Eternamente Follow story

lollyoongi Nate Rocha

Jeon Jeongguk se considerava um cara muito sortudo, conseguirá entrar na faculdade desejada com as melhores notas, tinha os melhores amigos que poderia querer, uma família que o amava e o apoiava em tudo, a vida perfeita em sua concepção. Até perceber que sorte mesmo, fora ter conhecido aquele baixinho estranho que faria questão de ficar ao seu lado até o fim de seus contados dias.


Fanfiction Bands/Singers For over 18 only.

#bts #suga #yoongi #jungkook #yoonkook #sugakook #sugakookie #jeongguk
2
4605 VIEWS
In progress - New chapter Every 30 days
reading time
AA Share

Prólogo.

— Eu consegui. — sussurra ao parar na entrada do enorme prédio onde iria estudar pelos quatros anos seguintes. — Eu realmente consegui.

— Finalmente ele se tocou. — Taehyung comenta com Jimin, seus amigos que foram o buscar no aeroporto e também estudavam na mesma faculdade, mas apenas Taehyung fazia fotografia, assim como o Jeon. — Não sei como ele conseguiu ficar desacreditado por tanto tempo com as notas que tirou.

— Taehyung, não seja mau, você ficou igual quando entramos. — Defende o mais novo dos três, fazendo um rir e o outro ficar com um biquinho nos lábio finos. — Vamos Jeongguk, tenho que te mostrar nosso dormitório.

O mais novo ri da afobação de Jimin, que puxava ele e Taehyung pelos pulsos, pelo prédio reservado aos dormitórios a dentro.


"Nosso dormitório."

— Como assim Jimin, 'nosso'? — pergunta confuso, pois até onde sabia a escolha era aleatória.

— Sabe meu primo, o Namjoon? — Taehyung chama a atenção do castanho. — Ele faz Análise e Desenvolvimento de Sistemas aqui, foi molezinha para ele hackear o sistema da faculdade e te colocar no nosso quarto.

Balança a cabeça negando, não acreditando que seus amigos tinham feito isso, de novo. 

— Em troca de quê? — pergunta, lembrando que quando os dois entraram na faculdade, há dois anos, pediram para o Namjoon fazer a mesma coisa por não terem ficado juntos, em troca de uma carta limitada de um jogo qualquer que o Taehyung tinha.

— Uma fraternidade de músicos entraram numa competição nacional e ele queria que eles cantassem sua música, então tivemos que os convencer a isso. — Jimin responde despreocupado. — Mas foi bem fácil até, ele é um ótimo compositor.

— Um dia ele será pego nessas peripécias de vocês e espero que assumam a responsabilidade.

— Você se preocupa demais Ggukie. — Taehyung ri o abraçando pelo pescoço quando entram no quarto bem grande até, para três pessoas.

Estavam os três arrumando as coisas do mais novo ocupante em seus devidos lugares quando um grupinho extremamente barulhento e sorridente invade o quarto dos garotos, entregam um panfleto nas mãos de Jimin, que era o que estava mais próximo da porta, e do mesmo jeito que entraram, saíram.

— O que aconteceu aqui? — Jeongguk perguntou ao ver os dois mais velhos agirem como se nada tivesse acontecido.

— São o pessoal do grêmio, eles que distribuem os convites de todo e qualquer evento que a faculdade dê. — Taehyung explica guardando os livros na prateleira por sequência, como sabia que o Jeongguk fazia. — Você se acostuma.

— A festa da vez é a festa de boas vindas. — Jimin lhe estende o panfleto que servia também de convite com as informações da festa. — Vai ser hoje, quer ir?

Normalmente diria não, por causa do estudo e tudo mais, mas suas aulas só começariam na semana seguinte, e teria cinco dias para resolver tudo que tivesse para resolver até o início de suas aulas.

— Quero ir sim.



Estavam perto do bar improvisado, os três já estavam levemente alterados enquanto conversavam bobagens com veteranos que não conheciam quando o Jimin chama a atenção de todos com uma frase dita em tom de surpresa:

— Eu não acredito que o Yoongi veio. — Jeon seguiu o olhar de todos até um garoto aparentemente pequeno, que parecia menor ainda em meio as roupas largas que vestia, ele entrava de mãos dadas com outro garoto enquanto conversavam animadamente.

— Quem é Yoongi? E o que tem de mais ele estar aqui? — perguntou confuso, não entendendo.

— Você é calouro né Jeongguk? — um garoto que não lembrava o nome perguntou e ele afirma com a cabeça. — Yoongi é o sobrinho do diretor e até um ano e pouco atrás ele vinha em toda e qualquer festa que tivesse, as permitidas ou não...

— Mas mais ou menos nessa época ele passou mal, bem mal mesmo, a ponto de ir parar no hospital. — Continua o Jimin. — Ninguém sabe exatamente o que aconteceu, mas ele sumiu e só voltou no semestre seguinte, mas além dele não aparecer mais nas festas, se recusar a sair com o pessoal e ter mudado o curso da faculdade, ele continua o mesmo, só está mais recluso.

— Ele parece sempre solitário ao meu ver. — Taehyung comenta. — Mesmo quando está com o Seokjin.

— Será que dá para vocês se lembrarem que eu sou calouro e não conheço ninguém aqui? — era para sua voz sair irritada mas pelo álcool correndo em sua corrente sanguínea acaba saindo embolada o que faz todos rirem.

— Seokjin é aquele ali. — apontou para o garoto que estava de mãos dadas ao tal Yoongi. — Ele e o Yoongi namoram desde antes da faculdade pelo que sabemos, eles nunca esconderam, apesar das provocações, piadas e até ameaças, é como se não importasse.

Rapidamente o grupinho engataram no assunto homofobia, esquecendo o sobrinho do diretor e seu namorado, por hora.






Havia se perdido dos meninos, tinha ido ao banheiro e quando voltou não os encontrou em lugar algum, por estarem de frente a porta, por alguma razão sua mente levemente embriagada associou que eles tinham saído para fazer sabe-se lá o que; deu duas voltas completas na fraternidade que estavam até ver ao longe um corpo pequeno com aquele moletom amarelo que tinha donat's estampados, um braço estava estendido, se apoiando na parede enquanto o corpo estava curvado, e acaba rindo, pois Jimin sempre foi fraco para bebidas, fazia sentido ele estar vomitando, não muito no jardim, mas não é como se alguém ali realmente ligasse para isso.

Se aproxima do garoto o mais rápido que consegue, rindo de si mesmo dessa vez por estar meio tonto e quando o alcança coloca a mão levemente no ombro dele, para não assusta-lo. — Jimin.

O garoto se vira cambaleante e se joga para trás, contra a parede para se firmar, deixando o capuz da moletom escorregar por sua cabeça, revelando os fios rosados ao invés de castanhos, a mão cobria a boca, que ele rapidamente limpa antes de falar. — Acho que me confundiu. Sou o Yoongi.

— Desculpa. — afasta alguns passos constrangido e coça a nuca ao desviar os olhos. — Foi o casaco, Jimin estava com um casaco igual. — aponta para o moletom amarelo, estava envergonhado por confundi-los, mas até a altura era parecida. — Sou o Jeongguk.

— Prazer. — responde com um sorriso doce. — O que está fazendo para esse lado da casa? Afinal a entrada é do outro lado e ninguém vem por aqui, a não ser é claro quando querem usar a piscina. — aponta pro lado, onde estava uma enorme piscina coberta por uma lona azul. — Mas eu acho que está muito frio hoje para qualquer um conseguir entrar.

— Estou procurando meus amigos, eu me perdi deles. — normalmente era um garoto introvertido e não se metia na vida dos outros, por isso culpou completamente a bebida quando a pergunta sai de seus lábios. — Mas e você? Brigou com o namorado?

— Vejo que já sabe de mim. — ri seco, desviando o olhar. — Vai me julgar também, por namorar um garoto?

— Por que eu faria isso? — pergunta com os olhos levemente arregalados. — Sua opção sexual é só sua, ninguém deve interferir em algo que te faz feliz. Se quem você ama é um cara, isso só importa a você, você deve ficar com quem ama, independe do que os outros pensem; por deus, a vida é sua.

Os olhos pequenos desconfiados se voltam ao garoto que julgava ser estranho, mas não conseguia ver mentira em suas palavras e ele parecia bem à vontade após dize-las.

— Seokjin faz parte da fraternidade, eles foram chamados pelo diretor por causa de um pequeno erro no contrato com a escola. — responde após alguns segundos. 

— Está esperando ele? 

— Na verdade, estava indo para o meu dormitório. — suspira, se ajeitando na parede onde está encostado. — Mas tive que parar pois... bem...

— Oh, entendo. — ri baixinho, sendo acompanhado pelo rosado. — Quer companhia? Eu posso te levar, então aproveito e vejo se os meninos não foram para o nosso também.

Ele balança ambas as pernas duas vezes antes de concordar, os dois caminhavam calmamente pelo caminho até os dormitórios da faculdade, lento de mais para o gosto do mais novo, mas tinha algo em Yoongi, algo como uma paz interior tão grande que transbordava por seus poros que acalmava o castanho.

— Então. — Começa ao ver o rosado tirar um livro de bolso de dentro do casaco e começar a ler. — A culpa é das estrelas, né?

— Sim, eu ando meio que me sentindo a Hazel Grace ultimamente. — brinca sem tirar os olhos das letras miúdas. — Você gosta? Digo, deste livro.

— Digamos que sim. — ri, observando o mais velho, ele tinha um biquinho nos lábios enquanto lia, o que o deixava adorável. — Meu último trabalho de literatura no ensino médio foi sobre esse livro, gostei bastante.

— Achei que fosse dizer que é um livro para meninas. — marca a página e fecha o livro olhando pro castanho.

— Por que dizem isso? Livros não tem gêneros, podem ter público alvo, mas isso não quer dizer que os outros não possam ler. — diz calmo vendo um sorriso bonito e compreensivo se moldar nos lábios finos.

Não demorou muito e ficaram de frente aos dois grandes prédios que serviam de dormitórios para os alunos, os dois se dirigem ao mesmo prédio, mas no elevador cada um aperta um andar diferente, mostrando que ali era o momento de cada um seguir seu caminho.

Ao parar o quarto andar, o Jeon sai, dizendo um boa noite baixinho e segue em direção ao seu quarto, mas é parado pela voz rouca do rosado que lhe chama.

— Jeongguk. — os olhos se encontram e o Yoongi sorri, ficando adorável na concepção do outro. — Foi bom conversar com você.

— Hazel Grace, foi um prazer inenarrável conhecê-la. — cita a fala do livro, se curvando o que arranca uma gargalhada gostosa do outro.

— Igualmente, Sr. Waters. — completa também se curvando e então solta a porta de metal, se deixando fechar no elevador para seguir até seu andar.

Nov. 25, 2018, 11:34 p.m. 0 Report Embed 0
To be continued... New chapter Every 30 days.

Meet the author

Nate Rocha Hey, sou o nate, 19 anos... Você pode me encontrar também nos seguintes sites: wattpad: https://www.wattpad.com/user/lollyoongi nyah: https://fanfiction.com.br/u/711878/ social spirit: https://www.spiritfanfiction.com/perfil/lollyoongi

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~