para uma das embaixadoras que mudasse a classificação da faixa estaria do seu texto para se adequar as regras. Já que ele estava como para todo o público, porem contem palavras chulas. Quanto ao personagem, eu só consigo estimar que Lukas tenha muito, muito sucesso e marque seu lugar no mundo, e que eu não desacredito nele. O mundo é daquelas pessoas que ousam sonhar, independente de quem as tentam manter agarradas com correntes em uma vida que não tem emoção e que não vai para a frente. Quanto à gramática, seu texto está muito bem escrito, mesmo. No geral, é um ótimo conto, que além de contar a história de alguém, pode fazer com que outras pessoas sejam tomadas por uma dose de adrenalina e sigam esses passos. Abraços.
May 18, 2021, 12:25

  • Yvi  Yvi
    Olá, Isís. Tudo ficou muito melhor agora, graças ao comentário/verificação. Sou nova por aqui e, como deu para perceber, ainda me enrolo um pouco com a plataforma, mas estou amando cada momento. Prometo prestar mais atenção com relação a classificação das obras. Não estou acostumada com o método de vocês, mas uma hora eu pego o jeito. Muito obrigada por suas palavras, fiquei extremamente feliz! Abraços. May 21, 2021, 00:22
  • Isís Marchetti Isís Marchetti
    Não se preocupe com isso, como pode ver zelamos por todos usuários da plataforma, inclusive os autores e estamos sempre dispostos a ajudar! Seja bem-vinda e sinta-se em casa May 21, 2021, 02:47
  • Yvi  Yvi
    Muito obrigada! <3 May 21, 2021, 03:20
Just Ignore Just Ignore
Carajo, Srta Yvi... Esta obra foi de uma profundidade tremenda, é um tema tão complexo e ao mesmo tempo tão necessário de ser debatido! Talvez (um bem grande Talvez) as coisas mudem nas próximas gerações, mas por ora a mentalidade de boa parte das pessoas permanece retrógada like hell... O que é uma pena, infelizmente. Contudo, a despeito das adversidades, temos nesta obra um belíssimo exemplo de atitude desafiadora e positiva por parte de Lukas, que não só se assumiu, como usou isso para engrandecer sua vida e destino! Muito bom trabalho, Srta Yvi! Excelente texto! Sinceramente, Honjok.
April 29, 2021, 03:09

  • Yvi  Yvi
    Digamos que eu conheço o Lukas e que ele me permitiu "contar" a história. É realmente uma situação bem tensa, mas que no caso dele não terminou de forma ruim. Agradeço muito pelo comentário, Manu. <3 April 29, 2021, 03:20
~