Traição do Sangue Follow story

xhasashi Hasashi Rafs

Ninguém mais puxaria a sua ''coleira''. Assim como o sangue que corria por seu corpo, que dava sua pulsão de vida e podia dar a de morte para quem cruzava o seu caminho, ela começaria sua própria revolução. A traição do sangue estava prestes a começar.


Fanfiction Games For over 18 only.

#mk #mortal-kombat #Skarlet #MK11
0
174 VIEWS
In progress - New chapter Every 15 days
reading time
AA Share

Prólogo

O sentimento que tomava conta do seu peito era diferente de tudo que havia sentido; talvez havia absorvido sangue de algum guerreiro de bom coração, ou quem sabe, sua essência lhe impulsionou para tomar aquela decisão. Tudo estava confuso, seus valores deturpados pela vontade de se libertar, de querer ser livre verdadeiramente e não uma mera subordinada aos serviços de quem não merecia seu esforço.


Não sabia ao certo o quanto tudo aquilo era dela, se a vontade de ir na contramão do que foi criada era um desejo próprio ou mais uma vez, era manipulada por interesses de outros.

Foi privada de ter desejo e vontade, nunca provou o sabor da independência, de ser quem é e se perguntava quem era Skarlet e qual o seu real propósito. Shao Kahn estava morto, Quan Chi já havia deixado de ser comandante há muito tempo. No Black Dragon se sentia útil, até Kano começar a dar indícios que seria o homem que puxa sua coleira.


Não queria isso novamente, ia andar pelas próprias pernas. Ser sua própria dona.

Assim como o sangue que corria por seu corpo, que dava sua pulsão de vida e podia dar a de morte para quem cruzava o seu caminho, ela começaria sua própria revolução.


A traição do sangue estava prestes a começar.

April 14, 2019, 2:42 a.m. 1 Report Embed 1
To be continued... New chapter Every 15 days.

Meet the author

Hasashi Rafs Faço estágio de Scorpion nas horas vagas, principalmente quando Plano Terreno precisa de salvação. Tenho sangue Uzumaki e dou aula de como lidar com Senju Cretino, interessados chamar no probleminha. Apaixonada por Mortal Kombat e a mama da igreja HashiMito.

Comment something

Post!
Karimy Karimy
Olá, Hasashi Rafs, gostei muito do início da sua história, principalmente a forma intrigante como foi tratada a personalidade da personagem até aqui. Gostaria de dar uma dica sobre a passagem "a muito tempo" e sugerir, em nome do Sistema de Verificação, uma mudança: quando se quer denotar tempo transcorrido, deve-se utilizar o verbo "haver" na sentença; sendo assim, o correto seria "há muito tempo". Sucesso para você e sua história.
6 days ago
~