Play For Three Follow story

monachopsis Amanda Figueiredo

Em que Taehyung, Jimin e Jungkook dividem mais do que a amizade. Vminkook | Threesome | PWP | DP!


Fanfiction Bands/Singers For over 21 (adults) only.

#yaoi #pwp #threesome #vminkook #vkook #vmin #jikook #bts #kpop
Short tale
2
4512 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo Único

Play For Three

 

 

Jimin ficava lindo de quatro, aberto para eles, brincando com o plug que ficara ali por algumas horas, lhe ajudando a se abrir mais. O pequeno era maravilhoso e cada mínima ação os excitava de forma dolorosa, Jungkook sequer sabia que seu pau poderia acumular tanto sangue, batendo em seu baixo ventre de tão duro e ereto. As mãozinhas pequenas lambuzavam-se com o lubrificante, agarrando e puxando o plug da entradinha alargada e pronta para si, mas Jungkook sabia que não seria apenas ele ali dentro. Tinha que dar um tempo e muito carinho para Jimin poder se acostumar e eles eram bem pacientes com seu bebê.

Jimin ofegava manhosamente com o plug saindo e entrando dentro de si, seus dedinhos mal conseguiam segurar por completo a ponta arredondada, saber que Jungkook e Taehyung lhe observavam com tanta atenção e prazer lhe faziam corar terrivelmente e a pequena ereção gotejar entre suas coxas gordinhas e macias. Ele ficava tão constrangido com o que faziam, mas sua disposição para o ato nunca sumiria por causa disso. Ele simplesmente amava ser coberto de atenção e mimos das duas pessoas que mais amava naquela vida, sem contar o prazer sobrenatural que o atordoava sempre. Ele puxou o plug com firmeza de dentro de si, quase deixando-o escapar, causando um pequeno barulhinho molhado, já se sentindo preparado o suficiente para aquilo. Ele queria logo Jungkook e Taehyung lhe invadindo por completo.

- Está pronto, Minnie? - Taehyung perguntou, fazendo carinho em um das bandas arredondadas de seu bumbum enquanto se masturbava preguiçosamente com a outra mão.

- Aham. Eu quero o TaeTae e o Kookie. - quando ele usava aquele tom manhoso que mais parecia um gemidinho era uma perdição para os mais novos.

Jungkook largou o próprio pau bem lubrificado também, puxando Jimin para si pela cintura, o sentando em seu colo. Depositou um beijo molhado em seu pescoço, o que rendeu uma risadinha do pequeno. Taehyung logo veio sem seguida, se sentando na frente de Jungkook e deixando Jimin preso entre eles como um sanduíche. Era basicamente o que eram mesmo. Tae beijou Jimin com vontade, ocasionando um gemidinho da parte do menor, enquanto Jungkook levantava um pouco aquele rabinho macio para poder encaixar o pau na entrada de Jimin, aproveitando a distração que o outro dava.

Foi com facilidade que ele escorregou para dentro do pequeno, fazendo as mãozinhas apertarem suas coxas, apreciando a invasão. Taehyung ainda beijava Jimin quando direcionou a própria ereção também para a entrada já preenchida e besuntada de lubrificante.

- Vou entrar agora, bebê, tudo bem? - ele sussurrou entre os lábios carnudos, aguardando um assentir do garoto de cabelos rosados.

- Sim. - confirmou com um aceno infantil, sentindo o ânus tentar resistir àquela invasão dupla, mas o lubrificante ajudando a ereção de Taehyung lhe tomar também.

A dificuldade era presente no início, uma resistência do anel de músculos de sua entradinha pequena, o que rendia um Jimin realmente choroso nos braços de Jungkook e Taehyung, dolorido por tentar abarcar dois pênis dentro de si. Nessa hora era útil ter um par de mãos extras, enquanto Taehyung masturbava Jimin para distraí-lo, Jungkook brincada com os mamilos marronzinhos, apertando e puxando os biquinhos intumescidos enquanto distribuía beijinhos ao longo do pescoço dele. Jimin amava os mimos e carinhos, mas amava mais ainda ser penetrado pelos dois, se sentindo tão, tão cheio, apertado e pressionado. Era insano o quanto sua próstata era massageada com dois paus dentro de seu canal magoado, tentando expulsar pelo menos um invasor. Mas Taehyung e Jungkook eram os mais deliciosos invasores que ele poderia receber, disso ele tinha certeza.

As carícias conseguiram o deixar mais molinho entre ambos, Taehyung ainda limpou a lágrima teimosa que escapara em sua bochecha com a língua, o que o fez rir gostosamente e lhe distraiu da dorzinha chata.

- Está tudo bem, meu amor? - Jungkook perguntou, mordiscando o lóbulo esquerdo de Jimin, o fazendo se remexer em seu colo, movimentando as ereções dentro de si. Os gemidos foram mútuos com o ato.

- Podem foder. - o tom que mais parecia um gemidinho era destoante do sentido da frase, o que tornava tudo mais adorável.

Jungkook e Taehyung se sentiam quase esmagados dentro de Jimin, tentando dividir espaço naquele canalzinho apertado, mas não era a primeira vez que o faziam. Possuíam um ritmo combinado de irem um de cada vez, sair um pouquinho e voltar com tudo para dentro de Jimin, recebendo estímulos de toda parte. Enquanto o pau de Jungkook arremetia lentamente, massageava também o de Taehyung que continuava ali, aguardando sua vez. Jimin estremecia e tremelicava sob os dois, gemendo quase com dor, se sentindo ser literalmente arregaçado por ambos. Ele ficava bem dolorido e mais manhoso ainda depois, mas era sempre bom receber cuidados dos dois garotos em seu bumbum e entradinha maltratada.

Jimin era invadido e tomado pelos mais novos com todo o carinho no início, mas depois descambar para uma quase selvageria enquanto buscavam o orgasmo. Ele resmungava, cravava as unhas pequenas nos dois, derramava lágrimas e quase gritava, mas era de prazer. Taehyung estando de frente pra si conseguia pressionar sua próstata de forma praticamente dolorosa, lhe rendendo choques pelo corpo inteiro e fazendo seus dedinhos retorcerem de prazer. O pequeno era destruído numa velocidade impressionante enquanto o penetravam com um ritmo mais intenso, de forma quase egoísta e perversa. Houve um tempo que ele julgaria impossível abarcar os dois dentro de si, mas depois da primeira vez era o que ele mais ansiava. Amava Taehyung, amava Jungkook, porque não ser comido pelos dois ao mesmo tempo? Ele era tomado de sensações que nunca sentiria num sexo normal, a dupla penetração o deixava aos prantos de tantos estímulos em seu corpo e pequena entrada, ele queria mais e mais dos garotos que o conquistavam a cada investida.

Sempre chegava uma hora em que Jungkook e Taehyung perdiam a paciência e arremetiam ambos. Também trocavam beijos e carícias mesmo com o menor entre si, o que o excitava por poder observar. Jimin quicava entre os dois tamanha a força com que era atacado, ainda recebendo uma quase massagem em seu pênis livre e perdido entre os corpos apertados ansiando por contato. Sua mão esquerda se prendeu na nuca de Jungkook atrás de si, buscando algum equilíbrio, enquanto a outra se agarrava ao ombro de Taehyung, os dois felizmente o segurando - ele já teria caído na cama a essa altura. O suor escorria entre os três em abundância, sem a mínima preocupação, o único foco era em Jimin e chegar à libertação do orgasmo.

Àquela altura sua entrada ainda ardia pelo estiramento, mas a pressão dentro de si, principalmente a massagem constante em sua próstata espremida, faziam Jimin ofegar e gemer quase à altura de gritos. Mais lágrimas escorreram pelo rosto suado e corado, os traços bonitos formando uma expressão dolorosa de prazer enquanto era literalmente conquistado pelos mais novos. Jungkook poderia enlouquecer com a pressão em seu pênis e foi o primeiro a se derramar dentro de Jimin, apertando a cintura macia do mais velho e gemendo com angústia enquanto era arrebatado pelo clímax. Taehyung ainda penetrava com vontade, também perto do próprio orgasmo, fazendo Jimin arquear as costas e apertar os dedinhos pelo choque final e quase fatal que o acertou de uma vez. O pequeno despejou seu sêmen na barriga de Taehyung, quase esquecendo de respirar enquanto amolecia por completo pelo orgasmo intenso. Em seguida Tae pode encontrar o alívio, soltando um gemido quase gutural, enchendo Jimin mais ainda de porra quente.

Os três respiravam com dificuldade, tentando se manter sentados, saindo de dentro de Jimin com direito a estremecimento e mais ofegares. Agora Jimin se sentia cheio, mas da porra dos mais novos, relaxado e com a entradinha dolorida e latejante. Ele se deitou na cama, mal conseguindo sustentar o corpo, escapando dos braços fortes dos outros. Eles funcionavam tão bem em conjunto que Jungkook levantou uma perna sua e Taehyung outra, abrindo-o para os dois e lhes deixando observar o ânus avermelhando e piscando um pouco, a porra de ambos escorrendo dali. Os dois garotos revezaram lambendo-o e limpando-o, experimentando o próprio gosto misturado, fazendo Jimin choramingar por ainda estar muito sensível pós orgasmo e foda intensa.

Jimin estava tão sem forças pra sair da cama e ir para um banho bem merecido que Jungkook e Taehyung ficaram enchendo o saco um do outro, buscando um culpado por deixar o hyung tão fraco. O pequeno revirou os olhos e sequer ligou, eles acabariam o levando para o banheiro, seria cuidado, paparicado e mimado como merecia mesmo.

Taehyung e Jungkook poderiam tomá-lo por completo, mas era Jimin quem os conquistara.

 

 

Nov. 17, 2018, 11:18 a.m. 0 Report Embed 1
The End

Meet the author

Amanda Figueiredo monachopsis: o sutil, mas persistente sentimento de estar fora de lugar. Jimin bottom e gravidinho squad🐣

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~