After Dark Follow story

morghanah Morghanah .

"O céu ocidental imerso na cor carmesim borrada. Então, de repente desapareceu. Como se fugisse dentro do horizonte azul" — Aimer, After dark – Prologue


Fanfiction Bands/Singers All public. © Os personagens não me pertencem, assim como suas imagens, entretanto, a história é de minha total criação e propriedade pessoal

#Aoi-Ruki #romance #drama #oneshot #fanfiction #boyslove #ruki #aoi #aoiki #the-GazettE
Short tale
4
4708 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Epilogue


De pé com o corpo debruçado sobre a sacada de nosso apartamento, olhava para o céu escuro acima de mim, relembrando os vários momentos em que estivemos juntos sob este mesmo céu nestes últimos quase vinte anos desde que o conheci.

As imagens de seu sorriso que antigamente era tão fácil, mas hoje não mais; das bobagens feitas e ditas de uma criança grande demais que custou a crescer e agora se tornou um adulto sisudo e calado, que não mais sorri como antes.

Ah, Yuu... se você soubesse o quanto sinto falta de sua antiga leveza e displicência irritante, às vezes, ainda que reclamasse tanto contigo sobre isso.

Me perdoe, meu querido, se fui duro demais com você em muitos momentos, mas era que eu via em seus olhos e sentia em cada nota musical tocada por ti o tamanho de seu potencial. Ainda que em noites frias como esta, eu me martirize por tê-lo tratado como fiz, mas foi para o seu bem, por isso, se um dia chegar a entender minhas razões e puder me perdoar, lhe agradeço imenso.

Nunca foi a minha intenção magoar o homem que amo desde o momento em que coloquei meus olhos em seus intensos olhos escuros e intensos, seus lábios canudos e tão sedutores, assim como o sorriso pilantra que ainda hoje me deixava com as pernas meio moles quando destinado a mim. Quando ouvi o som de sua voz divertida e dia após dia, fui desvendando seus segredos, abrindo cada camada sua e me afundando cada vez mais no oceano turbulento e profundo que era você. Ainda que tenha demorado mais de uma década para que visse o que sou capaz de enxergar hoje em dia, saiba que em momento algum meus sentimentos diminuíram durante todo esse tempo, na verdade acho que amo-te mais a cada novo dia que raia sobre as nossas cabeças, Yuu.

Meus olhos se voltam em direção a parte interna do apartamento vendo meu amado deitado em nossa cama, dormindo tranquilamente. Um sorriso fraco, porém feliz, surgiu em meus lábios enquanto girava em meus calcanhares e a passos calmos retornava para seus braços, vendo-o sorrir ao me sentir deitar na cama novamente.

Você demorou – sua voz sonolenta e arrastada me faz sorrir ainda mais.

Estava pensando – contei, ao me aconchegar em meio a seus braços e lhe abraçar como posso.

Ele beijou o topo da minha cabeça, ao dizer.

Você pensa demais, sabia? – acabei por concordar. — Vamos dormir – me puxou mais para perto e suspira.

Yuu... – ele negou.

Está tudo bem – finalmente abriu os olhos em meio à penumbra do aposento enquanto o dia raiava preguiçoso lá fora, e como se lesse meus pensamentos, continuou. — Hoje eu entendo tudo e só gostaria de te dizer uma única coisa.

O quê? – o olhei nos olhos.

Obrigado por nunca ter desistido de mim nos meus dias mais escuros, Takanori – e suas palavras soaram tão carregadas de sentimento que apenas o abracei apertado e selamos nossos lábios, pouco depois nos aconchegando um ao outro para adormecer novamente com a certeza de que entendemos e perdoamos a pessoa amada, ainda que ela jamais seja capaz de expressar em palavras o que tanto lhe corrói por dentro ou o pedido de desculpas que almejou ter coragem de proferir, mas jamais conseguiu.




"O céu ocidental imerso na cor carmesim borrada.
Então, de repente desapareceu.
Como se fugisse dentro do horizonte azul"

Aimer, After dark – Prologue






Oct. 17, 2018, 6:47 p.m. 0 Report Embed 1
The End

Meet the author

Morghanah . Escritora faz algum tempo que migrou de outras plataformas para mostrar meu trabalho. Sou uma pessoa dedicada a historias mais densas com personagens tirados de uma mente conturbada por diversos conflitos internos e levemente insana, um detalhe importante que me fez iniciar a minha longa jornada na arte da escrita e, caso aprecie isso, seja bem vindo ao meu mundo Monochrome Sons Inc

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~