Delinquente Follow story

indrakimura Amaterasu '

Para entender o meu eu de agora, o motivo de estar usando terno enquanto encarando os pais de Hinata, é preciso, primeiro, voltar para o meu terceiro ano do ensino médio; será algo breve, todavia crucial. Para depois avançarmos para a faculdade, onde tudo aconteceu. Onde, acidentalmente, acabei engravidando a 'menininha do papai.'


Fanfiction Anime/Manga For over 21 (adults) only.

#josei #faculdade #gravidez #hinata #sasuke #sasuhina
1
604 VIEWS
In progress - New chapter Every 15 days
reading time
AA Share

Para Entender o Presente


Uchiha Sasuke, o delinquente.

11 de Abril de 2017.

Para Entender o Presente.

Para entender o meu eu de agora, o motivo de estar usando terno enquanto encarando os pais de Hinata, é preciso, primeiro, voltar para o meu terceiro ano do ensino médio; será algo breve, todavia crucial. Para depois avançarmos para a faculdade, onde tudo aconteceu. Onde, acidentalmente, acabei engravidando a menininha do papai.

[...]

A face corada, os lábios entreabertos, o cabelo preso de maneira desajeitada, deixando o rosto oval a mostra; juntamente com a testa e os olhos grandes, tão belos quanto o mais envolvente nos livros.

Tão bela — sorrio.

Foi a única coisa que consegui enxergar enquanto observava Hinata do outro lado do campo, enquanto ela se mantinha abaixada, apoiando a mão sobre os joelhos. Seu rosto adquiriu um tom rosado, assemelhando-se a tonalidade dos seus lábios, róseos e carnudos, tão convidativos quanto a mais apetitosa das refeições. Tudo nela me atrai, desde a sua personalidade ao seus cabelos, belos, intensos, coloridos de preto, que adquirem um tom azulado diante do sol. Gosto de vê-la no uniforme escolar, observando tudo de longe, evitando ao máximo chamar atenção, mantendo-se em silêncio grande parte do tempo. Meu anjo de olhos cinzas tinha somente uma coisa em comum comigo, algo tão simples é insignificante, a única coisa em comum é sermos estudantes da mesma faculdade, apesar de sermos de departamentos diferentes.

Nada além disso. A amo há anos, todavia, devido ao fato dela ser namorada de Gaara nunca me aproximei, fiquei próximo o suficiente para fazê-la sorrir; inalar o cheiro suave e perder-me em seus lábios, desfrutando de um beijo doce e duradouro, tão intenso quanto o fato de fantasiá-la sempre ao meu lado, ou em um momento quente, dentro do meu apartamento, do triplex luxuoso.

Hinata para muitos é a filha perfeita, a mulher dos sonhos, uma das melhores da turma. A menininha do papai, o xodó da mamãe e a paixão do primo. Para os professores ela é a melhor representante que eles poderiam arrumar, uma aluna brilhante, com um futuro promissor.

Já eu sou um caso perdido, ninguém, absolutamente, ninguém confia em mim para algo. Faculdade, entrei nela na sorte, após meus pais terem comprado a minha entrada há dois anos, quando ingressei no curso de administração — sendo que queria artes, continuar com os grafites e quem sabe, na sorte, tornar-me um pintor fracassado de quinta; que pinta quadros em uma garagem e os vende na rua, tudo para lucrar alguns trocados.

Eu estava no último ano quando a vi pela primeira vez, quando vi os olhos brilharem ao admirar as flores de cerejeira no caminho próximo a minha antiga escola. Havia acabado de encontrar o ‘ladrão’, este que corria em direção da rua principal. Fui atrás dele ignorando todos a minha volta, focando na bolsa verde esfolada, foi nesse momento que acabei esbarrando nela. Me desculpei, voltando a correr na direção do covarde, do homem que roubou uma senhora, a mesma que costuma me dar bronca, cuidar dos meus machucados e do meu orgulho; acolhendo-me em sua casa sempre que meus pais recordam da minha existência, indo até o meu apartamento, me cobrando comprometimento, responsabilidade e uma mudança de atitude.

Foi amor ao primeiro pedido de desculpas, apesar de ter sido somente pela minha parte. Minha fama, meus hábitos e atitudes contribuíram bastante para o seu afastamento. Ela é a dona das boas notas, a menina certinha; já eu sou o delinquente, o menino que tira nota baixa e só foca em criar as artes, apesar de não ter nenhuma ambição. Sim, não me importo de vender a minha arte na praia, usando bermuda e óculos de sol.

Já no primeiro ano de faculdade Hinata se tornou o centro das atenções, ainda com o mesmo namorado no ensino médio. Todavia, há mais de três meses aconteceu um acidente, não é normal a aluna perfeita se relacionar com o menino mal; com o playboy metido a delinquente.

Ela não se tornou a minha amante, mas há três meses aconteceu um incidente, um prazeroso incidente — pelo menos para mim —, pois após tomar o primeiro porre, Hinata acabou engravidando.

É o pai não é o Gaara.

June 7, 2019, 12:29 a.m. 0 Report Embed 0
To be continued... New chapter Every 15 days.

Meet the author

Amaterasu ' Ela queria ser um arco-íris, por isso desejei ser o céu atrás dela.

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~