Full House Follow story

Y
Yuri Mota


Um grupo de amigos vive um romance em conjunto na véspera do fim do ano, dividindo momentos, espaços e até mesmo casais.


Erotica For over 18 only.
2
3.6k VIEWS
In progress - New chapter Every Friday
reading time
AA Share

Romance suado

Com a aproximação das festas de fim de ano, Yuri, um recém adulto de 18 anos só conseguia pensar em uma coisa: academia. Vivendo próximo a um conhecido e completo ginásio, era muito comum que Yuri visitasse a academia durante os seus passeios matinais, não possuindo um horário fixo.

Era uma manhã chuvosa e fria quando Yuri decidiu que iria se exercitar. Tomou um banho como de costume e vestiu um moletom peludo, vestiu sua curta bermuda e calçou os seus tênis. Resolveu passar na padaria antes de chegar no seu destino planejado, traçando uma rota diferente. Quando chegou lá, se deparou com seu amigo Igor, que, por ventura, também estava trajado com roupas de academia. Tímido, Yuri torceu para que não fosse visto, se encolhendo em uma das prateleiras da loja, porém, acabou sendo reconhecido por Igor, que estendeu um dos braços para saldar o conhecido.

- Oi! Igor se aproximou durante sua fala, envolvendo Yuri em um abraço rápido e quentinho.

- O-Olá... Yuri respondeu, escondendo as mãozinhas por de trás das costas.

- Veio comer alguma coisa ou só está de passagem mesmo? Igor liberou Yuri de seu abraço, dando uma breve passada para trás para enxergar Yuri por completo.

- Pra falar a verdade, eu vim procurar algo para comer antes de ir para academia. Yuri começou a dedilhar a prateleira, alcançando uma espécie de pãozinho com queijo. Aproveitou para se direcionar em direção ao caixa, apossando-se de uma garrafa de suco de laranja durante o trajeto.

- Ah, que legal! Também estou indo para academia, podemos ir juntos.

Yuri sorriu, enfiando uma das mãos no bolso da bermuda de tactel. Assustou-se quando notou que não havia trago sua carteira. Chutou o chão antes de se conformar de que não iria tomar café, mesmo já sendo acostumado com isto. Igor sorriu quando viu a cena, deslizando uma nota grande o suficiente para pagar por ambas refeições. Pegou a bandeja de isopor com uma mão e a garrafa biodegradável de suco com a outra. Yuri não entendeu de início, pensou que Igor não havia tomado café da manhã e então se decidiu a pegar o que pretendia comer.

- Comprei pra você. Igor estendeu o lanchinho, entregando para Yuri.

- Igor, não precisava! Yuri não recusou, estava com fome. Não havia jantado na noite anterior e precisava se alimentar.

O caminho para academia foi silencioso, Yuri estava empenhado em terminar sua refeição antes de chegar, devorando os pãozinhos. Igor achava graça naquilo, mas não comentou nada. Igor removeu a tampa da garrafa de suco, entregando para Yuri que sorriu. Deu algumas goladas no líquido azedo e fez uma careta engraçada - faltava açúcar. Assim que terminou a comida, Yuri tratou de se livrar do lixo, alcançando uma lixeira que estava pelo caminho

Finalmente a dupla chegou na academia. Ambos cumprimentaram o funcionário que era responsável pela liberação de entrada e passaram pela catraca eletrônica.

- Hoje você vai treinar braço, Yuri? Brincou Igor, sabendo que a resposta era negativa.

- N-Não, talvez amanhã. Yuri sorriu, constrangido. Tinha problemas com a ideia de exercitar os bracinhos, tendo em vista a gama de fortões que tomavam conta dessa área da academia.

- Então eu te vejo no final do treino. Igor se despediu com um aceno breve, pendurando a toalhinha que havia trago em volta do pescoço.

Yuri se despediu da mesma forma, vislumbrando a retirada de Igor. Igor fazia bem o tipo de Yuri, era um rapaz alto, magricela e com poucos músculos devido a recente entrada na academia. O rosto de Igor era muito bem definido, com traços bem marcantes. Era um rapaz bonito, sem dúvidas. Yuri sabia que não tinha chances, afinal, nem imaginava que Igor poderia curtir a ideia de ficar com outro homem. Eram apenas amigos, nada mais.

Yuri se locomoveu até a esteira, dando início ao seu treino. O garoto chamava bastante atenção na academia devido ao seu corpo robusto. As pernas de Yuri eram bem sadias e já um pouco definidas, totalmente contrastante com a falta de barriga. Tanto o rosto quanto o corpo do menino remetiam a androgenia, o que era reforçado pelo tipo de vestimenta que Yuri gostava de usar.

Depois de longas duas horas na academia, Yuri havia terminado toda a sua série de equipamentos, tanto aeróbicos quanto os de musculatura. Caminhou em direção ao banheiro, iria tomar banho. Tomar banho em um banheiro público enojava Yuri, mas, ficar coberto por suor, também. Quando finalmente chegou no banheiro, deu de cara com Igor, que estava sem camisa se encarando em frente ao espelho. Ambos sorriram.

- Terminou o seu treino, Yuri? Igor apoiou uma das mãos na pia, fitando Yuri com os olhinhos castanhos.

Yuri assentiu com a cabeça, se arrastando em direção a um dos boxes de chuveiro, estava cansado.

- Também vai tomar banho? Igor voltou a puxar assunto, também caminhando em direção ao chuveiro.

- V-Vou, 'tô muito suado... Yuri adentrou o chuveiro, deslizando a porta de vidro temperado. Removeu a camiseta, os shortinhos e o tênis, posicionando-os na área devida.

- Se importa que eu tome com você? Todos os outro chuveiros 'tão interditados e eu 'tô com um pouco de pressa. Vou almoçar com o meu pai. Era verdade, todos os outros chuveiros estavam interditados.

Houve um silêncio breve após a pergunta. Yuri nunca havia ficado pelado na frente de outra pessoa. Mediu a necessidade de Igor e decidiu permitir. Liberou a entrada do garota com o deslizar da porta. Igor invadiu o espaço, se desfazendo das peças que trajava com um sorriso sem graça estampado no rosto. Yuri finalmente se livrou da cueca, escondendo a virilha com as mãozinhas entrelaçadas. Igor varreu a silhueta de Yuri com os olhos e sorriu.

- Não precisava ficar com vergonha, somos amigos. Igor abriu os braços no intuito de revelar ainda mais o seu corpo despido. Yuri evitou olhar, mas acabou cedendo a curiosidade. O membro de Igor era imenso, até mesmo no estado adormecido - aquilo assustou um pouco Yuri.

- Eu nunca tinha ficado pelado na frente de outro homem... Yuri resmungou baixinho, envergonhado.

- Pera ai, você é virgem ainda? Igor sorriu, liberando a água do chuveiro. A pressão do equipamento era média, permitindo a conversação dentro do box, mas impedindo que o som se espalhasse para fora.

- S-Sim.

- Nunca fez nada? Nem com mulher? Igor realmente parecia chocado e interessado, dialogando enquanto esfregava seu corpo com a água fria. Yuri negou com a cabeça.

- Mas é por escolha própria, não é? Afinal, gostoso desse jeito... Igor se aproximou de Yuri, suficientemente para apoiar um dos palmos em seu ombro. Yuri estava tomado pela vergonha, mas voltou a assentir com a cabeça.

- Sabe, Yuri, eu sempre tive a curiosidade de saber como é ficar com um cara, e você é meu amigo sabe? Yuri mal prestava atenção no que Igor falava, preocupado com a situação nova e não ciente das intenções de Igor.

Igor parou de falar depois de um tempo, fixando os olhos em encontro a Yuri, aumentou a pressão da água para abafar qualquer som, encerrando a distância entre os corpos com mais uma passada. Igor empurrou sutilmente Yuri contra uma das paredes do box, selando seus lábios. Yuri cerrou os punhos e pressionou-os contra a parede, sentindo a boca ser preenchida pela língua úmida de Igor. Pouco tempo foi necessário para que ambos se revelassem excitados. Yuri sentiu a barriga ser estocada pelo pênis de Igor, que pulsava contra a pele macia do moreno.

As bochechas de Yuri se coravam de maneira gradativa, acompanhando o beijo quente de Igor, que pesava sua respiração contra o pescoço de Yuri. Safado, Igor, pescou uma das mãos de Yuri e posicionou em seu próprio ombro, segurando-a pelo pulso, forçou a exploração de seu abdômen e guiou a mão de Yuri em direção ao seu membro. Quando Yuri o alcançou, paralisou-se na hora. Igor notou, aproximando seus lábios molhados no ouvidinho de Yuri.

- Não precisa ficar com vergonha... Você sabe o que eu quero e sabe que também quer. Igor mordiscava a orelha de Yuri em intervalos da sua fala, fazendo que Yuri percorresse toda a extensão de seu grande membro com de suas mãos.

Pouco tempo foi necessário para que as coisas se intensificassem. A velocidade aumentou, acompanhando novamente o beijo que havia sido selado por Igor. Igor revirava os olhos de prazer, mas, não satisfeito em apenas ser tocado, afundou as suas mãos nas fartas nádegas de Yuri, marcando-as com uma sequência de tapas e arranhões.

O batimento cardíaco da dupla acelerou. Parecia que o coração de ambos iria saltar a qualquer hora.

- Ajoelha, Yuri... Igor moveu uma das mãos em direção a parte traseira da cabeça de Yuri, afagando suas curtas madeixas.

- Igor, não podemos fazer isso aqui... Yuri não estava disposto a cooperar com a ideia, por mais que quisesse chupar o Igor naquele exato momento.

Igor sorriu, se afastou de Yuri e voltou a acariciar seu curto e macio cabelo, levando uma das mechas para trás da orelha. Decidiu parar, não queria que Yuri continuasse tendo sua primeira experiência em um ambiente como aquele. A hora foi perfeita, já que em seguida a porta foi violada pelo rapaz que era responsável pela manutenção. O tempo de ambos no chuveiro havia se esgotado. Eles riram da situação, finalizando o banho depressa.

Abandonaram a academia juntos, de mãos dadas e com um sorriso bobo no rosto - ambos estavam felizes e sabiam que essa história ainda não havia sido finalizada.



June 20, 2019, 5:35 p.m. 0 Report Embed 1
To be continued... New chapter Every Friday.

Meet the author

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~

More stories