Short tale
1
736 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Montanha

Quando eu era menina, olhava a montanha através do vidro da janela do meu quarto. Minha determinação, sonho ou meta, como queira chamar, era abrir a janela, correr noite a fora e juntar toda a coragem e força do mundo para escalá-la e quando chegar lá em cima, sentir-me a dona do mundo, governante do Universo, maior que todos e mesmo que não pudesse governar tudo, poderia governar a mim mesma.

Hoje não sou mais uma menina, mas uma mulher forte e independente. Para desonra de minha família, não sou casada, nem quero. A liberdade que tenho agora jamais poderá ser regulada por um homem ou um filho. E por mais que a sociedade restrinja-me à minha própria insignificância, não perderia quem sou por ninguém.

O dia de hoje é muito importante. Estou no pé da montanha pronta para minha escalada, a última missão da minha vida. Essa montanha representa o meu futuro, toda a minha jornada. Irei enfrentar muitas dificuldades, mas vou superá-las, pouparei água e comida para que dure até ao fim e minha alma será abraçada pelo vazio, escuro e aterrorizante nada.

Mas para minha surpresa, quando cheguei ao topo da montanha, não existia fim e toda a jornada que eu tinha feito até agora era apenas um "meio". Ainda há milhares de montanhas para escalar e em cada uma eu vou aprender algo. Mas o que mais me assustou foi que há pessoas nas outras montanhas e parecem me esperar. Essas serão minhas futuras famílias...

Aug. 30, 2019, 1:28 p.m. 2 Report Embed 4
The End

Meet the author

Valéria Costa Adoro a vida e toda sua composição. Amate de literatura e qualquer coisa que possa ser leitura. Estudante de Letras apaixonada pela arte de lecionar. Observadora das estrelas, precursora da liberdade e fã de café (muito café mesmo).

Comment something

Post!
Rodrigo Borges Rodrigo Borges
Sempre me imagino no alto de uma montanha, ninguém ao meu arredor, e então tenho a ousadia de gritar qualquer coisa, desde que seja de maneira esgoelada e alta. Mas sim, a gente vai crescendo, e percebemos que essas montanhas são mais abstratas do que sólidas... as montanhas da vida, obstáculos, problemas, seja como for.
Sept. 4, 2019, 12:36 p.m.

  • Valéria Costa Valéria Costa
    Incrível nossa capacidade de fugir da realidade. Imaginar como seria se distanciar de tudo e simplesmente gritar para o mundo o que você sente. 2 weeks ago
~