Short tale
2
3586 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

único

Na terra de Nearlyss, um jovem bruxo de cabelos cor de brasa seguia as asas douradas de uma borboleta rara; faria parte de sua mais nova ideia, uma poção de riqueza espiritual que ajudaria pessoas tristes à terem uma vida tranquila e plena.

O caminho não era muito fácil, uma vez que o vôo de uma borboleta não é em linha reta, mas, Hoseok – o bruxo antes citado – não pensou em desistir em momento algum, nem mesmo quando um rapaz mais baixo, com um tipo estranho de peneira e um chapéu estranho apareceu após capturar a borboleta.


— O que você acha que vai fazer com ela? — O bruxo indagou com os olhos arregalados enquanto o mais baixo o olhava com certo desdém.


— Estudá-la, mas não há como fazer isso e mantê-la viva. — O moreno disse calmo e triste, o que não passou em branco para Hoseok. O bruxo sempre teve o dom de saber como cada pessoa se sentia, isso era ótimo quando precisava ajudar alguém.


— Você não parece feliz com seu trabalho. — O ruivo se aproximou sem temer, aquele rapaz não parecia capaz de machucá-lo. Também não tinha sentimentos de ódio ou raiva, era apenas triste, apesar do sorriso nos lábios rosinha. — Eu acho que posso ajudar você, mas precisaria dessa borboleta. Me diga seu nome.


— Eu queria entender como pode me ajudar, mas não consigo. — O caçador de borboletas riu soprado — Me chamo Min Yoongi, e você, meu herói?


— Jung Hoseok, o décimo oitavo bruxo bom dos Jung. Prazer.

— Um… Bruxo? Tipo uma Wicca?


— Rapaz você por acaso sabe onde anda? Você está em Nearlyss. Sabe o que isso quer dizer? — Yoongi apenas negou com a cabeça. — Turistas. Venha, vou ajudar você e no caminho você irá entender onde está.


Segurando o moreno pelo pulso, Hoseok o guiou por entre as árvores até saírem do bosque das Golden Wings e atingirem o centro daquela vila. Yoongi logo notou que as pessoas ali eram diferentes de tudo que havia visto em sua vida, havia uma mulher loira com escamas azuladas no rosto e nas mãos, ela estava dentro de um tanque d’água transparente onde podia se ver uma longa cauda de peixe; a jovem loira era uma sereia. Mais a frente, um garotinho levitava bolinhas de metal e emanava uma luz prateada, Yoongi não sabia o que aquele menino era, mas, segundos depois se perdeu na beleza de um centauro de cabelos longos e negros.


— Yuu encanta a todos, é um belíssimo centauro não acha, Yoongi? — O moreno apenas assentiu, estava encantado com tudo o que via ali. — Ah, venha estamos perto da minha casa.


— O que é esse lugar?


— Um lugar mágico, não sei como conseguiu atravessar nossas barreiras. Você deve ser como o Namjoon, sabe ele é um Eladier. Brilha prateado e levita coisas de metal. Igual aquele garotinho ali, mas Namjoon não nasceu assim, ao longo do tempo ele foi se transformando. O que você deve ser?


— Talvez as barreiras tenham falhado.


— Nossos Fae trabalham dia e noite com elas, é impossível falhar. — O bruxo respondeu. — Chegamos!


— É tão colorido… Você é mesmo um bruxo? — O lugar era realmente cheio de vida, havia potes coloridos; quadros com desenhos e pinturas cheios de cores fortes como amarelo e vermelho; laranja e azul. Yoongi estava acostumado a ver filmes onde bruxos tinham um caldeirão e teias de aranha.


— Eu pratico magia branca, mas, se quiser ver magia negra, eu te levo para casa do Kouyou; ele e Yuu são um casal estranho. — Hoseok às vezes divagava e dizia coisas que o moreno não entendia, mas, mesmo assim, ele parecia uma pessoa divertida e calorosa. O entomologista também havia notado a beleza exorbitante do bruxo, mas preferiu manter isso para si, Hoseok deveria saber quão lindo era. — Me dê a borboleta.


Yoongi entregou a borboleta pequena que sequer debatia-se para fugir, como se soubesse o que deveria fazer. O ruivo colocou a borboleta dentro de um vidro e se virou para uma bancada que tinha próximo, sobre a superfície plana começou a cortar uma flor estranha que Yoongi nunca tinha visto, depois misturou com uma água que tinha um breve brilho azulado.


— Ei, Hoseok, o que é isso?


— Água pura da cachoeira das lágrimas, é encantada, geralmente eu uso em poções boas ou curativas. — O bruxo explicou e pegou de um armário, um tipo de pó dourado e jogou dentro da água. — Yoongi, eu preciso pedir uma coisa… É essencial, mas eu não sei se você vai aceitar.

— Diz o que é.


— Uma gota do seu sangue. — Yoongi arregalou os olhos mas deixou o bruxo pegar uma agulha fina e espetar a ponta do seu dedo. — Pronto, nem dói né?


— Porque não foi em você. — Resmungou mas logo em seguida levou ambas suas mãos para a boca, cobrindo-a e arregalando os olhos. — Desculpa…


— Você é fofo, parece um dos Fae, ou então um duende; se bem que, com essa altura você realmente parece mais um duende. — O ruivo disse sem pensar, porém não viu a careta do Min. Hoseok misturou a gota de sangue com a água de lágrimas mais o pó e pegou a borboleta, mergulhou as asas dentro da solução que no mesmo instante brilhou e mudou de cor, ficando dourada. — Está pronto! Onde está aquele frasquinho? Vê se consegue achar um frasquinho transparente com a tampa em forma de borboleta. Eu fiz especialmente para isso.


— Ela ‘tá atrás de você. — Yoongi disse e o bruxo olhou para trás rindo um pouco constrangido. — Se fosse uma cobra, te picava.


— Na verdade não. Eu sou um bruxo, animais gostam de bruxos.

— Você é bem literal né?



— E você muito triste. Venha, você precisa beber isso. Não tem gosto ruim, eu acho. — Yoongi segurou o frasco com o líquido dourado e tentou não pensar que era uma coisa estranha feita por um cara esquisito.


O moreno bebeu o líquido de uma vez só, e como o bruxo havia dito, não era ruim, na verdade sequer tinha gosto.


— Como se sente?


— Meu rosto está formigando e parece que meu corpo é feito de gelatina. — Segundos após dizer isso, o entomologista desmaiou caindo sobre várias caixas vazias.


[…]


O bruxo andava de um lado para o outro completamente ansioso para o rapaz acordar duas horas após o desmaio.


— Você ‘tá hibernando? Acorda logo! — Resmungou. — Eu já sei como vou te acordar, Yoongi. Taehyung!


Não demorou muito e um garotinho com orelhas caninas e uma cauda apareceu vestido com uma blusa com estampa de desenho animado, e uma bermuda suja com calda de chocolate.


— O quê?


— Tá vendo esse rapaz? Preciso que o acorde. — Taehyung tem uma paixão enorme em acordar as pessoas, geralmente gritando, mas, olhando para o rapaz estranho deitado na cama do bruxo, o garoto teve uma ideia melhor. Sentado sobre o corpo do moreno Taehyung começou a passar sua cauda contra o nariz de Yoongi que apenas tentou se virar para o outro lado. — Parece até que ‘tá hibernando.


— Eu não consigo acordar ele. — Taehyung disse gritando e só então Yoongi acordou quase jogando o garoto no chão. — Ah deu certo!


— Você desmaiou, como se sente agora?


— Confuso. Quem é esse garoto em cima de mim?


— Kim Taehyung, prazer. — Disse pulando para o chão.


— Eu adotei ele. Mas me diga, não está se sentindo diferente? Percebeu alguma mudança no seu corpo além do cabelo?


— O que tem meu cabelo? — O entomologista arregalou os olhos e seguiu até um espelho situado de frente para a cama. — Ele tá… rosa?! Você disse que a poção ia me ajudar, não mudar a cor do meu cabelo!


— É que na verdade… A poção não resolve seu problema com o emprego, mas dá a resposta para aquilo que deixa sua vida triste. Pelo visto você queria um cabelo rosa e… e… Asas? Yoongi eu acho que já sei o que você é! Você é um Brisille! Meio homem, meio borboleta.


— Espera, o quê? Como assim? Hoseok, o que era aquela poção?


— Riqueza espiritual, mas você precisa estar na sua forma real para dar certo. — O bruxo disse sério pela primeira vez — E pelo visto você não era um humano, eu estava certo quando disse que você passou pelas barreiras porque era mágico. Sua tristeza era causada por você estar caçando, estudando e matando suas semelhantes. Você é um brisille, sendo assim, não poderá voltar, esqueça sua vida anterior, você viverá plenamente feliz em Nearlyss.


— Simplesmente desaparecer? Hoseok eu conheço pessoas, várias pessoas que surtariam caso eu sumisse.


— Elas esqueceram que você existe quando você disse meu nome a primeira vez. — O bruxo contou e Yoongi o olhou com os olhos arregalados. — Eu sou um bruxo Yoongi, eu sabia da sua vinda, Kouyou me contou já que ele é vidente também, me desculpe por te manipular, mas, eu precisava concluir a jornada da minha vida.


— E… qual era essa tal jornada? — Apesar de completamente assustado, o brisille ainda se mantinha curioso e encantado com tudo que viu desde quando chegou na terra mágica.


— Humanos não fazem ideia do que é amar um outro incondicionalmente por toda a vida, mas o povo de Nearlyss tem conhecimento sobre o motivo dos humanos não encontrarem o amor verdadeiro, nós sabemos que cada um de nós temos alguém que nos completa. Nós sabemos que possuímos uma alma gêmea. Mas eu nunca encontrei a minha porque ela não estava em Nearlyss. Você não estava aqui.


— Eu não sei como interpretar ou lidar com isso. — Aos olhos de Hoseok, o rosado realmente parecia confuso com tudo, mas, estava disposto a ajudá-lo. — Antes de tudo, por que eu tenho asas?


— Pelo mesmo motivo que eu tenho cauda e orelhas. — Taehyung disse saindo do quarto já imaginando a conversa que os dois teriam.


— Ninguém sabe porque somos assim, Yoongi.


— Você parece sério demais, diferente do que eu vi mais cedo.


— Eu só estou preocupado com você. Eu não consigo ler você mais, não sei se aquela tristeza foi embora. — Contou e se aproximou do rosado. — Vai ser divertido quando você estiver aprendendo a voar.


— O que vamos fazer?


— Primeiro temos que conhecer um ao outro e depois você iniciará a sua jornada aqui. O que me diz?

Feb. 18, 2019, 8:32 p.m. 0 Report Embed 0
The End

Meet the author

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~