C
C Clark Carbonera


Esse poema foi feito para Leon, personagem da história O Lobisomem do Bairro Fleetward, publicado aqui na plataforma. Poucos foram os que leram a história de Leon (um dos meus personagens preferidos), mas mesmo esses que não a leram, espero que se interessem por esse menino-homem. (e me desculpem pelo spoiler, mas verdade seja dita, O Lobisomem do Bairro Fleetward foi publicado há teeeempos aqui, só não leu quem não quis XD)


Poesía Todo público. © Todos os direitos reservados

#o-lobisomem-do-bairro-fleetward #redenção #lobisomem
Cuento corto
5
517 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

-

Escutando a noite toda,

Seus uivos ecoam

E eu sinto sua dor.

Sob pressão e opressão

Um invasor dentro de mim.


Os meus demônios

Crescem assustadoramente

Envolvidos pelos seus.

“Ruja” ele ordena.

“Ruja” ele ordena.


Crescendo em obsessão

Preciso me reconciliar

Com o monstro que

Ascende dentro de mim.


A Lua é forte demais

E o poço negro sussurra

Meu nome, gota a gota:

Leon Lobinho, é hora de ir


28 de Agosto de 2020 a las 00:00 8 Reporte Insertar Seguir historia
7
Fin

Conoce al autor

C Clark Carbonera “A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar.” Fã de carteirinha de Buffy - The Vampire Slayer.

Comenta algo

Publica!
Sabrina Ternura Sabrina Ternura
A potência desses versos é arrebatadora, singela e com traços de melancolia. Estou apaixonada pela sua escrita! Obrigada por compartilhar conosco ♥
October 16, 2021, 04:04

  • C C C Clark Carbonera
    Eu que te agradeço por das uns pulinhos nos meus versos, Sabrina ^^ Seus comentários e votos me incentivam a continuar escrevendo apesar da falta de tempo. Muito obrigada :) October 23, 2021, 15:55
Bob Fantasma Bob Fantasma
É um poema que tem a sua beleza, mas a última estrofe é realmente a mais poderosa. Não sei bem como explicar, mas tem algo muito singelo e, ao mesmo tempo, ameaçador e melancólico. Bem, pelo menos foi assim que me senti ao ler.
May 10, 2021, 00:15

  • C C C Clark Carbonera
    Eia, Bob Fantasma, obrigado pelo comentário! Suas impressões se parecem muito com as minhas quando escrevi esse poema :) May 17, 2021, 15:52
Ruana Aretha Ruana Aretha
O que posso dizer de um escritor que realmente desperta no leitor algo fabuloso e repassa através da poesia? Apenas que continue a escrever e transcenda sempre os seus uivos de palavras. Grata por mais uma escrita.
December 18, 2020, 12:47

  • C C C Clark Carbonera
    Nossa, Ruana, que incrível ver você lendo meus poemas (que a propósito considero beeem fraquinhos perto dos seus hehehe). Muito obrigado pelo comentário tão fofo e incentivador *-* December 19, 2020, 18:40
Margarita Lapina Margarita Lapina
Genial! TYVM dear friend ))
October 31, 2020, 01:11

~