Um Romance NADA Romântico Follow story

anthonny-murray1538003666 Anthonny Murray

Anthonny e Lucas são dois amigos inseparáveis que se metem nas mais absurdas vergonhas em nome da amizade, ou nem tanto. Este ano eles embarcarão em uma das mais importantes (ou não tão importante assim) jornadas da vida: a Faculdade. Sabendo que o “Crush” de Anthonny, Piers, estaria estudando no mesmo lugar que eles, Lucas se oferece para bancar o “cupido” e ajudar seu melhor amigo a conquistar o tão sonhado e desejado Macho, mas como fazer isso se ambos, Anthonny e Piers, já quase saem no tapa no primeiro encontro que tiveram na vida? A terceira guerra mundial irá explodir ou teremos um final feliz? Somente lendo para descobrir, se você não for internado pelos seus pais antes.


LGBT+ For over 18 only.

#boyslove #BxB #lgbt #sexo #original #romance #lemon #yaoi #HumorNegro #comédia
3
4652 VIEWS
In progress - New chapter Every Saturday
reading time
AA Share

Prólogo

Dois anos atrás...

Eu estou me sentindo nervoso, ansioso e principalmente assustado, mas ainda assim estou determinado a fazer o que eu acordei disposto a fazer. É hoje que eu me declaro para a pessoa que é dona dos meus sentimentos.

Piers Nivans.

Desde a primeira vez que eu o vi, eu não consegui controlar o que eu senti, embora isso soe o mais clichê possível. Mas sejamos sinceros... Quem não é ao menos um pouco clichê hoje em dia?

Aqueles cabelos loiros cortados de maneira rebelde. Aqueles olhos azuis esverdeados que alternavam a tonalidade sempre que seu humor mudava. Aquele rosto angelical que demonstra extremamente o inverso do que ele realmente é. Aquele sorriso sedutor com dentes brancos, perfeitos e alinhados. Aquele corpo másculo e bem desenvolvido, além de muito alto. Aquele chame que, mesmo que involuntariamente, emanava naturalmente. Enfim... Aquele garoto.

Eu sei que eu não possuo muitas chances, comparado ao tanto de garotas que dão em cima dele. Na verdade, minhas chances são praticamente nulas, pois além de eu ser um garoto, eu sou magro, não me acho uma pessoa bonita, embora eu não seja nenhum monstro, e também não vejo o que eu lhe possa oferecer que os outros que também estão interessados nele também não possam.

Porém, mesmo com esses empecilhos, eu estou decidido e vou confessar tudo o que sinto pra ele. Eu até fiz um cartão que, embora seja um pouco bobo, demonstra como eu me sinto.

Para: Piers

Pra mim você é o melhor...

Eu gosto MUITO de você

De: Anthonny Alexander

Eu sei que isso é extremamente ridículo, porém é de coração e eu espero que ele entenda isso e, principalmente, entenda como eu me sinto para com ele.

Comprei também um presente pra ele. Um pequeno pingente de ouro, com duas letras dentro de um coração que foi feito por encomenda. A e P.

Meu amigo, Lucas, disse pra mim que não era uma boa ideia, que ele não parece ser o tipo de pessoa que aceitaria algo do gênero, mas embora ele seja alguém difícil de lhe dar, eu não o imagino sendo agressivo ou até mesmo desrespeitoso com outra pessoa. Pelo menos eu rezo a todos os deuses que não. Eu sempre acreditei no melhor das pessoas e com ele é não seria muito diferente.

Está quase no final da aula e eu vi que ele saiu da quadra de educação física e foi correndo para a sua pegar seus materiais para ir pra casa. É o ultimo dia de aula, então eu entendo essa pressa, porém também é o ultimo dia que eu tenho para confessar o que eu sinto por ele, já que eu ainda tenho mais um ano escolar pela frente e esse é o ultimo dele.

Nesse momento, estou indo em direção à sua sala. Meu plano é pedir pra falar com ele, rezar para ele não me ignorar e que tanto o Liam quanto o Trevor, os melhores amigos que nunca desgrudam dele, nos dê um pouco de privacidade.

— Que droga Liam, para de me encher o saco. — Eu consigo escutar a voz dele falando com um de seus amigos.

— Qual é Piers, é só responder. — A voz de Liam também era audível, embora mais baixo.

Eles estavam discutindo?

— Só para de falar sobre isso. — Piers pediu irritado.

Eu sei que isso é feio, mas eu não consegui deixar de prestar atenção na conversa deles. Nesse momento eu estou ao lado da porta e tentando nem respirar para que a minha presença não seja anunciada.

— Eu só quero ter certeza, a nossa amizade não vai mudar por causa disso. — Liam falou tranquilamente.

Do que é que eles estão falando?

— Liam... Eu vou novamente perder meu tempo e dizer a mesma coisa que eu te disse das outras vezes. Eu gosto de GAROTAS! — O loiro afirmou dando ênfase na ultima palavra.

Nesse momento, meu corpo está tremendo involuntariamente... Eu já sabia disso, sempre soube. Eu nunca me arrependi tanto de tomar uma decisão na minha vida, mas pelo menos escutar isso serviu para que eu não fosse humilhado.

— Tem certeza Piers? — Dessa vez era a voz do Trevor, porém sua entonação era mais branda e amena.

— Vocês dois estão realmente procurando um motivo para que a gente brigue não é? — Piers perguntou frustrado. — Nós somos ou não amigos?

— E se um homem se declarar pra você, o que você faria? — Liam perguntou interessado.

Até eu estou interessado nessa parte. Não que eu vá mudar de ideia e me declarar pra ele, mas pelo menos eu gostaria de saber a reação que ele teria se eu o fizesse.

— Eu o rejeitaria, porém agradeceria já que querendo ou não é um elogio. Se ele insistisse eu o deixaria falando sozinho. Só de pensar nisso me dá até arrepios. — Piers respondeu, e eu tenho certeza de que posso sentir o nojo em sua voz.

Meu coração está doendo tanto nesse momento. Meus olhos estão ardendo e as lagrimas parecem queimar no meu rosto.

— Não precisa fazer essa cara Piers. — Trevor falou com a voz sorridente.

— Foi só uma pergunta. Perguntar não ofende e a gente não iria gostar menos de você se você resolvesse curtir linguiça. — Liam brincou.

— Eu já disse que eu não sou gay, desgraça. Eu gosto de garotas. A próxima pessoa que tocar nesse assunto vai levar um murro tão grande na boca que irá ficar meses sem falar comigo. — Piers ralhou exasperado.

Eu sinceramente não tenho mais o que fazer aqui!

Eu estou correndo igual a um desgovernado em direção ao banheiro, ninguém precisa saber da minha situação. Ninguém precisa me ver fraco e chorando dessa maneira.

E enorme espelho na minha frente mostra a realidade... Um garoto desengonçado e fracassado. Como uma pessoa sã iria querer alguém assim? Nem mesmo eu iria me querer... Eu preciso mudar... Eu tenho que mudar...

Ainda bem que hoje é o ultimo dia de aula, pois eu não estou com ânimo pra nada.

Sept. 26, 2018, 11:22 p.m. 0 Report Embed 2
Read next chapter Capítulo 1

Comment something

Post!
No comments yet. Be the first to say something!
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 4 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!