Abaixo da Maré Follow story

corpomasrani Corporação Masrani

Uma menina sem rumo na vida, preguiçosa e sem nada para fazer decide inovar nas escolhas e fazer coisas novas como fazer uma refeição de manhã em uma padaria temática, ir para a praia e descobrir um reino subaquático no qual ela chama de "Minha casa". Se encante com as aventuras de Aurora nessa história que irá despertar sua imaginação. Aviso: Esta edição encontra-se com todos os direitos autorais reservados e caso aconteça da mesma ser plagiada pode correr o risco de processos ocorrerem. Do autor de "A Ilha", "A Grande Surpresa" e "Uma Morte Nova", "Abaixo da Maré" vem nas suas telinhas como uma história de fantasia para todos os leitores que gostam de despertar suas imaginações.


Fantasy All public.

#sea #aventura #menina #Aurora #oceano #mar #mistério #fantasia
0
2855 VIEWS
In progress - New chapter Every Friday
reading time
AA Share

Uma Viagem Programada

Era uma manhã muito agradável e convidativa. O sol entrava pela janela do meu quarto e vinha me acordar enquanto o som da bicicleta do carteiro passava brevemente pela minha casa. Sinceramente, eu não estava afim de levantar nesse Domingo, eu só queria ficar mais um pouco com a minha cama. Mas eu tenho as minhas obrigações e, agora que estou morando sozinha, eu tenho que ser uma pessoa madura e altamente responsável. Para quem não me conhece eu sou Aurora, uma mulher de 24 anos de idade e desempregada. Levantei da minha cama e conseguia sentir a minha coluna estalar e meu cérebro pedindo para eu me deitar novamente. Estalei os ossos do pescoço e os da mão e levantei, deixando para trás o meu maravilhoso cobertor de pelos e o meu travesseiro macio. O sol não me deixava abrir os olhos então fui forçada a acabar com a maravilha da luz e fechar as cortinas de persianas marrons e ásperas da minha janela. Olhei ao meu redor, meu quarto estava uma zona e eu queria muito sair um pouco desse lugar e ir viajar, sei lá, deixar a vida me levar. Fui andando quase cambaleando para o banheiro e tive o desafio de encarar o espelho. Meus dentes estavam muito sujos e amarelos e minhas olheiras pareciam que iriam saltar do meu rosto. Toquei a pia e estava muito gelada, o que me fez querer dormir ali, já que o calor de quarenta graus da minha cidade é quase mortal. Escovei os meus dentes quase dormindo novamente, apenas sentindo a massagem dental dos pelinhos da escova e a maciez da minha pasta de dente. Acabei com toda essa ladainha de sono e joguei uma boa mão de água em meu rosto. Agora eu estava realmente acordada! Caminhei mais um pouquinho para a minha cozinha e tinha muitos prato sujos na pia. Virei-me para a minha sala, e o sofá estava todo sujo. Oquê tinha para fazer de legal naquela casa? Absolutamente nada. Resolvi que eu iria tomar meu café fora pela primeira vez na vida de mulher independente, eu estava indo para o "ExpressLounge", uma padaria temática aqui perto de casa. mas para isso eu iria precisar de uma boa roupa e de uma decente. Fui ao meu guarda-roupa que estava caindo aos pedaços e busquei pela melhor peça de roupa que eu tinha para passar aquele dia. Aproveitei e coloquei o meu biquíni por baixo da linda saia verde e da linda blusa azul-ciano que tinha escolhido pois achava que eu teria um pouco de tempo de passar na praia dar um mergulho. Avancei em cima da chave do meu velho fusca verde e fui em  disparada para a padaria. Ao longo do caminho eu vi pessoas se beijando como loucas na rua, mendigos pedindo dinheiro nas esquinas e muitas pessoas de olho no relógio. Eu me senti uma flor em meio a tempestade, pois todos estavam preocupados com o tempo e eu estava, certamente, deixando a vida me levar.

Feb. 8, 2019, 5:22 p.m. 1 Report Embed 0
Read next chapter Janete, a abusada!

Comment something

Post!
MRz Rz MRz Rz
Olá, eu sou a MRz e venho pelo Sistema de Verificação do Inkspired. Sua história está “em revisão”, pelos seguintes motivos: 1) Vírgulas. Algumas vírgulas estão faltando no texto, como antes das conjunções “mas”, “porém”, etc. 2) Concordância verbal. Há alguns momentos no texto que a frase está no plural, mas com algumas palavras que compõe a frase no singular, como em “[...] tinha muitos prato sujos [...]”, o correto seria dizer “[...] tinha muitos pratos sujos [...]”.São erros bem pequenos que acredito que uma revisão já ajuda. Depois de corrigido esses erros, é só responder esse comentário para que eu faça uma nova verificação. :)
March 6, 2019, 9:09 a.m.
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 1 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!