avara_que_raba Potter Head

Após o fim de sua vida Harry recebe uma nova chance para recomeçar, para mudar sua vida que sempre fora manipulada. Perfeito! -Pensou Harry- Toda a minha vida foi repleta de mentiras, Pessoas que achei q se importavam, só precisavam do Salvador do mundo bruxo, e quando cumpri minha missão, bom, fui descartado obviamente. Mas agora, todos vocês vão ver, eu não sou o mesmo garoto bobo que vocês manipularam -Se podia sentir a amargura presente em cada palavra dita pelo garoto. Entendo sua revolta meu querido, então me diga, em que universo você quer renascer? -Responde a voz misteriosa que ressoa nos pensamentos de Harry.


Fanfiction Libros Sólo para mayores de 18.

#romance #gay #yaoi #morte #sangue #bl #slash #amizade #violência #tragédia #universo-alternativo #drarry #ação #harry-potter #draco-malfoy #harry-x-draco #Harry-Dark #estratégia
51
3.3mil VISITAS
En progreso
tiempo de lectura
AA Compartir

CAPÍTULO UM

Oi gente, passando aqui no começo para avisar, que nem tudo será igual a obra original. Eu gosto de mudar algumas coisas como inventar animais mágicos, e mudar alguns que conhecemos (que vai ser o caso da Edwiges)
As aparências de alguns dos personagens serão como nos livros, mas tem alguns que simplesmente não imagino diferente dos filmes, então não estranhem.
A história em si terá suas semelhanças, mas eu com minha memória de peixe dourado, não lembro de todos os detalhes do livro, então tenham paciência comigo, essa é minha primeira fic, espero que vcs gostem.


CAPÍTULO 1

Após a fatídica noite do assassinato de Lily e James Potter, Lord Voldemort foi derrotado, após matá-los, deixando para trás apenas um lindo bebê de olhos cor de esmeralda e alguns fios revoltos em sua cabeça, o-menino-que-sobreviveu


Como isso aconteceu, todos vocês já sabem, essa história é sobre o que acontece após esse trágico incidente


-Por Merlin!! -Grita a mulher no ápice de seu desespero ao encontrar no lugar de seus adorados amigos, apenas dois corpos gélidos e sem vida, estirados pelo chão de sua própria residência. A dama foi tirada de seu sofrimento ao escutar apenas um choro, um choro baixo vindo de trás de si. Ao se virar ela se depara com um berço, a dor em seu coração se tornava cada vez maior, a medida que se aproximava. Ela não conseguiu mais conter as lágrimas. Ali, em sua frente, o precioso filho de seus antigos companheiros, chorando, não mais um choro baixo, agora seus gritos inundavam toda a residência, a mulher rapidamente lança um feitiço para que ninguém escutasse o choro do menininho.


-Harry...? Você está vivo -apesar das lágrimas era notável a felicidade na voz da bela dama, agora com o menino em seus braços, o pequeno tinha suas enormes bochechas molhadas por grossas lágrimas que não paravam de cair - shhh... Calma meu amor, você está seguro agora, eu vou cui...dar d...e você.... Eu pro...meto - ela ouviu sua própria voz falhar, mas ela estava decidida a cuidar daquele precioso bebê que se encontrava agora muito mais calmo e tranquilo, quase dormindo em seus braços. O pequeno começou a a se tranquilizar com o cafuné que recebia daquelas doces e amáveis mãos, e assim o pequeno Harry adormeceu.


Harry On


Tudo está tão escuro... Não consigo abrir os olhos. Eu não ia renascer??? Parece que eu só morri...


Antes de concluir meus pensamentos, um raio de luz invade meus olhos, um grito, foi a última coisa que ouvi antes da luz acertar o corpo daquela mulher. Aquela era minha mãe. Eu já vivi isso, mas dá primeira vez eu não tinha consciência.... Não posso chorar.... Não vou me permitir..... Mas.... -uma lágrima solitária desce pela bochecha de Harry


-Está tudo bem chorar meu herdeiro -A voz ecoa na mente de Harry mais uma vez. Aquela era a morte, falando com ele, a mesma que lhe permitiu recomeçar neste mundo paralelo.


Mesmo assim, o pequeno menino faz de tudo para conter suas lágrimas, mas não conseguiu, soltando um choro baixo, a dor era presente no peito de Harry, ele foi usado, sim, mas não era um monstro, aquela era sua mãe, e podia apostar que seu pai se encontrava no mesmo estado


O garoto então se permitiu chorar, ele deixou que as lágrimas molhassem seu pequeno e rosado rosto de bebê, Harry sentia seu peito apertar, estava tão focado em si que não percebeu a aproximação de uma mulher, adulta, aparentava a idade de sua mãe, Cabelos castanhos cheios e cacheados, ou será que eram ondulados? Sua visão estava embaçada pelas lágrimas. O que Harry conseguia se lembrar, era que ela tinha um bom abraço, e mãos quentes e amáveis, como as de uma mãe, bem que ele podia relaxar dessa vez, só um pouquinho. Seus olhos se fecham e Harry caiu no sono, tranquilo e sereno, nos braços de quem se tornaria sua nova família.


No dia seguinte


Harry acordou em um quarto, um belo quarto de bebê, estava em um adorável berço e.... WOW que cobertor macio... Parece que eu tirei uma boa soneca graças a ele. Harry parou um pouco para analisar o quarto, era bonito, decorado em tons de azul, alguma partes em branco, seu berço era em frente a porta e tinha um monte de animais pendurados no que parecia um lustre, só que para bebês, logo acima do seu berço. Eles giravam e tocava uma música boa..... dava um soninho..... NÃO! Não posso dormir agora, preciso saber onde estou, e quem era aquela mulher....


A resposta para sua pergunta veio logo, ao olhar para o lado Harry pode ver a mulher em vestes totalmente pretas acordando e indo em direção a ele.


Ao parar bem pertinho de seu berço menino pôde reconhece-la... Belatrix Lestrange.... Comensal da morte, louca, pirada mesmo. Mas então, por que ela parecia tão diferente?


-Parece que alguém acordou! -A mulher estava repleta de felicidade, felicidade essa que se dava ao Belo menino posto em sua frente. A perda de Lily e James era devastadora, mas maior do que tudo isso era a vontade de proteger esse doce presente que Melin lhe tinha dado.


-Vamos Comer, sim? -a doce voz da mulher pergunta ao menino ainda deitado lutando para permanecer acordado.


Harry então dá uma gargalhada, como um sinal positivo, uma gargalhada fofa e gostosa de se ouvir. Bella apenas podia contemplar o doce momento, analisando Harry que parecia a perfeita mistura de Lily e James, uma lágrima solitária escorre de um de seus olhos. A jovem Black Então se pôs a levar o menino a sala de jantar. (não farei ela mudar o nome, pq prefiro Black do que Lestrange, Rodolfo que lute)


-Achei que não viria tomar café -Rodolfo Diz brincalhão, com uma ponta de alívio em ver sua esposa finalmente poder ter uma boa refeição


-Vejo que o pequenino já acordou! Isso é ótimo - Ele parecia mais despreocupado, como se ver Harry tivesse tirado um peso enorme de cima de suas costas. O mesmo se aproximava para dar um beijo em sua esposa e se curvou um pouco para olhar Harry nos braços de Bella.


-Ele se tornará um bruxo incrível -o homem direciona sua fala a mulher, ao ouvir isso seus olhos se iluminaram em uma mistura de felicidade e orgulho, ela tinha certeza disso, ele era o filho de Lily e James, Harry estava destinado à glória, ela se certificaria disso.


Harry on


Após comer seja lá o que era aquilo, Belatrix me levou de volta ao quarto, meu quarto, pelo menos foi o que disseram. Aparentemente eu dormi, e agora estou amaldiçoando esse corpo de bebê que não se mantém acordado nem por 2 horas consecutivas.


Eu acordei ainda sonolento e pelo relógio na parede são 10:30 da noite, está tarde, mas quando decido voltar a dormir escuto vozes...


-O que houve com Petigrew? -reconheci a voz de Bellatrix, um pouco alterada eu diria


-Eu o matei- Harry imediatamente reconheceu a voz.


Não pode ser.... Não posso acreditar- Harry pensou enquanto lágrimas banhavam seu rosto, Harry não fez nenhum barulho, não podia interromper a conversa que aparentemente não sabiam que podia ser escutada do quarto do menor. Mas Harry se permitiu derramar inúmeras lágrimas, mas ele não estava triste, pelo contrário, Harry não podia estar mais feliz, aquela voz... Ele sabia quem era.... Era Sirius, Seu amado padrinho, Estava lá, estava vivo, Harry poderia vê-lo novamente, abraça-lo novamente.


-AQUELE DESGRAÇADO!!! Espero que esteja sofrendo no inferno agora mesmo -Bellatrix se pronuncia tirando o menino de seus pensamentos


-Eu também espero..... E quanto a Harry, ele está bem? -Sirius muda de assunto percebendo o quão melancólico o clima se tornava


-Ah Primo... Harry é tão adorável, os cabelos revoltos de James... os olhos de Lily, eu.... Senti que precisava cuidar dele -Harry percebera que a mulher havia começado a chorar, sua voz estava mais rouca e vez ou outra sua fala era interrompida por soluços


-Bella.... Como Padrinho de Harry eu sou seu guardião, mas você sabe..... Eu matei Petigrew, ele era um canalha, mas ainda serei punido. Eu voltarei pelo Harry, quero fazer parte da vida dele, mas enquanto isso.... Cuide dele prima, por mim, James e Lily -Sirius estava abatido também, mas ele não choraria, ele sabia que veria o seu afilhado novamente.


-Mas é Claro, claro que cuidarei dele.... Com todo o amor que imagino que Lily teria dado -bella-


Agora Harry Tinha os olhos cheios de lágrimas, que também escorriam por seu rosto encharcando seu cobertor. "Eu viverei, como se fosse minha primeira vida, não esquecerei minha passada, mas recomeçarei. Estou em um mundo diferente, as pessoas estão diferentes, e eu me permitirei conhece-las"


Ao perceber que provavelmente a conversa havia chegado ao fim, Harry promete a si mesmo " Não serei mais manipulado, não serei um peão, mas sim um jogador. Eu sempre fui péssimo em poções, mas agora serei o melhor, eu era bom em feitiços, agora serei perfeito, eu era incrível em voar, dessa vez serei uma lenda"


Harry é interrompido por uma porta se abrindo, Bella e Sirius adentram o quarto e param cada um em um lado do berço observando Harry que finge estar adormecido


-Oh meu menino... De fato ele é adorável -Sirius se pronuncia em um sussurro

-ele é uma benção sirius.... Eu perdi meu bebê faz pouco tempo, e vendo Harry, esse lindo menino, parece que o destino nos uniu, primo-Bella-


Harry não pôde conter a surpresa, abriu seus olhos observando o rosto choroso de sua nova guardiã. "Isso deve ter sido horrível..." Pensou harry. Uma lágrima escorreu pela sua bochecha. "Bella queria um filho...." Pensou Harry sob os olhares assustados dos adultos ali presentes.


Bella Rapidamente pegou o bebê nos braços sussurrando qualquer coisa pra acalmar Harry. A mesma recebeu em troca pequenos bracinhos envolta de seu pescoço, envolvendo se em um abraço apertado e reconfortante.


-é como se ele soubesse do que estávamos falando.....-Sirius decide quebrar o silêncio


-Sim....- Bella diz com um amável Sorriso.... Ela não podia estar mais feliz.


Sim.... está decidido. "Se Bella quer um bebê.... Então eu serei esse bebê, eu vou ser o melhor filho do mundo, apenas espere...."


Continua...

______________________________________

Bom gente esse foi só o primeiro cap. Desculpem se tiver erros eu vou tentar corrigir depois.


Lembrando que esse é um universo paralelo, então tem muuuita coisa aleatória, essa foi uma ideia muito louca que eu tive de repente, então me desculpem se tiver algumas pontas soltas nos acontecimentos, até pq eu nem formulei o universo totalmente, planejo fazer isso aos poucos, talvez dê certo, talvez não, eu espero que pelo menos seja divertido de escrever e ler.


Beijos pra todos vcs ❤️❤️

8 de Septiembre de 2020 a las 15:31 4 Reporte Insertar Seguir historia
8
Leer el siguiente capítulo CAPÍTULO DOIS

Comenta algo

Publica!
Nay Slytherin Nay Slytherin
Mal comeceu e já Viciei 😁🙃

MP Mony Potter
Eu li essa história no Wattpad e vou ler aqui de novo
May 16, 2021, 15:44
Nashira Nashira
Acabei de chegar aqui, já amei perfeito
May 15, 2021, 18:55
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 9 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión