No intervalo, não Follow story

unhyecorn Sara Hye

Sehun 'tá doidinho 'pra dar uns pega em Baekhyun, mas no intervalo não pode porque o baixinho tem prioridades. [sebaek]


Fanfiction Bands/Singers Not for children under 13.

#comédia #baekhun #sebaek #exo
Short tale
17
4754 VIEWS
Completed
reading time
AA Share

Capítulo único

Já fazia alguns dias que Sehun, um dos jogadores do time de beisebol da escola, estava de olho em Baekhyun, líder do clube de hiperativos — sim, isso existe, o Byun que inventou. Na verdade, desde que chegara na escola, há uns bons anos atrás, Sehun já sentia algo diferente ao pensar em Baekhyun; o nome disso era: trouxisse.

Não conversava muito com ele. Às vezes, falavam-se porque tinham Chanyeol como amigo em comum, porém até que não era tão complicado falar com o Byun. O baixinho que usava o boné de lado era super sociável, conversava até com as paredes, possivelmente já tinha feito amizade com meio mundo; praticamente todos na escola gostavam dele — nem mesmo Sehun, sendo um dos jogadores, era tão popular.

Lembrava de quando o Byun decidiu criar um clube pro pessoal que pareciam ter tomado energético direto do peito da mãe de tanto que eram hiperativos, até facilitou a criação do nome. Baekhyun andou pela escola toda procurando gente que quisesse entrar; no fim, só ficou ele e o Chanyeol — depois que entraram uns tímidos que queriam mudar um pouco de vida.

Voltando ao assunto principal que é o Sehun tendo um crush monstruoso no Byun. Ele sabia que o baixinho era bisexual, aliás, até mesmo já tinha visto Baekhyun ficar com várias meninas depois de um jogo — sim, várias em um dia só —, e outros tantos de garotos em alguma festa. O garoto passava o rodo sem pena.

“Finge que eu sou chão molhado e me passa o rodo também, Baekhyun, eu imploro” Sehun, Oh - 2018.

Depois de, finalmente, criar coragem e pedir para Chanyeol o número de Baekhyun, agora os dois mantinham uma conversa cheia de segundas intenções. Eles conversavam quase todos os dias, Sehun já havia demonstrado que tinha muito interesse no Byun e o baixinho parecia seguir o roteiro, mas faltavam algumas coisas pra acontecer. Bom, Sehun queria dizer que tinha uma quedinha por Baekhyun e então, pedi-lo em namoro e começar a preparar o casamento, só que vocês sabem como as coisas funcionam.

Primeiro o beijo e depois o whatsapp. Infelizmente, o destino fez errado e Sehun só tinha o whatsapp, agora só faltava o beijo.

[Sehun]

hey, Baek

[Baekhyun]

eae~

[Sehun]

Tava pensando aqui…

Bora ficar amanhã?

[Baekhyun]

opa, neném kkj

bora

Nossa, tinha sido fácil. Ele tá todo na sua, Sehun!

[Sehun]

Na hora do intervalo?

te encontro atrás das arquibancadas

[Baekhyun]

não, no intervalo não

[Sehun]

ué, por quê?

[Baekhyun]

Porque no intervalo eu vou merendar

[Sehun]

não creio…

[Baekhyun]

você pode ficar comigo enquanto eu como

e depois a gente vai pra prática do coito

mas sem o coito porque eu só transo namorando

[Sehun]

~emoji rindo~ então, beleza

Bom, ficaria ao lado dele durante a merenda, era quase um encontro.

(...)

No dia seguinte, Sehun já estava respirando por aparelhos, quero dizer, quase. Havia encontrado-se no começo das aulas com o Byun e quase caiu duro no chão quando o baixinho piscou um olho em sua direção enquanto mordia o lábio inferior.

Inferno, ô homem maravilhoso!

No fim das primeiras aulas, Sehun já correu pro refeitório e comprou seu almoço, procurou por Baekhyun e logo viu o baixinho acenando todo alegre no meio do pessoal. Na mesa com o Byun tinham duas bandejas de comida, Sehun franziu o cenho ao sentar-se ao lado do outro.

— Chanyeol vem comer aqui?

— Ah, não — Baekhyun soltou uma risadinha. — É tudo meu.

Os olhos de Sehun arregalaram-se e o Byun riu mais.

— Você vai comer isso tudo? — perguntou incrédulo. Agora pronto, é hoje que eles não trocam saliva.

— Vou, sim.

— Se eu comesse tudo isso todos os dias já estaria uma bolinha, mas você continua gostoso — Sehun abanou a cabeça sem ao menos dar-se conta de suas palavras.

— Eu como é pra ficar gostoso mesmo — o Byun respondeu risonho já mandando ver no rango.

O intervalo nunca tinha demorado tanto. Sehun viu Baekhyun comer duas bandejas e ainda comer o resto que sobrou de seu prato e nem precisava perguntar para onde ia toda aquela comida, a bunda enorme e as coxas do Byun respondiam bem a pergunta.

Pelo menos, agora com a pança cheia, finalmente, poderiam ir ‘se atracar’; Baekhyun saiu antes, disse que ia escovar os dentes, e Sehun ficou esperando perto da quadra. A tristeza começou quando o sinal tocou e o Oh foi empurrado pelo inspector de corredor de volta pra sala.

Passou o resto das aulas tristonho, e depois o treino de beisebol todo desanimado. Tomou banho desanimado, escovou os dentes desanimado, despediu-se dos amigos desanimado. Poxa, nem conseguiu ver Baekhyun depois do intervalo.

— Sehun, tem uma pessoa te esperando perto do teu armário — Jongin, seu melhor amigo do time, avisou acenando pra ele. Só havia ficado os dois na escola, já que os demais alunos tinham sido liberados antes do treino. — Eu vou indo, até amanhã!

— Até, hyung — Sehun jogou a mochila sobre o ombro e acompanhou Jongin com o olhar até o mais velho sair do corredor. Mudou seu rumo, indo em direção aos armários para encontrar a tal pessoa, imaginava que fosse Junmyeon cobrando sua parte no trabalho, mas seu coração quase parou ao ver Baekhyun encostado lá com um pirulito na boca.

— Nossa, você demorou! — o Byun sorriu dando um passo em direção ao mais novo.

— Desculpa, é que eu tive treino — respondeu envergonhado.

— Nosso plano nem deu certo, desculpe…

— Relaxa — Sehun sorriu todo bonitinho, deu uma olhada em volta. — Estamos sozinhos agora…

— Então, esse momento é nosso, bebê — outra piscadinha daquelas. Baekhyun tirou o pirulito da boca e envolveu os ombros de Sehun com os braços, ficou na ponta dos pés para conseguir dar o primeiro selinho na boca do mais novo.

A alma de Sehun foi no céu e voltou.

O jogador abraçou a cintura gordinha do Byun e o encostou nos armários, já tomando a liberdade de iniciar um beijo mais intenso. A boca de Baekhyun era uma delícia, com gostinho de morango e chocolate, e as mãos dele em seus cabelos o deixavam louco. Baekhyun era uma perdição e choca o total de ninguém.

Enquanto as línguas tocavam-se dentro da boca naquele beijo bagunçado, porém gostoso, a mão de Sehun desceu sorrateiramente até a bunda de Baekhyun e ele quase chorou ao sentir toda aquela abundância. Ô mundão, sô!

— Eu gosto de você — Sehun sussurrou dando alguns selinhos nos lábios inchados e vermelhinhos de Baekhyun. — Gosto tipo pra caralho, às vezes, parece que eu vou morrer.

— Que coincidência — o baixinho abraçou o corpo de Sehun com mais força. — Quando eu te vejo parece que eu levei um tiro de canhão bem no coração, e você é tão lindo que eu tenho vontade de te encher de porrada e depois dar bastante carinho!

— Me belisca que eu tô sonhando — Sehun pediu com os olhinhos fechados e quase gritou desesperado quando Baekhyun apertou seu pau por cima da calça. — Eu estava brincando!!!

June 6, 2018, 7:16 p.m. 2 Report Embed 10
The End

Meet the author

Sara Hye 18 ~ shiner ~ EXO-L ~ ficwriter

Comment something

Post!
송 은아 송 은아
EU TO MORTA SHSUSHUS Baekhyun sou eu e eu posso provar HSUSHSUS mano, sério, amei demais! eu já quero mais, já quero eles namorandinho e se comendo. é isto 😹 sério, muito bommmmmm amei
June 7, 2018, noon

  • Sara Hye Sara Hye
    pena que é só uma oneshot kfjndsk mas obrigada pelo comentário, amor ^.^ June 7, 2018, 4:43 p.m.
~

Related stories