R U Mine? Follow story

the_sweet_trash Bia Schulz

I go crazy cause here isn't where I wanna be And satisfaction feels like a distant memory And I can't help myself All I wanna hear her say is "Are you mine? " Well, are you mine? Are you mine? Are you mine? Alright


Fanfiction Books For over 18 only.

#yaoi #bl #lemon #boyslove #percyjackson #pernico #nicodiangelo #pjo #percyjacksoneosolimpianos
Short tale
0
4.7k VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo Único

Nico subia a colina chutando tudo que aparecia em seu caminho, estava com raiva de seu pai por o obrigar a voltar para o Acampamento Meio-Sangue. Não que não gostasse de lá, isso nunca, mas, o fato de que teria de encarar Percy frente a frente, estava deixando-o louco.


Desde sempre fora apaixonado pelo filho de Poseidon, mas, ele só tinha olhos para Annabeth; não que ela não seja bonita, por que, isso é mentira, Annabeth é a menina mais bonita do Acampamento, mas, não estava interessada no de olhos verdes, ela só queria saber do Luke e de como ele podia ter traído ela daquela maneira.



Assim que terminou de subir a colina, deparou-se com Percy encostado no pinheiro, parecia esperando alguém. O filho de Hades se aproximou dele e perguntou:


–Percy, está esperando quem? Annabeth está em uma missão?- O mais velho olha para ele com uma cara estranha, depois, simplesmente vira a cara e vai embora.


Nico ficou encarando as costas de Percy enquanto este ia embora, não entendia o por que daquilo, mas, no fundo, estava muito magoado. Se dirigiu para seu chalé, queria ficar sozinho, estava amaldiçoando seu pai mentalmente, o chamando de várias coisas que normalmente não chamaria. Na hora do jantar, Nico não saiu do quarto, não queria ter que encarar Percy novamente, portanto, ficou no quarto e, sem querer, adormeceu.


Acordou com uma batida na sua porta, levantou-se meio cambaleante e se dirigiu até a mesma, e quando abriu-a deu de cara com um Percy vermelho de raiva. O mais velho não falou nada, apenas empurrou o outro para dentro do quarto e fechou a porta, Nico, por sua vez, estava atônito. Percy se aproximou de Nico e falou, exaltado:


–Por que você não foi no jantar?- Ficou encarando Nico, como se esperasse que ele se ajoelhasse aos seus pés e pedisse desculpas, bom..

....Não foi isso que aconteceu. Nico se distanciou de Percy e se sentou na cama, enquanto o outro permanecia de pé o encarando como um babaca.


–Eu simplesmente não estava com fome, por que? Aconteceu algo?- O quarto ficou em silêncio, apenas o barulho de suas respirações era ouvido. De repente, Percy se senta ao lado de Nico, e responde:


–Não aconteceu nada. Eu apenas fiquei preocupado.- O mais novo o encarou confuso e Percy riu, levou sua mão até o rosto do outro e o acariciou, Nico fechou os olhos aproveitando o contato. – Você ainda não percebeu o que sinto por você?


Nico abriu os olhos confuso, encarando os olhos verdes e tentando entender sobre o que o outro estava falando.


–Amizade, é claro. Você é um grande amigo para mim, assim como sou para você.


–Me diga, Nico, amigos fazem isso? – Se aproximou ainda mais de Nico, colando seus corpos e aproximando seus rostos; as bochechas do menor estavam coradas e Percy apreciava a cena, afinal, não era todo dia que se via o filho de Hades corado.


–Percy, o que você...- Não pôde terminar, Percy acabou com o espaço entre eles e colou seus lábios.


Pov’s Nico


O beijo de Percy é apaixonante, ele me beijava com sutileza, me dando espaço caso quisesse sair, mas eu não queria. Ele pediu passagem e eu cedi, nossas línguas brigavam por espaço, as duas querendo descobrir a boca do outro, assim que o ar faltou, não separamos. Fiquei olhando para ele por um tempo, ele sorriu e me deu um selinho, se afastou e abocanhou meu pescoço, no começo, fiquei surpreso, mas depois me deixei levar pelo prazer.


Levei minhas mão até seus cabelos macios e puxei-o para cima, o beijando; durante o beijo, eu arranhava seu abdômen por baixo da blusa, fazendo ele gemer, o que me estimulou à continuar explorando seu corpo. 


Levantei sua camiseta e me afastei para tirá-la completamente, desci meus lábios até sua barriga e comecei a beijar e a chupar a área ao redor de seu umbigo, o que fazia Percy contrair seu abdomen; fui descendo meus lábios até a barra de sua calça, olhei para cima como se pedisse permissão, e ele concordou com a cabeça.


Após retirar sua calça, decidi provocar ele um pouco, comecei a lamber toda sua extensão, sem nunca colocar na boca, depois, coloquei só a cabecinha e depois tirava, e recomeçava o processo, até que, ele se cansou agarrou meu cabelo e me forçou a engolí-lo.


Pov’s Percy



Tenho que ser sincero, eu estava enlouquecendo com Nico me provocando, até que não aguentei mais e o peguei pelos cabelos e comecei a forçá-lo a engolir meu falo. Depois de algum tempo nisso, comigo gemendo a cada vez que sua língua passava por algum dos meus lugares sensíveis, fiz ele parar de me chupar e comecei a tirar-lhe as roupas.


Depois de tirar todas as peças que cobriam seu corpo magro e branco, beijei-o no pescoço e fui descendo, até chegar em seu membro, como não tinha forças para provocar o abocanhei de cara e ele gemeu, surpreso. 


Depois de alguns minutos chupando Nico, não aguentei mais, meu membro estava muito duro e doendo; me separei de seu corpo e me levantei,dando-lhe um selinho o coloquei de quatro, lubrifiquei três de meus dedos e inseri um,fazendo-o gemer desconfortável.


Quando achei que seu corpo já estava bem preparado, retirei meus dedos e os substituí por meu membro, comecei a penetra-lo, parando a cada gemido de dor dado por Nico, não queria machucá-lo de jeito algum. Assim que consegui penetrá-lo completamente, fiquei parado por um tempo, para que Nico pudesse se acostumar com o volume dentro dele, então, quando ele me deu permissão, passei a me movimentar. De início, os movimentos eram lentos, mas, conforme Nico gemia, eu ia aumentando o ritmo das estocadas.


Após algum tempo na mesma posição, senti que deveria deixar Nico comandar um pouco e fazer no ritmo que ele achava melhor, então me retirei de dentro dele e me sentei na cama, puxando-o para cima de mim; ele começou a cavalgar, me deixando delirando de prazer. 


Eu estava quase gozando, mas consegui me segurar para gozar junto dele; então, depois de mais algumas estocadas, gozamos juntos. Estávamos ofegantes, e quando o olhei, ele estava corado e olhando para baixo, levei minha mão até seu rosto e o acariciei, ele levantou o olhar e me olhou nos olhos, sorri para ele e comecei a falar:


–Se você ainda não sacou, o que eu sinto por você é amor.- Ele arregalou os olhos e abriu a boca para falar algo, mas, o som não saia.- Eu te amo, Nico.


–Eu também te amo, Percy.- Me aproximei dele e o beijei, depois, nos deitamos na cama e adormecemos.


Oct. 26, 2018, 2:09 p.m. 0 Report Embed 1
The End

Meet the author

Bia Schulz Olá, sou a ThaliaLalooth do SpiritFanfiction, tenho quase 20 anos e escrevo fanfics desde 2012, assim como leio fanfics à 8 anos, então posso dizer que sou uma senhora nesse meio haha. Fiz parte do ChanBaekWishes por 1 ano e confesso que foi a melhor experiência da minha vida dentro dessa vida louca que é escrever fanfics. Podemos dizer que sou bem lerda para escrever e postar minhas fics, mas prometo que vira e mexe vou aparecer por aqui para postar minhas old fics lá do SS.

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~