Beautiful Stranger Follow story

chimminiez chimminiez

Park Jimin é um dos melhores advogados da Coréia do Sul, assumindo o segundo lugar do ranking dos melhores profissionais da área. Ele se vê em uma situação conturbada quando o casal que são seus clientes foram sequestrados e possivelmente mortos, deixando para trás seu filho, do qual o rosado fez questão de ser o tutor temporariamente. Mas Jimin não sabia dos riscos que corria ao cuidar daquela criança. Contudo, do outro lado do bairro vivia Jeon Jungkook, um tatuador da mais famosa boate de Seul. Jungkook não sabia que ao cruzar seu caminho com o do advogado e aquela criança faria sua vida virar de cabeça para baixo.


Fanfiction Bands/Singers For over 18 only.

#Kim-Samuel #taeyoonseok #namjin #crime #ação #Jungkooktatuado #Jungkooktop #Jungkookativo #Jiminpassivo #Jiminbottom #kpop #bts #kookmin #jikook
13
5.0k VIEWS
In progress - New chapter Every Monday
reading time
AA Share

Prologue

Tradução do título: Prólogo


“O coração acelerado

Cores e promessas

Como ser corajoso

Como posso amar

Quando tenho medo de me apaixonar

Mas ao assistir você sozinha

Toda a minha dúvida de repente se vai.”

Corra.


Jimin não olhava para trás. Sua mão suada ainda segurava a semelhante, porém pequena e mais delicada de Samuel.

As ruas estavam desertas, escuras e as lojas fechadas. Por que tinha que ser tão azarado?

Suas pernas trêmulas e cansadas quase falharam, mas ele tinha que continuar, ele precisava. O garotinho também estava casando, olhava para trás com medo.

A morte parecia estar tão perto.

O Park não sabia o risco quando aceitou o caso da família Lee. O advogado não sabia mesmo onde estava se metendo e com quem iria lidar. Era um grande jogo de perigo, daqueles que sua vida e a de outra pessoa estavam nas mãos de outra. O advogado não daria o braço a torcer, não deixaria que a morte levasse mais alguém da sua vida de um jeito brusco.

Sua vida estava em jogo, assim como a vida daquela criança, agora órfã.

Fuja.

Jimin não sabia mais o que fazer, estava enlouquecendo e já teria desistido se Samuel não estivesse consigo. Quando notou que o caminho que ia era o da mesma boate onde estava com sua secretária e amiga Nayeon, Jimin soube que estava se afundando. Aquele caminho era um perigo, ele sabia.

Sua vista estava ficando embaçada e parecia que a qualquer momento ele desmaiaria, porém, como um luz no fim do túnel, ele avistou uma pessoa saindo da boate. Era o tatuador, o mesmo que havia esbarrado em si dias atrás. Jimin havia achado tão sexy aquela expressão tranquila enquanto ele fumava e soltava a fumaça para cima lentamente.

Quando Jeon, o tatuador da boate, percebeu a movimentação se assustou. Jimin pensou que Jungkook correria como qualquer outra pessoa, mas se surpreendeu quando ele correu até si e tomou Sammy nos braços, enquanto a mão grande e firme cobriu seu pulso. Jungkook puxava-o desesperadamente pelos becos estranhos, até que Jeon avistou seu carro.

Ofegantes pela correria desesperada, Jimin e Sammy foram os primeiros a entrar no automóvel, o acastanhado abraçou o menino fortemente enquanto ambos choravam baixinho. Jungkook ligou o carro e arrancou-o daquela área pobre e perigosa, enquanto tiros eram disparados contra o carro em uma falha tentativa de quebrar os vidros do veículo.

“Um passo mais perto

Eu morri todos os dias esperando você

Querido, não tenha medo”

— Está tudo bem? Alguém se machucou? — Jungkook olhava preocupado para aqueles dois seres encolhidos no seu carro. Ele tinha as mãos tremendo sobre o volante, sua respiração desregulada e o coração acelerado. Que porra estava acontecendo?

— Não! Estamos bem. Obrigado por nos ajudar… — Jimin mordeu lábios ao que havia esquecido o nome do rapaz, então Jungkook sorriu tentando tranquilizá-lo.

— Jeon Jungkook.

— Então... Jungkook, para onde está nos levando? — perguntou, encarando o moreno pelo retrovisor. Não que ele estivesse com medo do moreno, mas agora ele não podia confiar em qualquer pessoa, não tão facilmente. Foi por confiar nas pessoas que ele estava ali, fugindo sem rumo e com Samuel correndo um risco de vida.

Jeon era um cara bonito, malhado e cheio de desenhos no corpo, mas isso não impedia o acastanhado de achá-lo tão sexy quando ele sorria debochado. Ele era além de encantador, era corajoso. Jimin já o titulava assim desde o momento que se esbarram na boate de Taehyung. O quanto ele foi corajoso ao tentar algo consigo quando estava uma pilha de nervos.

— Para minha casa, oras.

“O tempo fica parado

Há beleza em tudo que ela é

Terei coragem”

E foi a partir dali que Jungkook, — sem perceber onde estava se metendo, — ex-lutador de rua e tatuador se viu envolvido com aqueles dois. Suas vidas agora estavam conectadas e por um fio. Não era só o nome de Samuel que estava em uma lista mortal, o nome do Park também estava, e agora, mais um para lista: Jeon Jungkook.

Conheceram juntos o amor. O mais perigoso perigo. Suas vidas cruzadas por pura pegadinha do destino, e teriam que lidar com aquilo. Teriam que lidar com a paixão que falava mais alto. O desejo entre eles só aumentaria com o passar dos dias. O medo de se apaixonar, o passado perturbador e as inseguranças viriam a tona, mas a questão é: irão sair vivos dessa? E juntos?

“Não deixarei nada levar embora

O que está na minha frente

Cada suspiro

Cada momento trouxe a isso”

“— Não me deixe ir embora, Jimin.”

“— Eu preciso de você, Jungkook.”

“O tempo todo eu acreditei que te encontraria

O tempo trouxe o seu coração para mim

Eu te amei por mil anos

Eu te amarei por mais mil”

— Christina Perri - A Thousand Years

June 11, 2018, 10:12 p.m. 1 Report Embed 4
Read next chapter The night club tattoo artist

Comment something

Post!
Maira  Pareja Maira Pareja
Las últimas palabras me hacen acordar a la Saga de Crepuscúlo .
Aug. 28, 2019, 10:06 a.m.
~

Are you enjoying the reading?

Hey! There are still 2 chapters left on this story.
To continue reading, please sign up or log in. For free!