Promessa Sobre A Neve Follow story

senhorasolo Elane Santiago

O dever dos Guardiões é guardar os sonhos das crianças e proteger a inocência delas acima de tudo, acima de si mesmos. Eles estão dispostos a dar suas vidas por isso. Sacrificar tudo para proteger o mundo das Trevas. Jack Frost e a Fada dos Dentes entendem isso muito bem.


Short Story All public.

#amor #neve #promessa #a-fada-dos-dentes #jack-frost #a-origem-dos-guardiões
Short tale
2
4593 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo Único

Um grupo de Medonhos encurralou Jack Frost. O guardião se viu sem saída. Estre a parede de gelo e as criaturas de Breu, estava ele.

Ainda não sabiam como Breu havia retornado, e nem como recuperou o controle sobre os Medonhos, mas o Bicho Papão voltou ainda mais poderoso e estava muito mais vingativo do que antes.

Ele jurou que destruiria todos os Guardiões e colocaria a Terra sob uma nova Era das Trevas.

No entanto, ele e seus novos amigos não deixariam que Breu vencesse tão fácil. O Homem DaLua confiou a eles a missão de combater Breu e guardar a crianças e proteger seus sonhos, para que elas nunca deixem de acreditar.

Jack estava pronto para lutar contra todos aqueles Medonhos, mesmo que em desvantagem. As criaturas avançaram. Jack lutou contra a primeira leva deles, mas de repente foi suspendido no ar por dois braços que agarraram-no abaixo das axilas. Ouviu o bater de asas e sorriu ao virar a cabeça e ver o rosto de Dentiana.

A Fada dos Dentes também sorriu,  e colocou-o no chão. Planou no ar ao lado dele, fitando-o a procura de algum machucado ou se tinha perdido algum dente.

- Tudo bem, Jack?

- Estou - suspirou. - Obrigado por me salvar, fadinha. 

Ela sorriu. Fitaram-se por alguns segundos, perdidos nos olhos um do outro.

O clamor da batalha despertou-os daquele transe. Dentiana percebeu que Norte e Coelhão precisavam de ajuda com os Medonhos. Sandman enfrentava sozinho o próprio Breu, seu maior inimigo. O Guardião dos Sonhos contra o Senhor dos Pesadelos poderia parecer uma luta equiparada, no entanto, todos sabiam que Breu não jogava limpo.

- Eles precisam de nós - disse Jack.

- Sim! Vamos logo, nossos amigos precisam de nossa ajuda. 

- Dentiana, espere. - Jack segurou o braço dela com a ponta de seu cajado. - Só... Um segundo.

- Jack, o que...?

- Eu... Você... Nós...

Ela perfeitamente compreendeu.

- Não é o momento ideal.

- Pode ser o último momento.

- Não diga bobagens! Venceremos o Breu. Sempre vencemos. 

- Então me prometa isso: que venceremos o Breu.

- Eu darei o meu melhor, eu juro.

Jack sorriu e a soltou. A Fada lançou-lhe um olhar carinhoso e se afastou voando.

Ele chamou o vento, girando o cajado, mas mal tirou os pés do chão. Dentiana voltou na velocidade de uma bala, beijando-o tão intempestivamente que derrubou Jack no chão coberto por neve.

- Cuide-se - disse ela, saindo de cima dele e voando para a batalha.

Jack arfava. Jogado no chão de olhos arregalados sem compreender muito bem o que aconteceu.

- Uau! - exclamou.

- Não é hora para namoro.

Levantou-se de sobressalto com a voz do Coelhão. O guardião estava parado ao lado dele, com os braços cruzados segurando seus bumerangues.

- O que está fazendo aqui?!

- Vim saber porque estavam demorando tanto.

- Não é legal ficar espionando os outros.

- Não estava espionando, mas também não quis atrapalhar.

- Não vi você chegando.

- Vim pelos meus túneis. - Bateu o pé no chão e um buraco se formou. - Vamos logo, Romeu.

Nov. 2, 2018, 6:31 p.m. 0 Report Embed 2
The End

Meet the author

Elane Santiago Não sei como vim parar aqui. Só queria viajar na TARDIS ao lado do 8º Doutor, conquistar Westeros com meu sabre de luz, me juntar aos Vingadores depois de ter reunido todas as esferas do dragão e conhecido os Beatles. Mas virei uma escritora fracassada viciada em café.

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~