Constelações Follow story

luraywriter Luray Armstrong

Você também dizia que meus olhos, que parecem cinza, eram legais. Você também é muito legal, Sasuke, tão legal, com seus olhos escuros, e malditamente gostoso e inteligente e o rosto perfeito. Até sua personalidade horrível é legal. Mas seu sorriso, Sasuke, seu sorriso não é legal. Ele acabou com a minha vida. escrita em 10/2017


Fanfiction Anime/Manga For over 18 only.

#angst #sasuneji
Short tale
0
3.7k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo único

Eu te amava.

Eu sempre amei. Desde a primeira vez que te vi sorrindo, coisa que você não faz muito. E agora eu sei por quê.

Teu sorriso é precioso demais pra você mostrar a qualquer um.

Naquele dia você estava de azul, o que não era raro. O sol se escondia atrás de algumas nuvens no céu, mas não iria chover, e isso também era comum. A única coisa especial naquele dia foi seu sorriso. Em várias partes do mundo pessoas nasceram e morreram, eu apenas fui à escola e voltei para casa, as aulas foram comuns, estávamos com os amigos de sempre. Foi tudo a mesma coisa de sempre, ou deveria ter sido. Se você não tivesse sorrido, Sasuke.

Os olhos escuros transmitiam paz e eu simplesmente não pude deixar de encarar, até você voltar ao normal, parar de sorrir e me dar uma patada. Como sempre fazia comigo, como fazia com todo mundo. mas nada ia mudar o que já havia acontecido. Eu me apaixonei perdidamente por você.

Você nunca disse que gostava de mim.

“Gostar é uma palavra forte demais”, você dizia.

Mas você também dizia que eu era suportável, e isso era o mais perto de um elogio que qualquer pessoa do nosso grupo já havia chegado. Eu me senti especial. Você dizia que era aceitável estar comigo, porque eu era calmo e não te enchia o saco. Sua cara dizer isso.

Você também dizia que meus olhos, que parecem cinza, eram legais.

Você também é muito legal, Sasuke, tão fodidamente legal, com seus olhos escuros e malditamente gostoso e inteligente e o rosto perfeito. Até sua personalidade de merda é legal.

Mas seu sorriso, Sasuke, seu sorriso não é legal. Ele fodeu com a minha vida.

Uma vez, em seu quarto, apenas esperando o resto dos garotos chegarem para uma “noite do pijama”- que os garotos não gostavam de chamar de noite do pijama porque “é coisa de menina” contudo é exatamente o que era- você perguntou se eu era gay e eu respondi que era bi, o que é verdade, então você me disse que estava confuso e queria me beijar para ter certeza então eu deixei, claro que eu deixei, você estava me olhando com aqueles olhos e chegando perto de mim com aquela boca, então como eu diria não? Contudo, Sasuke, você não parecia nem um pouco confuso enquanto me fodia na sua cama, rápido, forte, com pressa e medo que os outros chegassem e nos pegassem ali. Eu que me virei para explicar por que não conseguia andar e muito menos sentar direito depois, mas tudo bem porque os seus gemidos…

Ah, Sasuke, você gemia meu nome tão baixinho, no meu ouvido, beijando meu pescoço, com tanto desejo. Era tão bom…

Não foi a única vez que algo assim aconteceu. Fizemos muitas e muitas vezes. Em vários lugares. E eu sempre dizia que seria a última vez, porque aquilo fodia demais comigo e eu estava quebrado demais e não podia culpar você. Você nem sabia.

Mas a questão é que no céu da sua boca eu virava estrela. Eu me sentia brilhar e explodir quando nossas linguas se tocavam, e era tão bom.

Contudo, eu era só mais uma estrela dentre as várias constelações na sua boca. Nunca fui o único. Te dividia com garotas e, depois que você mesmo se aceitou, com garotos. Principalmente com o Naruto. Eu notei muito rapidamente a forma como olhava pra ele, fui o primeiro a descobrir que vocês estavam ficando e, com certeza, o que mais sofreu com essa notícia- e, claro, não o único.

E agora, você acabou tudo comigo. E com todos os outros.

“Eu vou pedir o Naruto em namoro”, você disse. “Estou apaixonado por ele e ele não é do tipo que vai me dividir com alguém. Não que eu queira ser dividido”.

E então você sorriu.

O mesmo sorriso pelo qual me apaixonei. Desta vez eu o odiei.

Era um sorriso pro Naruto, por ele, para ele e pensando nele.

Naruto.

Naruto.

Naruto.

De repente, não conversávamos mais para nada e você ficava apenas com ele o tempo todo. Eu era obrigado a ver vocês juntos o tempo todo e assisti-los se pegando pelos cantos. Porque, obviamente, ele aceitou o pedido. Seria louco se não o fizesse.

Na verdade, me pergunto o que seria pior: ver quem eu amo sofrer por amar outra pessoa ou vê-lo diariamente com essa outra pessoa?

Imaginando agora o meu (não tão meu assim) Sasuke triste ou ainda mais fechado por aí parte meu coração, entretanto eu estou vivendo o que estou vivendo e dói pra porra então realmente não sei o que seria pior.

Não que minhas dúvidas importem.

Nada vai mudar o que eu estou passando.

Eu vou continuar sofrendo e chorando sozinho, quando ninguém estiver vendo, e na frente de todos permanecer calmo, o Neji de sempre. Porque não me resta mais nada a fazer do que isso, não há mais nada para mim.

Não sou mais uma estrela no teu céu cheio de constelações. Não sou mais sequer uma estrela. Eu morri e, como as pessoas da Terra que só descobrem que uma estrela sumiu milhares de anos depois, você não notou, nem vai notar.

July 12, 2019, 7:25 p.m. 0 Report Embed 0
The End

Meet the author

Luray Armstrong Perfil também disponível no Wattpad. Facebook: Luray Armstrong . SNS ❤ TODOKIRIBAKUDEKU ❤ KageHina ❤ Solangelo/Pernico ❤ Sheith ❤

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~