0
4.5k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Sobre...

Originalmente eu tinha em mente escrever três projetos narrativos bem diferentes:

O primeiro uma ficção de espionagem, magia, ação, drama, romance e comédia com fundo espiritualista. Passada entre o mundo material e o espiritual, contaria a história de vida e pós-vida de um angustiado jovem alemão morto na era nazista, e como ele viria a se tornar um auxiliar dos guardiões das ruas do plano astral brasileiro, passando por todo tipo de provações e acontecimentos deslumbrantes através das dimensões espirituais paralelas, até o dia em que poderia receber o direito de escolha entre reencarnar ou ascencionar ao posto de guardião coroado.

O segundo uma ficção histórica novelizada contada em primeira pessoa por um amigo de infância de Pedro, o grande czar que revolucionou a História da Rússia entre os séculos XVII e XVIII. A auto-biografia emocionada e detalhada de um homem comum vivendo na pele uma hora e um lugar extraordinários. A humanidade por trás do poder. Golpes, guerras. Paixões, a força dos laços de família, traições. Travessias grandiosas. Terror. Alegria. Os conflitos e as incertezas carregadas por Ivan. Lágrimas. Fé. Amor. Aprendizado. Redenção. Uma reflexão sobre quais são nossos valores mais íntimos e qual o nosso legado. Tudo isso descortinado sobre o grande pano de fundo pintado nas cores fortes típicas das paisagens e tradições eslavas. É, ficaria grande demais e pretensioso demais… Mas eu ainda não desisti de fazer!

E por fim esse negócio aqui que vos apresento. Enquanto eu suava e me descabelava pra conseguir escrever num nível decente capítulos da história do russo, desabafei com uma amiga que eu tinha vontade de escrever em paralelo alguma coisa sem nenhum tipo de comprometimento, fosse com normas de escrita, com a opinião pública ou com qualquer tipo de moralismo. Simplesmente espirrar pelo papel qualquer pensamento sem noção ou de revolta que me viesse à mente e aí usar isso pra simplesmente espairecer, botar tudo pra fora e me divertir. E sempre que eu me estressava, ela me estimulava a escrever essa tal outra historinha. E aqui estou! Mas ainda assim tinha que ter alguma consistência narrativa, não podia ser um negócio mal feito. Foi aí que surgiu a ideia de criar uma equipe feminina de caçadoras de recompensa futuristas. E furry! Sim, por que não? A princípio a história seria toda passada no espaço e não teria nenhum viés de crítica política. Mas pra não ficar muito parecido com o anime Cowboy Bebop e por conta dos recentes (e absurdos) acontecimentos políticos, resolvi manter a história mais na terra e acrescentar um pano de fundo político. Acredito que assim tenha dado mais originalidade e mais consistência ao enredo também. Além de “Cowboy Bebop”, “Furtrajante Mundo Novo” tem influência também do projeto independente “A Fox in Space” (uma excelente fanserie de Star Fox no YouTube) e da série animada norte-coreana “Esquilo e Ouriço”. O nome veio enquanto eu tentava misturar o título “Admirável Mundo Novo” com algo meio rebelde e sujo, mas também deixando claro o estilo furry, e aí começou a tocar “Outrageous” do Oingo Boingo na minha playlist. Foi só misturar furry com ultrajante e deu esse trocadilho infame aí. Posto algumas artes lindas encontradas livremente no DeviantArt, quase todas com as devidas assinaturas dos seus autores, mas nenhuma é minha.

Não ganho 1 centavo por escrever nada, é estritamente por prazer. Meu ganha-pão na vida aqui fora é completamente diferente e dentro da caixinha do Sistema. Por isso não esperem que eu tenha muito compromisso com as publicações, com a periodicidade.

Para os desavisados, vou repetir só mais uma vez: Contém críticas políticas. De cunho pessoal. Não venham me encher o saco: Se não concordam apenas passem reto e não leiam mais. Meu posicionamento é de centro-esquerda, ou esquerda moderada. Mas geralmente quem fala aqui nessa história é meu eu interior adolescente; rebelde, zoeiro e de extrema esquerda. Só pra brincar e provocar um pouco mais… Ok? Ok então.

Nov. 11, 2018, 5 p.m. 0 Report Embed 0
Read next chapter Quem escreve essa porcaria? :3 -emoticon idiota de furry adolescente do passado

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 1 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!