Inkspired will be undergoing a brief temporary maintenance on Monday, 18th of February 2019 from 9h00-10h00 CET.

E se perceberem? Follow story

junio-salles1547724954 Junio Salles

Breve reflexão sobre o eu que mostramos para as pessoas


Short Story Not for children under 13.

#tristeza #depressão #falsidade #perceber
Short tale
5
430 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

E se perceberem?

Vamos, já é hora de acordar. Levante-se você tem horário a cumprir. Ah, não dormiu direito? Sinto muito, mas ninguém se importa com isso. Levante-se, vá ao banheiro lave o rosto coloque o melhor sorriso no rosto e saia para trabalhar. Oh, e cuidado, nada de melancolia e expressão triste, choro nem pensar. E se perceberem?


Viu? Não foi tão difícil sair de casa, mas a parte pior ainda está por vir. Olhe quantas pessoas no metrô, logo começam as perguntas retóricas: “Como você está? ” “ Tudo bem? ” E a todas essas perguntas você já sabe o que responder não é? Exatamente, o mais falso SIM, afinal a maioria das pessoas não querem de fato saber se está tudo bem, só estão sendo educadas. Então não entre em detalhes porque... e se perceberem?


Em breve você vai estar no trabalho junto com seus amigos, aliás amigos não né colegas. Não sei se é correto chamá-los de amigos. Eles nem sabem como você realmente se sente. Convivem e falam com você porque são obrigados a conviver no mesmo espaço. Quantos deles ainda fariam parte da sua vida se não fosse por causa do trabalho? Também acho que nenhum. Claro a culpa não é deles, é mais sua. Mas de todo modo não compensa entrar em muitos detalhes, então sorria e faça piadas. Exatamente, não há nada como piadas para disfarçar a tristeza. Nada de ficar reclamando ou se lamentando afinal... e se perceberem? 


Ainda falando de amigos, você tem aquela pessoa que sabe como você se sente, sabe dos seus pensamentos, essa pessoa sim você pode chamar de amigo,  mas quer saber de uma coisa? Não fique a perturbando de mais. É extremamente desagradável uma pessoa que só reclama e ficar se lamentando. Seus problemas nem tem tanta importância assim, a maioria é drama deixa isso pra lá. Tem gente com problemas maiores que não ficam lamentando tanto quanto você. Melhor deixar pra falar com ela quando você estiver menos chato, não estrague a vida dos outros como você faz com a sua. Então é só não deixar perceber. 


Pronto, o dia está quase no fim. Logo você vai poder ficar sozinho novamente aí você pode fazer o que quiser. Chorar, falar sozinho, reclamar, pensar, lamentar e todas essas baboseiras. O quê? Não está suportando? Só esse pouquinho de problemas? Não seja fraco, pare de drama, vire homem. 


Bom se você acha mesmo que não dá conta, acabe logo com isso. Vamos, não quer desistir? Desista, o que te impede? Não tem coragem não é mesmo? Então deixe sair e escorrer, logo você pega no sono, amanhã é um novo dia, e tem que está pronto para fazer tudo de novo. Mas nunca se esqueça da pergunta principal. E se perceberem?

Jan. 17, 2019, 11:52 a.m. 14 Report Embed 6
The End

Meet the author

Junio Salles Nascido em Belo Horizonte, desde pequeno vivia em mundos de fantasia criados por mim mesmo em minha cabeça. Sempre preferi ficar sozinho imaginando e criando histórias baseadas no que lia nos livros ou assistia na TV. A maioria das histórias que criei não escrevi, mas agora de um tempo pra cá tenho passado pro papel esses roteiros que estão na minha cabeça. Espero que gostem

Comment something

Post!
Anne Liberton Anne Liberton
Olá! Venho pelo Sistema de Verificação do Inkspired. Sua história está Em Revisão pelos seguintes apontamentos: 1) Verificar o uso dos porquês. Sempre que for explicação, vem junto e sem acento. Ex: “Não entre em detalhes porquê... e se perceberem?” Seria “porque”. 2) “Que” em final de frase tem acento. Ex: O quê? Por quê? Tá dizendo o quê? 3) A interjeição é escrita como “Ah” e, como toda interjeição (“Vamos”, “Oh”, “Não é mesmo?”, “Né?”), sempre vem entre vírgulas. Trecho: “Há e cuidado, nada de melancolia...” Seria: “Ah, e cuidado, nada de melancolia...” Há outras ocorrências de interjeições que foram citadas aqui. Seria bom dar uma olhada. 4) Vírgulas usadas para unir frases com assuntos diferentes, que deveriam ser separadas com ponto final. Há várias ocorrências, como em “Não sei se é correto chamá-los de amigos, eles nem sabem realmente como você se sente”. O correto seria “Não sei se é correto chamá-los de amigos. Eles nem sabem realmente como você se sente”. 5) Concordância. “... a maioria das pessoas não quer de fato saber se está tudo bem, só estão sendo educadas.” Como você optou pelo singular no começo, o ideal seria manter, deixando “só está sendo educada”. Não tem nada terrivelmente grave, mas são diversos pequenos problemas, o que impede a verificação da história. Sugiro dar uma revisada, talvez passar para outra pessoa ler (um beta reader seria uma boa também). No mais, a história está excelente. Parabéns! Assim que corrigir esses detalhes e, se ainda quiser que a história seja verificada, basta responder esse comentário que avaliaremos de novo. Até mais!
1 week ago

  • Anne Liberton Anne Liberton
    Observação: seria legal deixar o "perceberem" minúsculo no título também, ficando "E se perceberem?" 1 week ago
  • Junio Salles Junio Salles
    Olá, fiz as alterações recomendadas. Favor verificarem novamente pra ver se ficou bom. Obrigado 6 days ago
  • Anne Liberton Anne Liberton
    Olá, seria bom verificar o item 3, a questão das vírgulas, mais especificamente. ("aliás, amigos não, né", "claro, ...", "bom, ....", "lamentando, afinal..." entre outros. Também falta uma vírgula ali no começo depois do "levante-se". Aproveitando a oportunidade, tem um "de mais" ali que é junto. Assim que corrigir e, se ainda quiser que a história seja verificada, basta responder o comentário que avaliaremos de novo. Até mais! 3 days ago
ME Malaquias Ezequiel
Poxa que texto pesado, ao mesmo tempo que é triste é lindo
3 weeks ago

Saah AG Saah AG
Cara, bem pesado... Eu tenho um certo tempo de leitura e já muito sobre utopias e sonhos de adolescente. Há textos, porém, que traduzem a frase "a arte imita a vida" e lembrei bastante disso enquanto lia o seu. São verdades cruas por meio de palavras. Você traduziu bem a ideia, parabéns. Eu só te recomendaria dar uma olhada na pontuação do texto, mas de resto tá ótimo. Beijos.
Jan. 17, 2019, 12:54 p.m.

  • Junio Salles Junio Salles
    Obrigado pelo comentário e pelas dicas. Jan. 17, 2019, 12:59 p.m.
WL Washington Luiz
Dificil dizer apenas sentir
Jan. 17, 2019, 7:58 a.m.

JS Jamaes Silveira
Caraca, inspira muito a vida
Jan. 17, 2019, 7:55 a.m.

Liliane Cris Liliane Cris
Muito lindo, as vezes vestimos uma verdadeira máscara para evita as perguntas da sociedade
Jan. 17, 2019, 6:29 a.m.

  • Junio Salles Junio Salles
    Sim, a pergunta é. Sera que precisamos mesmo da máscara? Jan. 17, 2019, 6:32 a.m.
~