jace_beleren Lucas Vitoriano

Personagens dos mais variados jogos da Nitendo são reunidos por uma entidade para se enfrentarem em um torneio épico.


Fanfiction Games All public.

#Super-smash-bross #ação
0
3.6k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Prológo

O seu mundo era vazio, apenas um quarto solitário repleto de objetos inanimados. Ela era a Mão, a Mão Mestra, ou, como preferia ser chamada, a Master Hand. Dentro daquelas quatro paredes que eram os limites de seu mundo ela era o único ser vivo, a única criatura pensante.

Esse mundo era um quarto comum, como o de qualquer criança. Haviam livros infantis, uma cama, televisão, uma janela que dava para ver um lindo e inalcançável sol. Peças de roupas estavam espalhadas pelo chão. Havia uma mesa com uma caneca, lápis espalhados e um abajur. Em um canto do quarto, meio esquecido, havia um baú velho a muito tempo fechado. A Master Hand conhecia todos aqueles objetos, já havia lido todos os livros, já conhecia cada canto daquele quarto. Aquele mundo era vazio, triste, sem graça.

A única forma da Master Hand identificar alguma mudança naquele mundo era através da janela a qual era possível ver o sol e a lua se alternando em sequencias infinitas de dias e noites. Mas o que era a Master Hand? O que era o deus daquele mundo solitário? Ela nada mais era do que uma luva branca que, por algum motivo, tinha vida e personalidade própria. A luva levitava e interagia com os objetos dali. Mas sua existência não tinha proposito.

Foi então em uma manha de verão, um dia como qualquer outro, que ela teve uma ideia. Uma sensação nova de empolgação tomou conta daquele deus e a Master Hand começou a colocar seus planos em ação. Com pressa ela retirou os objetos de cima da mesa e começou a organiza-los, sua mente criativa imaginava cenários transformando a caneca em um grande cano verde e os livros, ajustados um do lado do outro, em prédios. Ela criou todo o cenário, e, quando tudo estava pronto, abriu o velho baú.

Era no baú que estavam os brinquedos, eram oito bonecos ao todo, bonecos simplórios que representavam personagens de jogos de vídeo game antigos. Ela conhecia a história daqueles jogos e reconhecia a personalidade de cada um daqueles brinquedos. Eles vinham de mundos diferentes, mundos fantásticos povoados por monstros, aliens, princesas. A Master Hand imaginou qual maravilhoso seria se aqueles simples bonecos tivessem vida e lutassem entre si. Um choque de mudos, uma torrente de batalhas épicas!

Cuidadosamente ela separou os brinquedos e organizou como seriam as lutas. Eram oito brinquedos ao todo, então lutariam em quatro batalhas. Os quatro vencedores lutariam em mais duas batalhas sobrando apenas dois lutadores que lutariam entre si no confronto final. Sim, séria a coisa mais fantástica que aconteceria naquele mundo.

A Master Hand preparou tudo. Organizou o campo de batalha e os lutadores. Contou em contagem regressiva simbolizando os números que seus membros, os dedos que possuía. Quando a contagem terminou estalou os dedos e a mágica se fez.

Os brinquedos ganharam vida!

Nov. 29, 2019, 9:28 a.m. 0 Report Embed Follow story
1
Read next chapter Pikachu vs Kirby

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 9 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!