Blue Martell Blue Martell

O cheiro de peixe frito e frutas frescas invadiam suas narinas, tal qual as folhas de mangueiras invadiam as ruas. O calor insuportável abafado pelas vidraças a fazia ver os antigos casarões se mexendo. Mal podia aguardar o inverno amazônico, quem sabe o cosmos não a brindava com uns bons 15°? As mangas já estavam nascendo, só de ver sua boca salivava. O sono e o cansaço não a deixavam apreciar o quanto de bom e de privilégio havia naquilo tudo, mas quando chegasse em casa, haveria de saber.

#cotidiano
  4 weeks ago
AA Compartir

Comenta algo

0 Comentarios
Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!

Más microrrelatos