jaqueline-peixtoo Jaqueline Peixtoo

Sakura Haruno está vivendo um caos após se tornar secretária de um verdadeiro demônio engravatado, mas popularmente conhecido como Kakashi Hatake, ele filho Sakumo Hatake amor de pessoa mais Kakashi é chefe se demonstrar ser insuportável e completamente rude, mesmo que suas ações não sejam sempre intencionais.


Fanfiction Anime/Manga For over 18 only.

#odio #chefe #amor #secretaria #kakasaku
Short tale
12
4.5k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Desejo Flor da Pele...

Sou Sakura Haruno tenho vinte e dois anos mora em Londres em pequeno apartamento, trabalho na Empresa “Hatake’s Advertising” a exato oito meses. Era para ser um dia comum, mais por sinal acabei acordado atrasada levando a cama correndo olhei no relógio marca 07h20min, “Meu Deus estou bastante atrasada”, corro para banheiro onde tomei banho rápido, assim que termino seco e enrolei na toalha vou direção do guarda-roupa pego lingerie branca, saia social preta, blusa branca de botões, scarpin preto, fiz maquiagem leve, deixo cabelos soltos. Pego minha bolsa, celular e chaves do carro e por fim peguei maça na fruteira, pego elevador para terreio onde meu carro estacionado. Logo entro no carro e coloco bolsa no banco de trás em seguida dou partida no carro. Para pior minha situação pego uma engarrafamento infernal, hoje tenho plena certeza que aquele demônio de cabelos prateados matar por chega super atrasa.

Cheguei ao estacionamento da empresa 08h30min, pego minha bolsa corro para pega elevador já que trabalho no 9

º andar. Passo pelo corredor direito para minha mesa, logo do suspiro profundo de alivio, mais minha paz acabou quando Ino chega furiosa.

— Testa! Você esta atrasada. — fala como cara de brava. — Tentei te dar cobertura, mas acho que não deu muito certo. O seu chefe esta fera disse que assim que você chegasse era direto para sala do demônio Hatake.

— Por que ele esta de marcação comigo. — murmurei deixou minha coisa em cima da mesa. — Acho mais engraçado que todos aqui podem chegar atrasado, quando eu me atraso tenho leva bronca. — foram só 30 minutos de atraso.

Parece que ele não pode sentir minha falta, se esse imbecil não fosse meu chefe mandaria para inferno.

— Acho melhor para de reclamar antes que as coisas piorem ainda mais para você. — não dei muito ouvido para que Ino dizia esta deixando ainda mais nervosa.

Meu querido chefe Kakashi Hatake, aquele imbecil parece ter prazer de atormenta pobre secretaria, é neste caso sou eu. Adorava me explora e faz fica depois do horário, pior que preciso tanto desse emprego por isso tenho aguenta esse filho da puta.

Vou direto para sala dele que por sinal porta esta fechada bati de leve na porta, logo ouvir “Entre”, lá esta ele sentando na sua cadeira de couro como cara de tedio, já posso espera vai sobra alguma coisa para mim.

— Senhor Hatake me chamou? — perguntei já engulo seco, imbecil se quer olhou minha direção continuou olhando papeis em cima da mesa.

— Sim, chamei. — agora ele olhar. — Por favor, fecha a porta e depois sente-se. — ele falar e eu simples obedeci.

Assim que fecho a porta e sentar na cadeira, comecei observa aquele homem na minha frente, cabelos prateado meio bagunçado, camisa social branca que marca bem o peitoral trabalhado por horas de treino, uma gravata vermelha, calça social preta apertada nas coxas, seu palito no encosto da cadeira, aquele homem deixava qualquer mulher atordoada, vou ser super sincera mesmo sendo filho da puta Kakashi era extremante sexy.

— Atrasada pela segunda vez senhorita Haruno. — Estou ferrada acabou de falar meu sobrenome.

— Desculpe a minha sinceridade quase todos o que trabalham nesta empresa chegam atrasados, você nunca chamou ninguém para dar sermão. — cruzei os braços. — Cheguei 30 minutos atrasada.

— Senhorita Haruno não quero sabe das suas desculpas por chegar atrasada. —sempre como jeito ogro de ser. — Ficara depois do horário, ira revisar alguns documentos comigo.

— Não estou falando nada... Tenho total consciência que cheguei atrasa, nem por isso você te o direito de punir dessa forma, até parece ser perseguição como minha pessoa. — ele observa de um jeito chega dar medo mais depois surge sorrisinho sarcástico.

Meu Deus eu minha boca grande agora sei que vou ser mandada embora por justa causa.

— Já disse ficara depois do horário. — ele disse em tom serio não me dar muita opção, não ser aceitar.

Levantei vou direção a porta estou bufado de raiva, dou olhadinha para trás percebe que imbecil esta como aquele sorriso sínico, “que vontade de dar soco na cara dele tira aquele sorriso do seu rosto”, sair e fecho a porta.

Vou direto para minha mesa bufado se pudesse já teria matando esse imbecil, Ino me olhar esperando que falasse alguma coisa, só de lembra daquele sorriso sarcástico de da anciã de vomito, como pode homem ser tão bonito e sexy mais ao mesmo tempo ser tão irritante e arrogante.

— Sakura, o que seu chefe demônio falou para você esta tão irritada assim! — Ino me conhece muito bem, para piora não tem como esconder nada dela, já que somos amigas.

— Como punição por chegar atrasa, aquele demônio disse terei fica depois do horário. — estava como tanta raiva daquele idiota.

— Dessa vez ele pegou pesado como você, até parece que ele... — Ino não termina a frase isso deixa como pulga atrás da orelha.

— Melhor termina a frase Ino! — sou muito curiosa, queria sabe o que aquela porca esta pensando.

— Esta parecendo que toda essa perseguição... Eu acho que ele esta afim de você! — não aguentei comecei rir na cara dela, percebo que ela me olhar super seria.

— Ino! Não fala isso nem de brincadeira. — agora será isso verdade e coisa da cabeça dessa doida.

— Quase 80% de certeza que bonitão do Hatake esta afim de você amiga. — Aquelas palavras ficaram na minha mente, será que isso possível que Kakashi esteja afim de mim.

— Vamos deixa esse assusto para depois, pois ainda termos muito trabalho pela frente. — tentei foca no trabalho, mais consegui coloca sementinha do mau na minha cabeça, isso deixa completamente perdida.

Pior o dia parece que foi passando em câmera lenta, tive assinar pilhas e pilhas papeis e fazer vários relatórios, Kakashi não me deixou em paz, estava exalta só queria que esse dia terminasse logo eu pudesse ir para casa toma banho quente e descansar. Hoje sexta-feira, tinha combinado de sair como meninas, mais meus planos foram frustrados, levantei da minha cadeira caminho em direção do refeitório pego um café, lá esta Ino e Tenten conversando toda animada para hoje a noite.

— Oi Saky! — Tenten toda sorridente.

— Olá Tenten. — falo como voz desanimada.

— Nossa que desanimo esse garota? — simplesmente dei ombro pego meu café.

— Saky! Esta de mau humor o gostosão do Hatake disse para ela fica depois do horário. — juro se Ino não fosse minha amiga, já teria partido para cima dela.

— Ino! — mostre que estava irritada, Ino dar um sorriso sem graça.

— Hatake é um homem muito bonito, gostoso para porra, um Deus Grego mais muito mau humorado faz perde toda tensão. —olhamos uma para outra começamos a rir.

— Parece que ele tem pegada. — dessa vez tinha que concorda como aquela tarada da Ino, só pensar naquela voz rouca me deixa toda molhada.

— Saky! Que tipo de homem que você gosta na hora do sexo... Aqueles que são românticos ou aqueles que te dominam e puxa seu cabelo e te xingar. — tenho que confesso só tenho amigas pervertidas.

— Bem... Não ou do tipo que gosta de romance na hora sexo, não gosta de nada disso... Gosto que puxe me cabelo e fode como força, que deixe marca por todo meu corpo. — percebo que as duas estão como acara espantadas mais não falei nada demais, quando escuto voz rouca atrás de mim assusto, sinto arrepio pelo meu corpo.

— Desculpe atrapalha a conversa de vocês... Senhorita Haruno preciso que vau minha sala imediatamente. — não conseguir nem olhar nos olhos dele, estava morrendo de vergonha. Piora como vou conseguir encara-lo depois dele ter ouvindo minha conversa como as meninas.

— Sim, Senhor Hatake. — logo sair do refeitório, meu coração esta mil olhei em direção bestas começam ria da minha cara.

— Amiga você deveria te visto sua cara. — as duas pareciam hienas.

— Ino! Vamos embora. Boa sorte Saky! — nossa que grandes amigas que tenho fica zuando da minha cara.

Tenten e Ino, assim como os outros funcionários foram embora, não tinha mais desculpa para enrolar, peguei minha bolsa vou em direção da sala do meu chefe. Porta esta só encostada meu coração estava quase saltando pele boca, empurrei a porta.

— Com licença Senhor Hatake! — Por que estou tão nervosa.

— Pode entrar Sakura... Por favor, me chame de Kakashi. — ele falar e me olhar diferente como se tivesse me desejado, “Sakura é só coisa da sua cabeça, Kakashi e seu chefe”. — Sente-se Sakura.

Observe que ele esta diferente de horas atrás, notei que manga da sua camisa estava dobrada, sem gravata é botão da camisa desabotoado que deixa mostra peitoral bem definido, sem percebe mordi levemente no lábio inferior, não posso mentir estava desejando aquele homem.

— Sakura! Algum problema? — ele me tira do meu transe que faz fica levemente corada.

— Não há problema algum. — ele esboça sorriso safado, sabia que estava babando era por ele.

Verificamos vários documentos e deixamos tudo organizado por data para facilita o nosso trabalho dentro de pastas. As vezes percebo que ele esta observando tentei fingir que não estava vendo.

— Por que você , deixa sempre depois do horário? — se arrependimento matasse estaria morta.

— Gosto da sua companhia, Sakura. — ele olhar fixamente nos meus olhos.

Perfume dele amadeira invadi minha narina, Kakashi dar mordinha no lábio inferior continua olhando fixamente para mim, isso deixa completamente sem jeito para tentar disfarçar coloco mechas atrás orelha.

— A sua esposa não fica brava de chegar sem tarde em casa. — ele me olhar em seguida dar sorriso malicioso.

— Sakura! Não sou casado e também não tenho namorada... Sou solteiro, envolvo como algumas mulheres mas tudo passa de encontros casuais, ou seja, sexo sem compromisso. — agora percebo claramente tom de malicia em tudo que ele dizia. — Quanto a você?

— Sou solteira... Tive alguns relacionamentos mais nada serio. — com certeza esse tipo de conversa sempre acaba muito mal.

Kakashi se levanta pega as pastas sobre a mesa e coloca sobre uma estante de madeira.

— Você aceita bem alguma coisa... Whisky, vodca, o que prefere?

— Whisky como gelo. — ele prepara dois copos, logo entra um copo para mim em seguida senta na mesa na minha frente, sentir meu rosto ficando vermelho. Bebi um pouco da bebida, e cruzei a perna nesta hora Kakashi olhar diretamente para ela.

— Quantos anos você tem, Sakura?

— Vinte e dois... E você?

— Tenho trinta e sete. — ele mordia o lábio, com certeza já percebeu que tenho uma queda por ele. — Posso fazer uma pergunta pouco intima! — agora sim esse que estou suado muito e bebo um pouco de whisky tentar acalmar.

— Claro!

— Quanto tempo você faz sexo? — tomei coragem levantei, parei de frente a ele inclinei um pouco para frente e apoiei as mãos na mesa, aproximo bem seu ouvido e sussurro.

— Você é muito curioso, sabia! — ele dar um sorrisinho quase fez desmaia, coloca mão na minha cintura me puxando fica entre as pernas dele, depois começa deposita vários beijos no meu pescoço isso causa arrepio por todo meu corpo, logo ele aproxima do meu ouvido e sussurra como voz rouca e sexy.

— Sakura! Quero você... — tentei afasta dele mais puxa ainda para mais perto, nos olhares se cruzam.

Lentamente Kakashi se aproxima dos meus lábios é dar beijo molhado, depois volta para meu pescoço como aponta do nariz começa sentir meu cheiro, isso faz dar gemidinho baixo. — Quero muito você... Seja minha... Eu sei assim com eu te desejo... Você também esta desejando.

Kakashi passar a mão na minha nuca e começa beijar, nossas línguas estava como mistura desejo e sabor de whisky. Não demorou muito ele começa desabotoar minha camisa, sentir sua mão em meus seios apertando.

— Sim... Sim... Quero você. — em meio gemidos e beijos, ele se afasta da mesa sem parar como os beijos, pega pela cintura coloca em cima da mesa começa ergue minha saia logo ele puxa minha calcinha.

Kakashi fica entra minhas pernas começa passa a língua por toda extensão da minha intimidade isso causa tremores pelo corpo, nossa aquele homem sabia trabalha muito bem como a língua, hora ele lambia e sugava, parecia lobo faminto, eu segurava nos seus cabelos. Ele logo penetrar como dedo, não demorou muito coloca outro, estou no paraíso.

— Goza para mim... Minha vadia... Goza na minha boca... —gozei, ele bebeu tudo, passava a língua por toda extensão da minha intimidade. Kakashi se levantar olhar em meus olhos em seguida me beijar, fazendo sentir meu gosto se mistura como beijo.

Logo ele se afasta, começa desabotoar a camisa e depois a calça ficando somente de cueca boxer preta começa passar mão nos seu membro. Terminei de livra das minhas roupas fiquei completamente nua. Kakashi sentar na cadeira faz sinal para desça da mesa, assim fiz logo ajoelhei de frente suas pernas, seu membro rígido tirou para fora da cueca logo comei lamber toda a base até ponta. Passei a língua na glande o fazendo dar um gemido rouco, depois coloco membro na minha boca começo movimento de vai e vem, seu membro pulsava na minha boca, logo ele segura meus cabelos. Cada vez Kakashi gemia de excitação, sinto esta quase perto de gozar puxa meu cabelo como mais força.

— Engoli tudo minha puta! — ele goza na minha boca bebi ate ultima gota. Preciso sentir esse homem dentro de mim.

— Quero sentir você dentro de mim. — ele olhava surge sorriso, percebo que seu membro esta duro novamente.

— Sakura! Não me provoca... — Kakashi me pega no colo leva contra a parede começa pincelar o seu membro na entrada da minha intimidade, logo ele entrar de vez. — Aah que delicia tão apertadinha. — gemi como a primeira estocada, cada vez mais Kakashi pressionava contra parede gelada, logo ele começa gemer próximo meu ouvido isso deixa ainda mais excitada começo a unha a costa dele. Intensifica as estocadas foram ficando cada vez mais fortes e intensas.

Kakashi continuava como um ritmo frenético. Aquele homem estava deixando louca, ele me segura como aqueles braços forte leva para sofá.

— Fica de quatro para mim. — faço exatamente o que ele ordenar, apoio no sofá logo Kakashi posiciona atrás de mim, entra de vez sem avisa já começa como estocada forte e profunda, na sala ecoava nossos gemidos e som dos nossos corpos se chocando. — Aah Sakura! — ele puxa meu cabelo como força e apertava minha cintura como a outra mão, começa gemer no meu ouvido isso deixa ainda mais alucinada. — Você é minha puta, Sakura? — logo ele puxa como mais força para mais próximo do seu corpo. — Me responder?

— Ooh... Sim... Sua puta, Ka-kashi... — ele dar sorrisinho malicioso, logo dar um tapa na bunda, posso dizer estou amado sendo tratada esse forma.

— Você é minha vida... Quero ouvir dessa bocinha que você é minha! — esse jeito autoritário era diferente, sei quanto é arriscado funcionaria se envolver como chefe, mais esse homem faz perde o juízo.

— Sua vadia... Sou tudo que você deseja... — dou olhadinha para trás vejo sorriso vitorioso, logo recebo um tapa e depois ele puxa ainda mais fazendo meu corpo arquear vira meu rosto deposita beijo nos meus lábios.

— Vamos mudar de posição. — ele senta no sofá e logo puxa para cima do seu colo. — Eu quero ver você quanto faz amor. — será que foi isso mesmo que ouvir, logo posicionei em cima do seu membro começo descer lentamente, era sensação gostosa que faz ambos gemer, começo movimentar devagar Kakashi coloca mecha do meu cabelo atrás orelha, seu olhar fica fixando aos meus.

Logo estava cavalgado em cima dele como toda intensidade, meus seios pulavam. Kakashi segurava com as duas mãos a meu quadril ditado o ritmo frenético das estocadas cada vez mais forte, minha intimidade estava pressionado o membro dele, nossos gemidos altos ecoava por toda sala, até sinto estou chegando meu ápice.

— Aah Ka-kashi... Vou go-zar...

— Também... Sakura... Go-zar para mim...

Gemia alto, Kakashi dar as ultimas estocadas fortes logo sinto ele gozar dentro de mim, respiração ofegante, aconcheguei sobre o seu peito, assim puder sentir o seu perfume misturando com suor, ele retira o seu membro dentro de mim, logo ele me abraça e dar um beijo na testa.

— Você é só minha... — aquelas palavras deixa tão feliz, mais logo lembrou que ele meu chefe, me afasto, as pessoas poderia pensar mal de mim e acha interesseira. — O que foi Sakura? — Kakashi fica sem entender motivo que afastei.

— Kakashi! Amei transar como você... Mas ainda sou funcionaria, melhor ainda sou a sua secretaria. — abaixei a cabeço logo lagrimas começam correr pelo meu rosto. Kakashi percebe que estou chorando é abraça.

— Sakura! Você é minha... Sei deve esta pensando no que outros acham de você esta se envolvendo seu chefe... Mas eu não importo como opinião de ninguém... Estou completamente apaixonado por você... Quero seja minha namorada. — levantei a cabeça e olhei naqueles olhos azuis acinzentados, logo abrir sorriso encantador. — Você aceita ser minha namorada, Sakura Haruno?

— Você esta falando serio? — não estava acreditando que aquele homem lindo que pode ter qualquer mulher aos seus pés, esta perdido em namoro.

— Nunca falei tão serio na minha vida... Você aceita namorar comigo? Sei meio precipitando mais não consigo viver sem você ainda mais depois de hoje... Você sabe por quanto tempo tiver segurar para não te beijar, não abraçar, sentir seu perfume ou ter você em meus braços... Não posso deixa essa oportunidade passar, sei que nossa diferença de idade e grande mais mesmo assim quero você. — Kakashi esta falando muito serio, quer mesmo que seja sua namorada.

— Eu aceito ser sua namorada, Kakashi Hatake. — ele abrir um sorriso encantador, seus olhos brilhavam de uma forma diferente, logo nos beijamos intensamente só nos separamos pela falta de ar.

— Eu te amo Minha Flor...

— Também amo você Meu Amor...

Depois daquele pedido de namoro inesperado, atualmente eu e Kakashi moramos juntos não tenho que reclamar, pois ele é um homem incrível. Estamos namorando cerca de um ano e oito meses. Todos os dias eu acordo como Kakashi passando a mão na minha barriga, sim estou gravida de cinco meses, esperando um menino que chamar Lorenzo. Sinto completa Kakashi é um homem carinhoso, amoroso, dedicado e muito ciumento mesmo assim ele é perfeito. Já estamos ansiosos para ver o rostinho do nosso pequeno, Kakashi surpreender quando pega na gaveta caixinha de veludo, quando abrir dentro anel.

— Sakura! Você aceita se casar comigo? — ele abrir lindo sorriso.

— Eu aceito... — Kakashi anel de brilhante no meu dedo e depois nos beijamos.

Nunca imaginei que um dia estaria noiva do meu chefe ou teria filho como ele. Nosso Lorenzo fruto do nosso amor, posso dizer que sinto completa por ter meus dois amores. Amo tanto Kakashi quero passar o resto da minha do seu lado.

June 26, 2019, 3:04 p.m. 0 Report Embed Follow story
2
The End

Meet the author

Jaqueline Peixtoo Oi genteee!!! Eu sou Jaquelinepeixto, prazer enorme conhece-los... Sou do signo de peixes Tenho 27 anos Gosto de fanfic de animes.

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~