2
3.7k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo único

Eu estou em todos os lugares.

Estou no seu choro de madrugada, no grito em busca de redenção, na saudade que aperta o seu peito em todos os dias frios que você deseja meu corpo ligado ao seu. Estou nos cigarro de cereja que você fuma tentando encontrar o gosto da minha boca, em cada toque íntimo e solitário que relembra nossas noites de amor naquelas camas apertadas dos hotéis que frequentamos um dia.

E assim como você, Jotaro, não encontro paz. É impossível descansar sabendo que o nós morreu junto a mim naquele dia, que o momento em que meus olhos se fecharam, meu coração parou de bater, uma parte sua ficou comigo.

Não me arrependo do meu sacrifício, morreria pra te salvar quantas vezes fosse necessário, ainda que a sua ausência doa todos os dias. E acabo rindo sozinho da ironia de ter acreditado que a morte era a resolução para muita coisa, que com ela a dor iria embora e o sofrimento era findado. Ah, doce engano.

Me alimento da ideia que em algum momento você conseguirá me esquecer, que nosso passado será apenas uma memória boa, que o amor que sentimos passará a ser carinho e quem sabe, você encontrará uma nova paixão, um novo caso e um sorriso diferente para gostar; porém, ao mesmo tempo, sou egoísta o suficiente para torcer que eu nunca saia da sua vida, dos seus pensamentos e coração. Uma parte de mim, quer te ver preso a mim como antes, tendo a certeza que o seu futuro seria apenas feliz comigo.

Engraçado você mencionar, Jotaro, que não foi suficiente para mim.

Ridículo.

Por favor, não repita isso novamente e não me deixe com a sensação que morrer para te ajudar foi em vão. Porque tudo que tivemos foi suficiente. Suficiente para te amar, querer e desejar, grande demais para conseguir explicar em palavras e gestos.

Eu queria conseguir acabar com tudo, com sua dor e remorso, com as coisas que pensa por acreditar que não foi bom para mim e me arrependo, amargamente, de não ser forte o suficiente para mandar um sinal sequer.

Se eu pudesse, meu amor, te contaria as coisas que sentia por você com mais detalhes, desvendaria seu corpo por horas sem parar durante a noite. Te diria o quanto te amo, foderia e seria fodido muito mais, te beijaria sem parar, me perderia em seus braços por muito mais tempo.

Talvez quem seja insuficiente sou eu, Jojo. Me perdoe por não conseguir te salvar dessa vez, tirar sua dor e agonia, dizer que você ainda é o amor da minha vida e sempre será.

Enquanto isso, aguardo nosso reencontro algum dia.

Você sempre será meu amor e nunca se esqueça do quanto foi suficiente para mim.

March 22, 2019, 2:39 a.m. 0 Report Embed 120
The End

Meet the author

Hasashi Rafaela Faço estágio de Scorpion nas horas vagas, principalmente quando Plano Terreno precisa de salvação. Tenho sangue Uzumaki e dou aula de como lidar com Senju Cretino, interessados chamar no probleminha. Apaixonada por Mortal Kombat e a mama da igreja HashiMito.

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~