Hipotermia Follow story

scarletkura mestia 

Tire-me desse mundo no qual você comanda. Porque eu sei que no final das contas só vivemos uma história de mentira, cercada por pessoas de mentira, com um amor de mentira.  Minha cabeça está girando. Não tenho controle dos meus movimentos. A respiração que sai dos meus lábios é descontrolada. Sinto calor e frio. Tudo é uma eterna confusão. Esses são os efeitos de sua droga? Você não me disse que seria assim. Disse que seria bom. Não sei se posso suportar mais. Ficar aqui é sufocante, intenso demais. Exatamente como sua alma, tudo é escuro. Só me tire daqui. Eu não sou um brinquedo, não jogue comigo.  ''Talvez tenha sido a escuridão dos seus olhos que me atraiu para o inferno''.


Romance Romantic suspense For over 18 only.

#tragédia #drama #suspense #mistério #romance
10
1543 VIEWS
In progress - New chapter Every Monday
reading time
AA Share

Prólogo

Estávamos caminhando meio bambos e sem entender o que estava acontecendo à nossa volta. A multidão enorme se alastrava por todo o ambiente e não era humanamente possível enxergar nada além de corpos suados dançando como loucos. Eu não reconhecia os rostos daquelas pessoas; nenhuma delas era familiar para mim; todos desconhecidos. Isso era bom, assim ninguém veria esse meu lado totalmente fodido. O lado que ele tinha transformado.

Era estranho sentir aquele turbilhão de emoções. Entretanto, talvez, eu gostasse disso de alguma forma. Por isso, nesse momento, acompanhava-o independentemente de onde estava me levando. Eu me sentia segura e o mais importante:

Eu me sentia livre.

— Nolan. — Minha voz saiu baixa.

Realmente não sei como ele pôde escutá-la, mas assim que seu corpo se virou para mim, eu soube que, naquela noite, nada mais importava. Minha vida e as pessoas nela. Nada disso vinha à mente. Toda minha história, os caminhos que tracei até o momento atual. Meu futuro e o que planejei, tudo havia ido embora no momento em que meus olhos acharam os dele. Eu pertencia a Nolan de corpo e alma. — Eu te amo. — Simplesmente saíam da minha boca aqueles murmúrios que eu nunca pensei em proferir. — Quero que fique comigo para sempre.

— Esse um caminho sem volta, Annalise — sussurrou perto do meu rosto e um aperto se instalou dentro de mim. 

Nana. Ele não havia me chamado de Nana.

A secura atingiu meus lábios e meus olhos focaram no céu azul tomado pela fumaça densa. Nolan levou os dedos até meus quadris, tocando minha pele descoberta pela pequena camisa que eu usava. Estavam gelados e suados.

Seu toque me causava arrepios. Seus lábios encostados no meu ouvido, dizendo aquelas coisas sem sentido. Abafado e quente. Seu sorriso tempestuoso. Meu coração batendo rápido demais, bem mais do que eu poderia aguentar. O que era aquele momento? Memórias que eu levaria para a vida? Ele é apenas uma memória? Eu sou apenas uma memória? Nós somos apenas memórias? Por mais que admitir isso doa, é a verdade. Esses momentos são apenas memórias, memórias que o tempo me permitirá ter por uns instantes e depois levará para longe.

Eu quero tocar em você, mesmo quando todo o mundo desaparecer. Será que eu vou me apaixonar pela sua mentira? Não sorria tão lindamente para mim, pois logo vou cair e você verá como nosso amor destruiu tudo. Inclusive nós dois.

Nov. 12, 2018, 9:49 p.m. 1 Report Embed 4
Read next chapter Eu não seria capaz de amar alguém.

Comment something

Post!
Penduluns Penduluns
Amor, estou muito contente que você está postando Hipotermia por aqui! Obrigada por nos agraciar com essa história maravilhosa! <3
Nov. 21, 2018, 11:19 a.m.
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 1 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!