Yoongi não quer admitir Follow story

merrykyungsmas Bae Will

Yoongi era caidinho por Namjoon, mesmo que não admitisse. • SugamonDay • Drabble • Fluffly • +18 pelo yaoi •


Fanfiction Not for children under 13.

#yaoi #namgi #bts #drabble #cute #sugamon #mini-fic
Short tale
2
4911 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Único

- Ah, que tédio… - Yoongi, como de costume, praguejava. Não via a hora do fim de semana acabar e voltar às suas atividades semanais.

Pode até parecer estranho o fato do rapaz detestar fins de semana, quando o resto da população adora esses dias, mas Min Yoongi achava-os entediantes. Sentia falta do pique semanal, e mesmo que fosse um preguiçoso nato, o fato de não ter nada de interessante pra fazer o deixava irritado.


Era um universitário jovem e cheio de vida; poderia aproveitar as festas de fraternidades ou até fazer uma maratona de séries, talvez visitar sua família, mas achava muito clichê. O que lhe restava, no fim das contas, era a companhia de seu colega de quarto, Kim Namjoon. Por mais que fosse anti-social, se tornou amigo do mesmo. O rapaz de pele bronzeada e lábios grossos não era uma pessoa irritante e grudenta, o que fazia Yoongi suportá-lo numa boa, já que gostava de privacidade. Porém o que o irritava era a mania de cantar canções da Disney, como se fosse uma garotinha de seis anos.



“Foi você o sonho bonito que eu sonhei;

Foi você, eu lembro tão bem você na linda visão...

E me fez sentir que o meu amor nasceu então;

E aqui está você, somente você, a mesma visão; Aquela do sonho que eu sonhei…”



Ahhh, ele estava fazendo de novo.



- Namjoon, cara - falou com um semblante cansado - para com essas coisas. Está andando muito com o Seokjin, isso é a cara dele.


- Não fica assim, hyung. Eu tô cantando pra você… - suspirou, tentando esconder o sorriso tímido e bochechas vermelhas.



Ah, sim… Namjoon era encantado pelo mais velho. Seu rosto fofo contrastava com a personalidade ácida do seu hyung baixinho. Não achava que ele daria bola para si, já que era apenas um nerd, da turma de ciências da computação, super desengonçado e nada atraente para os padrões daquele lugar. Yoongi já sabia disso, mas levava na boa, já que o mesmo não o perturbava tanto assim, exceto nos seus dias de extrema carência.


- Me desculpe, hyung. Eu vou ficar quietinho, eu juro. - falou se atrapalhado nas palavras, enquanto se sentava no sofá vermelho que havia no dormitório.


Se ajeitou no canto, arrumando os óculos de armação grossa que estavam prestes a cair de seu rosto. Com os cotovelos apoiados nas pernas, colocou a cabeça em suas mãos, enquanto observava o Min ler um livro que havia resolvido ler. Era raro vê-lo fazer tal coisa; talvez estivesse realmente entediado. Não que isso importasse para o mais novo. Era uma visão dos deuses. Ele ficava tão bonito concentrado que seu coração palpitava nervoso.


- O que está fazendo? - ouviu o mais velho resmungar - Porque está me olhando com essa cara de retardado?


- Me d-desculpe, hyung! - tentou se recompor, enquanto se batia mentalmente por ser sempre tão óbvio, se sentindo ridículo como sempre. Talvez fosse por isso que ninguém se interessava por si, apesar de que ele só tinha olhos pro Min.


Voltou sua atenção para o calouro, enquanto tentava esconder seu rosto extremamente vermelho. - Yoonie, o que acha da gente sair essa noite? Te pago uma pizza 4 queijos, sua predileta. - falou baixinho, com as mãos trêmulas em expectativa.



- Ah, Nam… Estou com bastante preguiça, não sei se percebeu. - Namjoon apenas balançou a cabeça positivamente em resposta.


Ficou um pouco triste com as resposta; seu coração apertou naquela hora. Mas o que não esperava acabou acontecendo. Sentiu o abraço de seu hyung, como se fosse um “consolo” por recusá-lo. O mais jovem não pôde evitar sorrir.



- Obrigado, Yoon.


- De nada, Nam.



Yoongi no fundo, lá no fundo, gostava e muito do mais novo. Podia até ser rude, mas era porque sua natureza era assim. Não poderia retribuir como o outro queria, porque era algo contra sua natureza. Queria ficar longe de compromissos e nem pensava em dar uma chance ao outro e estragar a amizade que tinham.



Por mais que seus domingos fossem um tédio, estava de bom tamanho ter Namjoon com a cabeça deitada em suas pernas, enquanto acariciava seus cabelos.



Ele não queria admitir que era caidinho pelo Kim.



E Namjoon… Ele apenas aceitava qualquer coisa de bom grado. Era um grande avanço conseguir um cafuné, talvez um dia pudesse ganhar um beijinho, né. Por hora, teria que se contentar com a friendzone.


Talvez, uma hora ou outra, poderia conseguir a atenção do seu hyung predileto. Bom, provavelmente ele já tenha o conseguido e nem sabia disso.



- Bom sono, Nammie - falou enquanto selava rapidamente os lábios do mais novo, que já estava dormindo aquela altura.   

July 1, 2018, 1:41 a.m. 1 Report Embed 4
The End

Meet the author

Bae Will Apaixonada por escrita, animais, culturas diferentes - principalmente se tratando de cultura asiática -, idiomas e gastonomia. Gosto de música coreana - desde k-pop a índie, hip hop ou ballad - e não dispenso um dorama. Também escrevo no Wattpad e Social Spirit - me procurem lá, uso esse mesmo user em tudo :)

Comment something

Post!
Katharina  Santos Katharina Santos
Se sugamon já me encanta, Namjoon todo bebêzinho então! Muito meu ponto fraco, não sei lidar com tanta fofura! Amei a história do começo ao fim <3
Aug. 1, 2018, 7:49 a.m.
~