Califórnia Dreaming Follow story

nandapoynter Little Joanna

Cansados da vida que levavam, três amigos resolvem embarcar em uma viagem para se redescobrirem. Agora, longe de casa eles descobrirão que as coisas não são tão fáceis quanto imaginavam, porém, juntos superam todos os obstáculos que se apresentam no decorrer da história.


Drama Not for children under 13.

#lgbtq+ #drama #amizade #romance
3
2.8k VIEWS
In progress - New chapter Every Thursday
reading time
AA Share

Prólogo



- Onde ele está? - Lex perguntou ao entrar em casa e jogar a bolsa sobre a mesa de centro.


- Aconteceu outra vez... - Ainda sentada no sofá, Verônica ergueu o olhar para ela e em seguida olhou para o corredor dos quartos - Ele está lá.


- Por que não interveio? Por que deixou que ele fosse até lá? - Seus olhos estavam marejados e seu rosto estava ruborizado, não se sabia ao certo se pela irritação ou pelo clima.


- E proibí-lo de falar com a mãe? - Riu sem humor - Não devemos nos meter nisso.


- Não se importa com ninguém além de si mesma? - Alexia ergueu a sobrancelha direita e começou a caminhar em direção aos quartos.


- Acha que não me importo com ele? - Verônica a puxou pelo pulso, encarando- a - Quem você acha que cuidou dos ferimentos? Quem você acha que ouviu o choro? Quem você acha que sentiu vontade de ir até aquela maldita casa e agredir aquela família nojenta? Não diga que eu não me importo! Sinto a dor de Lucca tanto quanto você!



Um ranger de porta se pôde ouvir e logo ele estava parado as encarando, seus olhos estavam fundos e seu corpo repleto de hematomas.



- O quê fizeram com você? - Alexia caminhou até o menino e o abraçou.


- Ela disse que sou o próprio demônio... - Respondeu com o olhar vazio. - Que não devo ousar retornar àquela casa, pois sou uma vergonha para todos eles.



Sem aguentar olhar a cena por muito tempo, Verônica atravessou a sala e abriu a porta, sentando-se na escada em frente a casa.



- Ei... - Ouviu a voz de Alexia atrás de si.


- Vá embora. - Disse, fitando o nada.


- O que? - Lex se sentou ao lado dela.


- Sei que não é isso que planejava, você sabe - Deu de ombros - Até quando vai aguentar isso? Seu amigo sendo espancado e discriminado pela família apenas por ser homossexual, sua amiga expulsa de casa porque a família a odeia. Não há futuro para nós Alexia, você é a única que ainda tem para onde ir, não abra mão disso.


- E se todos tivéssemos um lugar para ir? - Ela pegou uma pedrinha e atirou no chão. - E se fôssemos embora? Começar de novo.


- Não há recomeços para quem está fadado a viver na merda - Verônica riu sem humor.


- E se houver? - Ela insistiu - Faz um tempo que venho pensando em como seria morar na Califórnia, nós três. Podemos começar a estudar, você sabe... dar uma chance a nós mesmos. O que acha?


- Se Lucca aceitar eu aceito, eu faço o que for melhor para ele.


- É melhor começar a fazer suas malas então. - Lex sorri e se levanta, entrando em casa.

Nov. 21, 2019, 3:05 a.m. 6 Report Embed 5
Read next chapter Natal

Comment something

Post!
nathaly lira nathaly lira
me gusto
November 27, 2019, 18:34

  • Little Joanna Little Joanna
    Gracias, espero que sigas acompañándome y apoyándome! November 29, 2019, 01:34
Donna Dan Donna Dan
Olá, Little Joanna! Adoro histórias sobre recomeço. Infelizmente as pessoas não deveriam conhecer o preconceito dentro de casa, mas sabemos que acontece muito. Entretanto, a maioria das vezes, as pessoas sente-se obrigados a aturar essa família e não almejam mudanças, como se aquele obrigatório viver aquele sofrimento já que é sua família. O texto foi breve, fiquei na expectativa de conhecer mais os personagens. Talvez isso aconteça nos próximos capítulos, fico na expectativa. Na verdade, acredito que o ponto forte da história são esses personagens, o pouco que foi narrado já deixa no ar que eles têm muit história e o cenário físico acaba não sendo tão importante na narrativa. Em relação à gramática e ortografia a história também está bem escrita. Algumas coisas precisam se atenção como: "Interviu" em vez de "Interveio" e "O que?" em vez de "o quê?". Obrigada por postar, vou aguardar para conhecer mais desse trio!
November 25, 2019, 03:06

  • Little Joanna Little Joanna
    Oh, muito obrigada! Esse tipo de retorno é sempre agradável, aproveito para agradecer-lhe pelas observações também, é importante para meu crescimento. Espero não decepcioná-la no decorrer dos próximos capítulos. No entanto, ressalvo a tristeza que é viver o preconceito onde deveria se encontrar apenas o amor. Meus personagens são criados sempre com base nas pessoas a minha volta, que são minha maior inspiração. Mais uma vez lhe agradeço pelo comentário, disponibilizar um pouco do seu tempo para me alertar foi um belo gesto, não possuo mais palavras para expressar minha gratidão. Forte abraço! November 29, 2019, 01:33
jeisson alvarez jeisson alvarez
me encanta tu forma de escribir te felicito sige asi
November 24, 2019, 20:05

  • Little Joanna Little Joanna
    gracias por tu cumplido, me animo mucho!! November 29, 2019, 01:21
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 1 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!